Archive for agosto \31\America/Sao_Paulo 2013

Bayern marca no fim e bate o Chelsea nos pênaltis

Os jogadores do Bayern de Munique comemoram após jogo contra Chelsea, no Estádio Eden, em Praga

Os jogadores do Bayern de Munique comemoram o título da Supercopa da Europa (Odd Andersen/AFP)

Nos 90 minutos, um gol de cada lado e muita tensão. Na prorrogação, Eden Hazard marcou para o Chelsea, que, mesmo com um jogador a menos desde a expulsão de Ramires, parecia pertinho de levar a taça para Londres. Foi aí que, além dos 120 minutos, já nos descontos do tempo extra, uma bola lançada na área sobrou nos pés de Javi Martinez, que salvou o Bayern de Munique. O lance forçou os pênaltis, e Manuel Neuer fez o seu. Graças a uma defesa de seu goleiro – a única em dez cobranças -, o clube bávaro pôde, enfim, festejar o título da Supercopa da Europa nesta sexta-feira, em Praga.

Além de ver o treinador Pep Guardiola conquistar seu primeiro título oficial no novo emprego e vencer mais um confronto contra seu rival José Mourinho, comandante do Chelsea, o Bayern torna-se o primeiro clube alemão a conquistar a competição. Antes, o time bávaro já tinha batido na trave em três oportunidades.

O jogo
O Bayern começou melhor, dominando a posse de bola e tentando sufocar o Chelsea. No entanto, o contra-ataque do Chelsea mostrou sua força logo no início. Aos sete minutos, Hazard recebeu no meio, dominou e passou por dois marcadores antes de rolar para Schurrle, na direita. O alemão cruzou rasteiro para Fernando Torres, que mandou uma bomba, de primeira, para o gol.

Os alemães continuaram fortes, controlando a posse de bola e errando poucos passes, mas o espaço no contra-ataque era muito bem aproveitado pelos Blues, que assustaram novamente aos 16 minutos com Torres. Aos poucos, o jogo foi se abrindo e as duas equipes criaram boas chances de gol na primeira etapa. Franck Ribery tentou dois chutes cruzados e Thomas Muellerquase fez, mas acabou travado na hora do chute.

A segunda etapa começou de forma muito parecida com a inicial, mas o Bayern desta vez foi efetivo. Logo aos dois minutos, Ribéry recebeu de Toni Kroos, avançou e bateu forte. Petr Cechfoi na bola, mas não segurou a bomba: 1 a 1. No minuto seguinte, Muller avançou pela ponta direita até a linha de fundo e cruzou alto. Ribéry bateu de primeira na segunda trave e quase virou o jogo.

O ritmo dos alemães diminuiu e o Chelsea começou a ameaçar nas jogadas de bola parada. Aos 33, Frank Lampard bateu escanteio, David Luiz desviou e Branislav Ivanovic acertou o travessão. Seis minutos depois, Lampard cobrou falta na cabeça de David Luiz, que mandou para o gol e viu o goleiro Neuer espalmar. Pouco antes do fim dos 90 minutos, Ramires acertou uma solada em Mario Goetze e recebeu o segundo cartão amarelo, deixando o Chelsea com um jogador a menos.

Na prorrogação, o Chelsea pressionou, mesmo com um a menos, e encontrou seu gol logo aos quatro minutos. Hazard fez linda jogada pela direita, cortou dois zagueiros e bateu rasteiro, forte. Neuer não conseguiu defender. Depois disso, os Blues passaram a se segurar como possível, e o Bayern apertou a pressão. De cabeça, Mario Mandzukic e Javi Martinez, acertaram bons cabeceios, mas pararam em Cech, que se tornou um verdadeiro paredão nos minutos finais. Nos descontos, porém, Dante desviou cruzamento da direita, e Javi Martinez completou para o gol, levando o jogo para os pênaltis.

As primeiras quatro cobranças de cada equipe foram convertidas. Na última, Xherdan Shaqiriacertou para o Bayern, e Neuer pegou a cobrança de Romelo Lukaku. Depois disso, foi só festa na Bavária.

Fonte: http://pt.fifa.com

São Paulo – Brasil – 00:06

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

JGalvão

No Rio pela 1ª vez, ex- jogador Michael Ballack ganha camisa do Fluminense

Ballack Bienal do Livro (Foto: Fabio Lima)Ballack recebe a camisa tricolor  (Foto: Fábio Lima)

O ex-capitão da Seleção Alemã, Michael Ballack,  visitou o Rio de Janeiro nesta quinta-feira, como Embaixador oficial do Ano da Alemanha no Brasil, e fez a abertura oficial do estande da Alemanha na XVI Bienal do Livro. Depois de participar da cerimônia ao lado do cônsul geral da Alemanha e conceder uma coletiva para a imprensa, Ballack visitou a feira e foi presenteado com uma camisa do tricolor carioca, personalizada com o seu nome e o número 13, número sempre utilizado pelo atleta em todos os clubes que passou.

Neymar foi um dos principais assuntos da conversa com os jornalistas. Ballack não tem dúvidas de que o atacante chegará longe ao lado do argentino, Messi, no Barcelona, mas alerta o brasileiro.

“São dois jogadores excepcionais. O Barcelona joga um futebol diferente, mas ele vai se adaptar muito rápido. Basta ter os pés no chão que o sucesso vem”.

Ballack acabou atraindo muitos holofotes em sua passagem pela Bienal, os estudantes que visitavam a feira tiveram a curiosidade despertada pela quantidade de jornalistas que seguiam o atleta e formou-se uma verdadeira multidão,  principalmente das meninas , que aproveitaram para fotografar o ídolo.

O ex-jogador se mostrou curioso para conhecer melhor o Rio de Janeiro e o Brasil como um todo e foi muito sincero ao admitir que não conhece quase nada de nossa cultura. Ao ser questionado o que passava em sua cabeça quando ouvia a palavra Brasil, acabou arrancando gargalhadas do público presente, ao responder, futebol, carnaval e Copacabana.

Ballack Bienal do Livro (Foto: Fabio Lima)Ex-jogador despertou a curiosidade dos estudantes(Foto: Fábio Lima)

Quando perguntado sobre o técnico da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari, seu ex-comandante durante sua passagem pelo Chelsea (o alemão foi apontado na época como um dos articuladores para a saída do técnico do clube de Londres), Ballack respondeu:

“É um técnico experiente. Nos últimos quatro ou cinco anos muitos treinadores passaram por lá, é a cultura do clube. Não tem nada a ver com os jogadores. Ele é uma pessoa de fácil relacionamento e tinha uma relação muito positiva com todos os jogadores”.

O ex-capitão da mannschaft visita o país pela primeira vez,  espera poder curtir as praias cariocas e se sentiu encantado por ver as pessoas praticando esportes ao ar livre.

– Vi muita gente jogando vôlei de praia, futevôlei… quem sabe se passar por lá, alguém me reconheça e me convide para jogar.

Ballack Bienal do Livro (Foto: Fabio Lima) (Foto: Fábio Lima)
Nascido na cidade de Görlitz, Ballack anunciou a sua aposentadoria do futebol no início de outubro de 2012 e em 05 de junho deste ano, fez o seu jogo de despedida,  na Arena Red Bull, na cidade de Leipzig. Ballack convidou amigos, ex-companheiros e técnicos com quem trabalhou durante a sua carreira e realizou uma grande festa de despedida.

São Paulo – Brasil – 00:13

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Por JGalvão

Fãs do Dortmund fazem campanha para “libertar” Kagawa do United

Imagens de Kagawa "preso" no Manchester United são usadas pelos torcedores do Borussia Dortmund Foto: Facebook / ReproduçãoImagens de Kagawa “preso” no Manchester United são usadas pelos torcedores do Borussia Dortmund – Foto: Facebook / Reprodução

Torcedores do Borussia Dortmund começaram uma campanha nas redes sociais para que o Manchester United libere o japonês Shinji Kagawa, que brilhou pela equipe alemã entre 2010 e 2012. Com imagens que mostram o meia-atacante “aprisionado”, os fãs querem que o jogador retorne à equipe onde jogou seu melhor futebol.

Kagawa ainda não se firmou na equipe do Manchester United. O asiático teve problemas de lesão na última temporada, e na atual, sob o comando do novo técnico David Moyes, jogou apenas sete minutos na decisão da Supercopa da Inglaterra.

Usando a hashtag #freeshinji (“libertem Shinji”), os torcedores já criaram várias páginas em redes como Facebook e Twitter. Kagawa ainda mantém contato com o técnico do Dortmund, Jürgen Klopp.

Atlético de Madrid pode ser o destino

Kagawa pode ser a próxima contratação do Atlético de Madrid. Insatisfeito no Manchester United, o ex-jogador do Borussia Dortmund poderá ser emprestado ao clube espanhol. A informação foi divulgada pelo diário inglês Daily Mail.

Fonte: http://esportes.terra.com.br

São Paulo – Brasil –  00:13

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

JGalvão

Klopp vê grupo do Borussia equilibrado e se anima com viagem a Nápoles

O técnico Jurgen Klopp, do Borussia Dortmund, gostou do que viu no sorteio da Champions League, nesta quinta-feira, em Mônaco. O evento colocou a equipe alemã na chave F, ao lado de Arsenal, Olympique de Marselha e Napoli.

“É um grupo bem equilibrado e todas as equipes têm potencial para avançar. Teremos de nos preparar bem para enfrentar Arsenal e Olympique”, disse o treinador alemão, atual vice-campeão do torneio.

Mas a maior expectativa de Klopp para a primeira fase é o confronto contra o Napoli, quatro integrante do grupo. “Eu nunca fui para Nápoles, mas estou ansioso para sentir como é o clima da cidade. Será muito legal”, afirmou.

Em 2012-13, o Borussia caiu em um grupo considerado muito difícil, ao lado de Real Madrid, Manchester City e Ajax. O clube alemão foi muito bem na primeira fase e avançou com a primeira colocação, com 14 pontos, sem uma única derrota.

Fonte: http://www.espn.com.br

São Paulo – Brasil – 00:06

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

JGalvão

Ribéry é eleito melhor jogador da Europa

Um dos principais destaques do Bayern de Munique na temporada 2012-13, o meio-campista Franck Ribéry teve seu desempenho reconhecido e, nesta quinta-feira, recebeu o prêmio de Melhor Jogador da UEFA. Em evento realizado em Mônaco, o francês superou a concorrência deLionel Messi (Barcelona) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid).

Na temporada passada, Ribéry disputou 43 jogos pelo time comandado por Jupp Heynckes, sendo 39 como titular, e marcou 11 gols. Na campanha do título UEFA Champions League, o meio-campista balançou as redes apenas uma vez, na derrota por 3 a 1 diante do Bate Borisov. Contudo, foi peça fundamental no esquema tático, formando dupla pelo lado esquerdo com o lateral David Alaba.

O resultado da eleição tornou Ribéry o quarto atleta francês a receber a premiação. Anteriormente, Michel Platini (1983, 1984 e 1985), Jean-Pierre Papin (1991) e Zinedine Zidane (2001) conquistaram o troféu europeu. Ronaldo (1997 e 2002), Rivaldo (1999), Ronaldinho (2005) e Kaká (2007) são os brasileiros que triunfaram na disputa.

Na última temporada, Messi e Cristiano Ronaldo já haviam sucumbido na premiação diante do meio-campista Andrés Iniesta. O atleta argentino ganhou o troféu em duas oportunidades (2009 e 2011), enquanto o jogador português venceu em 2008, quando ainda atuava pelo Manchester United.

O sistema de eleição: na prmieira etapa, 53 jornalistas votam nos três melhores atletas. Os mais bem votados disputam a final, que ocorre com eleição ao vivo.

Fonte: http://pt.fifa.com

São Paulo – Brasil – 23:58

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

JGalvão

Primeira fase da Champions League tem grupos definidos

Tela dos grupos sorteados nesta quinta-feira

Tela dos grupos sorteados nesta quinta-feira – Getty

Em sorteio realizado na tarde desta quinta-feira, em Monaco, a Uefa definiu os oito grupos da temporada 2013/14 da Champions League. Entre as chaves, o destaque fica para o grupo H, que não chega a ser da ‘morte’, mas reunirá 16 títulos, com Barcelona (4), Milan (7), Ajax-HOL (4) e Celtic-ESC (1).

Outro grupo que chama atenção é a chave B, com Real Madrid e Juventus, disputando duas vagas ao lado de Galatasaray-TUR e Copenhaguen-DIN. O outro grande duelo entre espanhóis e italianos na Champions é uma reedição da final da temporada 1997/98, quando os merengues levaram a melhor sobre o time de Turim.

Sorteio definiu oito grupos da Uefa Champions League
Duelo entre espanhóis e italianos é destaque dos grupos – Divulgação

Já uma das chaves mais equilibradas definidas pelo sorteio tem apenas um campeão. Vencedor em 1997 e atual vice-europeu, o Borussia Dortmund divide o grupo F com Arsenal, que também já foi vice da Champions; Olympique de Marselha, da França; e o Napoli, da Itália.

Dos times que iniciam a maior competição de clubes da Europa cotados para o título, quem deu mais sorte foi o PSG, que dividirá a chave C com Benfica-POR, Olympiacos-GRE e Anderlecht-BEL. O caminho do Chelsea também não parece complicado no grupo E, com Schalke 04-ALE, Basel-SUI e Steua Bucareste-ROM.

A primeira rodada da fase de grupos está prevista para o próximo dia 17 de setembro. A grande decisão da Champions acontece em 24 de maio de 2014, no Estádio da Luz, em Lisboa.

Veja todos os oito grupos da Champions League 2013/14:

GRUPO A
 Manchester United  Shakhtar Donetsk  Bayer Leverkusen  Real Sociedad

O Manchester United, em teoria, abre o grupo A como favorito, mas terá oponentes que podem dificultar, ao menos jogando em seus domínios. O Shakhtar Donetsk, recheado de brasileiros (neste ano, ainda com Bernard), vem repetindo boas campanhas na Champions; a Real Sociedad vem com uma equipe bem armada e mostrou sua força nos playoffs contra o Lyon; e o Bayer Leverkusen, com 100% de aproveitamento na temporada do Campeonato Alemão.

GRUPO B
 Real Madrid  Juventus  Galatasaray  Copenhaguen

Finalistas da Champions em 1998, Real Madrid e Juventus se reencontram na chave B. Além daquela decisão, que acabou com o título merengue, espanhóis e italianos também já se cruzaram em fase de grupos em uma oportunidade, em 2008, com duas vitórias da Velha Senhora.

GRUPO C
 Benfica  Paris Saint-Germain  Olympiacos  Anderlecht

Assim como na última temporada, o Paris Saint-Germain deu sorte no sorteio. Em 2012/13, dividiu chave com Porto, Dínamo Zagreb e Dínamo Moscou; em 2013/14, volta a cruzar um português e dois times sem grande força internacional: Benfica, Olympiacos-GRE e Anderlecht-BEL.

GRUPO D
 Bayern de Munique  CSKA  Manchester City  Viktoria Pilsen

Atual campeão, o Bayern de Munique reencontrará um de seus rivais na temporada 2011/12. Naquela ocasião, o Manchester City também foi rival dos bávaros, mas acabou se dando mal, sem conseguir sequer avançar. Desta vez, porém, os outros rivais não assustam tanto: o CSKA Moscou, que acaba de contratar o ex-botafoguense Vitinho, e o Viktoria Plzen.

GRUPO E
 Chelsea  Schalke 04  Basel  Steaua Bucareste

Embora reúna dois campeões, o grupo E tem um favorito claro. No topo da Europa há duas temporada, o Chelsea não deve sofrer diante de Schalke 04, Basel e Steua Bucareste – campeão europeu em 1986.

GRUPO F
 Arsenal  Olympique de Marselha  Borussia Dortmund  Napoli

Sem favorito, o grupo F é, por ora, o mais equilibrado desta Champions. Atual vice-europeu, o Borussia Dortmund é um dos campeões da chave, mas não terá vida fácil contra o Arsenal, que também tem um vice-campeonato, em 2006. O Olympique de Marselha, campeão em 1993, com ótimo início do Campeonato Francês; e o Napoli, segundo colocado no último Calcio, completam o grupo.

GRUPO G
 Porto  Atlético de Madri  Zenit  Austria Viena

Outro grupo sem uma grande força. A chave G, porém, parece uma das mais desinteressantes desta fase da Champions. O Austria Viena é quem larga em desvantagem em relação a Porto, campeão português; Atlético de Madri, que ficou com o título da Copa do Rei; e o Zenit, do brasileiro Hulk.

GRUPO H
 Barcelona  Milan  Ajax  Celtic

Duas grandes forças do grupo – ao menos na teoria -, Milan e Barcelona se enfrentaram nas últimas três edições da Champions League. Em 2010/11, na fase de grupos, na mesma chave H; em 2011/12, nas quartas de final; e, em 2012/13, nas oitavas (os espanhóis perderam apenas uma vez, no ano passado, mas reverteram o placar e se classificaram).

A chave reúne quatro campeõs europeus, com 16 títulos somados: Barcelona (4 conquistas – 1992, 2006, 2009, 2011), Milan (7 – 1963, 1969, 1989, 1990, 1994, 2003, 2007), Ajax-HOL (4 – 1971, 1972, 1973, 1995) e Celtic-ESC (1 – 1967).

 

Fonte: http://www.espn.com.br

São Paulo – Brasil – 23:46

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

JGalvão

Segundo jornal, o Schalke 04 estaria interessado em Ronaldinho Gaucho

Ronaldinho Gaúcho; Atlético-MG; Cidade do Galo; coletiva (Foto: Bruno Cantini / Site Oficial do Atlético-MG)Em boa fase no Atlético, Ronaldinho interessa ao Schalke (Foto: Bruno Cantini / Site Oficial do Atlético-MG)

Ronaldinho Gaúcho está em alta na Europa. Depois do Besiktas, é a vez do Schalke 04 demonstrar interesse na contratação do meia do Atlético-MG. Segundo o jornal alemão “Bild”, os Azuis Reais já entraram em contato com a diretoria do Galo e os representantes do jogador para fazer negócio.

Um dos trunfos do Schalke é o fato de o time alemão ter se classificado para a fase de grupos da Liga dos Campeões, garantindo assim uma receita considerável para seus cofres. O dinheiro poderia ser utilizado pelos Azuis Reais para fechar com Ronaldinho.

Além de Ronaldinho, outros dois veteranos chegaram a entrar na mira do Schalke: os atacantes Eto’o, que foi anunciado nesta quinta-feira pelo Chelsea, e Quagliarella, do Juventus.

Apesar do interesse no meia brasileiro, a imprensa alemã levanta dúvidas acerca do condicionamento físico do jogador. Por outro lado, há a lembrança da contratação de Raúl, que também chegou ao Schalke em fim de carreira, mas foi bem e se tornou ídolo dos Azuis Reais.

Fonte: http://globoesporte.globo.com

São Paulo – Brasil –  23:32

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

JGalvão

Ouro Alemão – Aplicar no Borussia Dortmund é um dos melhores negócios do mundo

Torcedores do Dortmund vibram durante final da Champions League
Torcedores do Dortmund vibram durante final da Champions League – Getty

Esqueça investimentos que ao final de um ano você terá, com sorte, um retorno inferior a 10%. Aplicar seu dinheiro no Borussia Dortmund é um negócio melhor.

O clube alemão, impulsionado pelo vice-campeonato da Champions e a venda do meia Gotze, acaba de anunciar números de faturamento impressionantes. O faturamento na temporada 2012/2013 do clube subiu 42% e chegou a 305 milhões de euros, ou quase R$ 950 milhões. Isso equivale a praticamente três vezes o faturamento do Corinthians, o clube mais rico do Brasil.

Mas o que impressiona mesmo é o lucro. O Dortmund anunciou que, depois do pagamento de todas as despesas e impostos, sobraram 53,3 milhões de euros no caixa do clube. Isso equivale a mais de R$ 165 milhões, ou 22 vezes o lucro corintiano no ano passado.

Com esses números, o Dortmund, único clube alemão que negocia suas ações na bolsa de valores de seu país, se tornou um investimento sublime.

Nos últimos 12 meses, as ações do time subiram 35%. Uma comparação com a caderneta de poupança brasileira mostra o quanto foi um bom negócio aplicar no Dortmund.

Quem investiu, por exemplo, o equivalente a R$ 100 mil em ações do clube teria hoje R$ 135 mil. Já quem optasse por colocar o mesmo dinheiro numa conta poupança teria hoje R$ 105,3 mil. Segundo analistas da bolsa alemã, as ações do Dortmund estão no nível mais elevado de liquidez: os seja, são facilmente negociáveis.

Fonte: http://www.espn.com.br

São Paulo – Brasil – 23:55

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

JGalvão

Após cirurgia, Thiago Alcântara posa com pé imobilizado

thiago alcantara bayern de munique contusão (Foto: Reprodução / Facebook)Thiago posa com o pé imobilizado (Foto: Reprodução / Facebook)

Depois de passar por uma cirurgia no tornozelo direito, Thiago Alcântara está pronto para começar sua recuperação. O meia do Bayern está de volta a Munique e postou em seu perfil no Facebook uma foto onde aparece com o pé imobilizado e usou a máxima “Sem dor, sem ganho” para mostrar sua motivação.

Para total cicatrização da região, o ex-jogador do Barcelona terá que utilizar muletas por até um mês e meio. O tempo total de recuperação e retorno aos gramados é de quase dois meses. Pep Guardiola, responsável pela indicação do meia ao Bayern, afirmou que pretende contar com Thiago no começo de novembro.

Desta forma, o filho de Mazinho vai desfalcar o Bayern na decisão da Supercopa da Europa, na próxima sexta-feira, contra o Chelsea, assim como nas primeiras rodadas da fase de grupos da Liga dos Campeões.

Fonte: http://globoesporte.globo.com

São Paulo – Brasil –  23:46

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

JGalvão

Messi perde pênalti, mas Barça empata e leva a Supercopa

xavi taça barcelona x atletico madri campeão (Foto: EFE)Primeiro agachado da esquerda para a direita, Neymar comemora seu primeiro título no Barça (Foto: EFE)

O técnico Gerardo Tata Martino, enfim, se rendeu: colocou Messi e Neymar juntos como titulares no Barcelona. A escalação não funcionou às mil maravilhas – e o argentino chegou até a perder um pênalti quase no fim -, mas foi suficiente para o time catalão empatar por 0 a 0 com o Atlético de Madri e conquistar o título da Supercopa da Espanha, no Camp Nou. O troféu acabou sendo garantido graças ao gol de cabeça marcado pelo atacante brasileiro no 1 a 1 do jogo de ida, na quarta-feira passada, no estádio Vicente Calderón.

Esta foi a primeira vez que os dois craques começaram juntos numa partida oficial pelo time catalão. Antes, só haviam iniciado o jogo como titulares nos primeiros 45 minutos na goleada sobre a Tailândia por 7 a 1, em amistoso ainda na pré-temporada.

A entrada de Neymar não foi a única mudança de Martino. Fàbregas começou como titular no lugar de Iniesta, que ganhou a companhia de Pedro no banco de reservas. Alexis Sánchez foi mantido entre os 11 e completou o ataque sul-americano do Barcelona, com Neymar e Messi. Quem sorriu foi Xavi: além de iniciar a partida, o veterano se transformou no jogador espanhol com mais títulos na história, com 25 taças, superando em um, Gento, ex-Real Madrid.

Muito toque, pouco perigo

Quem se animou com a chance de ter Messi e Neymar atuando juntos numa partida oficial pela primeira vez se decepcionou com os 45 minutos iniciais. Com cada um posicionado em um lado do campo, não foi possível ver muitas jogadas organizadas pelos dois. Aliás, foram raros os lances de perigo criados pelo Barça.

Apesar do domínio territorial e da maior posse de bola, o time catalão sofria para invadir a área do Atlético. A equipe colchonera, ao contrário do jogo de ida, em que pressionou a saída de bola, preferiu recuar a linha de marcação e apostar nos contra-ataques. Com isso, os donos da casa encontraram uma barreira difícil de ser superada.

Lionel Messi e Koke Resurreccion Barcelona x Atlético de Madrid (Foto: Getty Images)Messi dribla Koke, do Atlético (Foto: Getty Images)

Valdés brilha

Do outro lado, os espaços concedidos pelo Barça na defesa eram generosos. Quando conseguia encaixar os passes, o Atlético assustava e era muito mais perigoso. Na primeira chegada, aos 34 minutos do primeiro tempo, Koke recebeu na entrada da área, mas chutou fraco, para boa defesa de Valdés.

O goleiro do Barça voltaria a brilhar aos 41. Em novo contragolpe colchonero, Arda Turan invadiu a área, passou por Piqué e soltou a bomba, mas Valdés se esticou todo e, com a mão direita, salvou os catalães.

Barça melhora no segundo tempo

Precisando balançar as redes para conquistar o título, o Atlético voltou mais ofensivo no segundo tempo. Nos primeiros 15 minutos, os colchoneros pressionaram o Barcelona, marcaram forte e criaram algumas oportunidades. Na melhor delas, aos dez, Koke bateu colocado da entrada da área, mas Valdés, de novo, fez ótima defesa.

Aos poucos, porém, o Barcelona se recuperou e passou a dominar a partida. O Atlético voltou a recuar e buscar os contra-ataques, limitando os espaços dos catalães, que, pouco inspirados, tocavam a bola, mas não tinham efetividade no setor ofensivo.

Messi e Neymar continuavam muito distantes e pouco interagiam. Numa das raras vezes, a tabela entre os dois quase deixou o camisa 10 na cara do gol, aos 22 minutos, mas Filipe Luís foi mais rápido que o argentino e fez o corte. Ainda assim, era pouco perto da expectativa gerada antes do jogo.

Neymar Mario Suarez Filipe Luis  barcelona x atletico madri  (Foto: Getty Images)Porta fechada: Neymar não consegue passar por Filipe Luís (Foto: Getty Images)

Messi perde pênalti

A exemplo da primeira partida, o jogo teve seus momentos de tensão, principalmente no fim. Filipe Luís, que se desentendeu com Messi em alguns lances, repetiu uma briga com Daniel Alves e acabou expulso após uma falta sem bola no lateral-direito, aos 35 minutos.

Logo depois, aos 42, Miranda derrubou Daniel Alves na área, e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, porém, Messi acertou o travessão e desperdiçou a chance da vitória para o Barcelona. Mas não fez falta: mesmo sem encantar, o time catalão manteve o empate e conquistou seu primeiro título na temporada.

neymar taça barcelona x atletico madri (Foto: AFP)
Neymar faz pose com a taça ao lado de Alexis Sánchez: decisivo pelo gol no jogo de ida (Foto: AFP)

Fonte: http://globoesporte.globo.com

São Paulo – Brasil –  23:39

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

JGalvão