#FutebolFeminino – Campeãs europeias carimbam a vaga

Campeãs europeias carimbam a vaga

© Getty Images

Já estão definidas as duas seleções que faltavam se classificar para a Copa do Mundo Feminina Sub-17 da FIFA Azerbaijão 2012. Após vencerem suas respectivas semifinais na Euro da categoria, Alemanha e França garantiram vaga no Mundial. As alemãs, no entanto, devem chegar mais animadas ao torneio, já que se sagraram campeãs continentais nesta sexta-feira, dia 29 de junho, ao derrotar as francesas por 4 a 3 nos pênaltis, após um empate em 1 a 1 no tempo regulamentar. O jogo foi disputado na cidade suíça de Nyon.

Um total de 42 seleções participou do campeonato europeu desde as eliminatórias. Nas semifinais, a França derrotou a Suíça por 5 a 1, enquanto a Alemanha superou a Dinamarca por 2 a 0. Na decisão, as duas seleções vencedoras se enfrentaram sob um calor de 31 graus. O primeiro tempo foi muito disputado, mas nenhuma das equipes conseguiu abrir o placar. Aos 12 da etapa final, Kadidiatou Diani marcou o gol das francesas pegando a sobra de uma falta cruzada na área. Mas as alemãs, comandadas pela técnica Anouschka Bernhard, deixaram tudo igual dez minutos mais tarde, quando Pauline Bremer também completou uma cobrança de falta de Vivien Bell. Na disputa por pênaltis, a goleira Merle Frohms foi a heroína, com duas defesas.

Espírito de equipe
“Até agora não consegui assimilar o fato de que somos campeãs europeias”, afirmou Bernhard após o triunfo, em entrevista ao FIFA.com. “Mas é claro que eu já havia pensado como seria se isso acontecesse. Imaginei que me molhariam da cabeça aos pés na comemoração. Faz mais de um ano que estou trabalhando com essa geração, mas nossa evolução foi bem lenta. No ano passado, participamos da Copa Nórdica e ficamos apenas na sétima colocação. Uma seleção alemã nunca havia ido tão mal nesse torneio. Se alguém tivesse falado que este momento de agora chegaria, eu teria dito que estava completamente louco. Por isso, é realmente inacreditável o que essa equipe fez”, afirmou a treinadora de 41 anos.

Um dos principais fatores que levou a seleção alemã não apenas ao título europeu, mas também à classificação para o Mundial Sub-17 foi seu espírito de equipe. “Esta safra de jogadoras é muito boa, mas elas precisavam atuar como um conjunto”, analisou Bernhard. “No começo, não conseguiam fazer isso muito bem, mas ao longo das eliminatórias para a Euro foi incrível como passaram a trabalhar coletivamente. Ficou claro que seria difícil para qualquer seleção nos derrotar se jogássemos dessa forma.”

De fato, as jogadoras alemãs não deixaram dúvidas quanto a esse espírito de equipe no torneio continental. A própria Bernhard admitiu que a França era mais forte e dominou parte do jogo. “Obviamente, a disputa por pênaltis sempre depende um pouco da sorte”, afirmou. “Mas precisamos considerar como a equipe lutou. Faltavam cerca de 20 minutos para o fim e elas não baixaram a cabeça. Era uma situação do tipo ‘agora ou nunca’. Assim, passamos a jogar muito bem e partimos para cima, mostrando agressividade. Elas lutaram muito para marcar o gol de empate. Tínhamos jogadoras que estavam em campo fazia apenas dez minutos. São detalhes como estes que fazem a equipe se recuperar em uma partida e igualar o marcador. E, então, tive a sensação de que ganharíamos nos pênaltis.”

Próxima parada: Azerbaijão
França e Alemanha não terão muito tempo para descansar. Na sexta-feira, dia 6 de julho, às 19h (horário local), será realizado no Centro Internacional de Mugam, em Baku, capital azeri, o sorteio da Copa do Mundo Feminina Sub-17 da FIFA. Então, ambas as seleções conhecerão suas adversárias na fase de grupos do Mundial.

“Começaremos em agosto a fazer nossa preparação no Azerbaijão”, afirmou a treinadora alemã, que foi vice-campeã mundial em 1995 como jogadora da seleção principal de seu país. “Em julho, minhas atletas terão folga total. Estamos incrivelmente felizes. Baku é uma cidade fascinante. Será a primeira Copa do Mundo de todas nós e começaremos juntas essa aventura. É ótimo que continuemos jogando, porque esta equipe é realmente muito boa. Assim, poderemos viver nosso sonho até outubro.”

“Somos as atuais campeãs europeias e, obviamente, queremos chegar longe na Copa do Mundo”, continuou Bernhard. “Sair na primeira fase ou somar apenas um ponto não está entre nossos objetivos. Ainda não sabemos quem cairá em nosso grupo. Por isso, queremos apenas nos divertir juntas, jogar um bom futebol e mostrar que somos uma boa equipe.

Siga o Batom e Futebol no Twitter: @Batom_efutebol

JGalvão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: