Dortmund – Conhecendo a Alemanha através do Futebol

Conforme prometemos em nossa última viagem a Munique,  hoje visitaremos a cidade de Dortmund. Embarque conosco!

Dortmund

História

Dortmund e seus habitantes foram marcados pelo trabalho duro. A reputação de Dortmund foi levada a todo o mundo pelo aço, o carvão e a cerveja. Hoje, porém, não há mais mineiros no subsolo e os fornos há muito ficaram frios. Mesmo assim, a lembrança dos velhos tempos permanece viva e os monumentos industriais de antigamente desempenham novos papéis: tornaram-se monumentos históricos, museus e palcos, ao mesmo tempo.

O desenvolvimento de Dortmund foi marcado pela indústria siderúrgica, mas a cidade conseguiu superar isso há muito tempo, tanto na economia quanto no lazer e na cultura. O catalisador da nova Dortmund é a cultura, que tornou a cidade sinônimo de música, novas formas de vida e de fomento à arte e à criatividade. Isso ficou evidente no brilhante desempenho que a cidade teve como capital da cultura no ano de 2010. Uma nova forma de apresentar o passado foi mostrada também no evento “Siderúrgica 3D”, a maior atração no Museu Hoesch. O visitante é colocado virtualmente em uma siderúrgica de dimensões gigantescas. Na antiga produtora de coque Hansa, fechada em 1992, um roteiro de visita sobre o tema “Natureza e Técnica” apresenta fatos fascinantes sobre a história da indústria pesada. A visita leva primeiro ao topo da torre de carvão e depois ao coração da produção de coque, onde o carvão mineral era transformado em coque a temperaturas de mais de 1.000° C. Um atrativo especial desse monumento arquitetônico é a combinação harmônica entre arquitetura moderna, tecnologia antiga e a natureza que aos poucos recupera aqui o seu espaço.

O Museu da Cervejaria é outra parte da identidade de Dortmund: a exposição na sala de máquinas da cervejaria Hansa de 1912 e a sala vizinha com os maquinários mostram a história da produção de cerveja em Dortmund desde a Idade Média até hoje. O foco é o período da industrialização no século XIX e XX, principalmente entre os anos 1950 e 1970, quando Dortmund era uma espécie de “capital da cerveja” na Europa.

Mas, uma prova de que Dortmund tem mais a oferecer do que cerveja e história industrial são a ópera, o teatro, o teatro infantil e juvenil, a ópera infantil, construída recentemente, os museus Ostwall e Adlerturm, a Filarmônica de Dortmund, ou o “domicil”, um local que já é ponto de referência para jazz, música de todo o mundo e vanguarda na região do Ruhr. E no Alter Markt, na galeria Krüger Passage, na rua Westenhellweg, no coração do centro da cidade, na rua Kampstraße e no bairro Brückstraßenviertel, lojas de todos os tipos convidam a dar um passeio e fazer boas compras – desde moda jovem e ousada até grifes nobres. Quem cansar de tantas compras vai sempre encontrar um cantinho em um dos diversos cafés, restaurantes e bistrôs da cidade para tomar uma boa cerveja de Dortmund.

Retrato

Localizada no estado da Renânia do Norte-Vestfália, Dortmund é uma das maiores cidades do Vale do Ruhr, fazendo parte da Megalópole renana.

O rio Ruhr  corre para o sul da cidade, e o  rio Emscher flui através da área municipal. O Canal Dortmund-Ems também termina no Port Dortmund , que é o maior porto de canal europeu.

Dortmund é conhecida como a ” metrópole verde” da Vestfália. Quase metade do território municipal é constituído por cursos de água, floresta, agricultura e espaços verdes com parques espaçosos, como Westfalenpark e o Rombergpark . Isto contrasta com quase cem anos de mineração de carvão e moagem de aço dentro dos limites da cidade.

Atrações turísticas:

Reinoldikirche

Reinoldikirche foi construída entre 1250-1270, e está localizada no centro da cidade, diretamente no cruzamento da Hellweg (uma rota de comércio histórica) e da estrada histórica de Colônia para Bremen.

U-Tower ou Dortmunder U

É o edifício da antiga fábrica de cerveja da cidade. Desde 2010 ele serve como um centro de artes e criatividade, habitação, entre outras instalações do Museu Ostwall .

Foi o primeiro arranha-céu de Dortmund, construído em 1926-1927. O high-rise União Brewery utilizava este edifício para a fermentação e armazenamento de seus produtos.

Em1994, a cervejaria e todos os edifícios em seu entorno foram fechados e demolidos, apenas o Dortmund U-Tower foi poupado devido a seu status de referência.

Florianturm

É uma torre de telecomunicações e marco de Dortmund . Tem o nome de St. Florian, o santo padroeiro dos jardineiros. Foi construído em 1959 e tem 219,6 metros de altura.

Westfalenhallen

O edifício original foi inaugurado em 1925, mas foi destruído durante a Segunda Guerra Mundial . Novos pavilhões foram construídos, entre eles o Westfalenhalle Große inaugurado em 1952. A capacidade da arena é de 16.500. O Westfalenhalle Kleine serviu também para bailes, exposições e concertos, como a Filarmónica de Dortmund , até que o Dortmund Opernhaus foi inaugurado em 1966.

Opernhaus Dortmund

Inaugurado em 1904  e destruído na Segunda Guerra Mundial, o Opernhaus foi reconstruído e reaberto em 03 de março de 1966, para servir de espaço para óperas, ballets, concertos, e para peças que necessitam de um grande palco.

Museum für Kunst und Kulturgeschichte ou MKK (Museu de Arte e História da Cultura) 

Foi fundado em 1883 com uma coleção de objetos históricos e artísticos. Mudou várias vezes de localização nos primeiros anos. Atualmente está localizado em um edifício Art Decó que era anteriormente o  Banco de Poupança de Dortmund.

Futebol 

Ballspiel-Verein Borussia 1909 e. V. Dortmund, ou apenas Borussia Dortmund – Fundado em 19 de dezembro de 1909 por um grupo de jovens católicos, muitos deles de origem polaca, numa região de maioria protestante, o Borussia passou as primeiras décadas da sua existência na sombra do Schalke 04, melhor clube da Alemanha na década de trinta. Em 1947, dois anos depois do fim da guerra, o Borussia ganhou o seu primeiro título importante, batendo o Schalke por 3:2 na final da Copa da Vestfália. Foi  o início do famoso clássico do Vale do Ruhr, já que com esta vitória, o Schalke perdeu a liderança na região. Nos anos seguintes, o Borussia ganhou três Campeonatos Alemães (1956, 1957,1963), uma Copa de Alemanha (1965) e vários títulos regionais. Em 1966, foi o primeiro clube alemão a ganhar uma competição europeia, batendo o Liverpool FC na final da Recopa Europeia.

O clube entrou numa fase de decadência nas décadas de setenta e oitenta, passando várias temporadas na segunda divisão. Em 1989, ganhou novamente a Copa da Alemanha, o seu primeiro título em 23 anos. Nos anos seguintes, sob a gestão de Ottmar Hitzfeld, o  Borussia viveu uma breve época como o time principal da Alemanha, ganhando dois Campeonatos (1995, 1996), a Liga dos Campeões (1997) e o Mundial Interclubes (1997). Foi a época mais gloriosa na história do clube, que investiu fortemente na expansão do Westfalenstadion naqueles anos, construindo assim o maior estádio da Alemanha.

Foi o vice  da Copa da Alemanha em 2008 contra o Bayern Munique e conquistou também o título da Supercopa Alemã diante do mesmo Bayern, também em 2008. Em 2010, o time começou a temporada 2010/11 da Bundesliga voando baixo. No primeiro turno, foram 17 jogos disputados, sendo 46 pontos em 15 vitórias, 1 empate e 1 derrota. Foi o melhor turno de um time na história da Bundesliga. Além disso, o Borussia venceu todos os seus jogos como visitante, marcando mais de 40 gols e sofrendo menos que o triplo dos gols marcados. E como de costume, terminou o turno com a melhor média de público do campeonato. Com os resultados obtidos, foi o Campeão do campeonato disparado na frente da tabela.

Principais Títulos:

Campeonato Alemão (5)
1995/96, 1996/97, 2001/02, 2010/11 e  2011/12

Campeonato Alemão Amador (3)
1956, 1957 e 1963

Copa da Alemanha (3)
1964/65 ,1988/89 e 2011/2012

Recopa (1)
1965/66

Liga dos Campeões (1)
1996/97

Mundial de Clubes (1)
1997

Signal Iduna Park

Signal Iduna Park, mais conhecido como Westfalenstadion, é a casa do Borussia Dortmund. Tem capacidade para 83.000 espectadores, 67.000 sentados. Em 1966, o Borussia Dortmund conquistou a  Recopa Europeia, surgindo assim o desejo de ampliar o antigo estádio, o “Rote Erde Stadion” (“Estádio da Terra Vermelha”), mas a falta de dinheiro impediu o sonho.

Em 1971, a cidade de Colônia saiu da lista de sedes de jogos da Copa do Mundo de 1974, transferindo os recursos financeiros para Dortmund. O projeto de um estádio multi-uso para 60.000 torcedores foi abandonado por um estádio de futebol para 54.000 torcedores.

Em 1992, por determinação da UEFA, a capacidade foi reduzida para 42.800 espectadores. Depois do Título Nacional conquistado pelo Borussia Dortmund em 1995, houve nova expansão, voltando aos 54.000 lugares, mas agora com 38.500 assentos.

Em 1997, quando o Borussia Dortmund ganhou a Liga dos Campeões da UEFA, foi mais uma vez ampliado, com capacidade para 68.800 torcedores.

Com a vitória da Alemanha na eleição para a escolha da Sede da Copa do Mundo de 2006 em 2000, o Westfalenstadion sofreu sua última ampliação de capacidade, para os atuais 83.000 lugares, sendo 67.000 assentos.

Devido à problemas financeiros, em Dezembro de 2005, o Borussia Dortmund cedeu o direito do nome do Estádio a Companhia de Seguros Signal Iduna.

E aí, gostou da nossa aventura por Dortmund? Em nossa próxima viagem, conheceremos a cidade de Bremen. Esperamos por você!

Fonte: http://www.germany.travel e http://pt.wikipedia.org

Veja também! Munique – Conhecendo a Alemanha através do Futebol – Link

e A História dos Clubes – Borussia Dortmund http://wp.me/pXxpG-38s

São Paulo – Brasil – 00:14

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Por Josy Galvão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: