Archive for setembro \30\America/Sao_Paulo 2014

“O jogo contra o Arsenal é nossa referência”, avisa Klopp

"O jogo contra o Arsenal é nossa referência", avisa Klopp

O técnico do Borussia Dortmund, Jürgen Klopp, afirmou que a sua equipe precisa retomar a sua forma de jogar, como na vitória do Arsenal por 2 a 0, na primeira rodada da Champions League, e colocou o clube na liderança da competição. Porém, nos seus últimos três jogos, perdeu duas (contra o Mainz 05  e o Schalke 04) e empatou com o Sttutgart.

“O jogo do Arsenal é a nossa referência, é claro. Nos últimos jogos não temos estado no mesmo nível e isso tem de parar. Temos que mostrar o nosso melhor lado”, disse o treinador.

“Tenho visto alguns jogos que envolvem o Anderlecht. Eles têm grandes talentos e grande experiência, eles podem jogar um grande futebol”, completou.

O confronto entre Borussia Dortmund e Anderlecht está marcado para esta quarta-feira, às 15h45, no Constant Vanden Stock.

Fonte: http://www.goal.com/

São Paulo – Brasil – 23:07

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Bayern joga mal, mas vence CSKA

muller bayern munique x cska (Foto: AP)Thomas Müller comemora o gol da vitória do Bayern de Munique sobre o CSKA Moscou (Foto: AP)

O Bayern de Munique jogou para o gasto na tarde desta terça-feira, na Arena Khimki, na Rússia, pela segunda rodada da primeira fase da Liga dos Campeões. Com um gol de Thomas Müller, de pênalti, os bávaros venceram o CSKA Moscou por 1 a 0 e chegaram aos seis pontos e assumiram a liderança isolada no Grupo E. O brasileiro Mário Fernandes, convocado por Dunga para os próximos amistosos da Seleção, foi quem cometeu a infração que garantiu o triunfo dos alemães.

A derrota deixou o CSKA zerado, na última posição no Grupo E. Está atrás de Roma, vice-líder com quatro pontos, e Manchester City, terceiro com um. Na próxima rodada, os russos vão encarar o time inglês, em casa. O Bayern visita a equipe italiana, no Estádio Olímpico. As duas partidas vão acontecer no dia 21 de outubro.

O gol de Thomas Müller, de pênalti, aos 21 minutos do primeiro tempo deu a impressão de que o Bayern de Munique teria uma boa atuação na Arena Khimki, na Rússia. Mas não foi o que aconteceu. Os bávaros caíram de produção e viram o CSKA assustar o goleiro Neuer em duas oportunidades. Aos 36 e aos 40. Na primeira, Musa ganhou na corrida da defesa e chutou em cima de Neuer. Na outra, uma bola no travessão de Eremenko.

Na volta para o segundo tempo, um jogo ainda mais morno. O vazio da Arena Khimki pareceu contagiar os atletas em campo, que pareciam pouco inspirados. O CSKA cumpriu mais um jogo de punição e foi obrigado a jogar com portões fechados. Na edição passada da Champions, os torcedores hostilizaram o volante Yaya Touré, do Manchester City, com atitude racistas e o clube acabou punido pela Uefa.

Enquanto o Bayern tocava a bola, o CSKA buscava espaços para os contra-ataques. Mas pouco assustou o goleiro Neuer. Os bávaros, por sua vez, pecaram pelo excesso de preciosidade. Em duas oportunidades, Robben e Müller não finalizaram e preferiram o passe. Pecaram na execução dos lances e os russos evitaram o segundo gol.

Com a pouca pontaria e até um certo desinteresse, o Bayern segurou o ímpeto dos donos da casa e saiu com a segunda vitória na atual edição da Liga. O CSKA, por sua vez, praticamente deu adeus ao torneio continental. 

Muller, CSKA x Bayern de Munique (Foto: AP)Müller desloca o goleiro Akinfeev e garante a vitória do Bayern de Munique sobre o CSKA (Foto: AP)

Fonte: http://globoesporte.globo.com/

São Paulo – Brasil – 23:02

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Huntelaar marca, e Schalke 04 arranca empate contra o Maribor

Equipes seguem sem vencer na Champions League

Não foi desta vez que o Schalke 04 comemorou uma vitória na UEFA Champions League. O Maribor, idem. Em partida disputada na Veltins Arena, na Alemanha, as duas equipes empataram em 1 a 1 em jogo válido pela segunda rodada do grupo G da competição europeia. Bohar abriu o placar para o time esloveno, enquanto Huntelaar deixou tudo igual.

Com o resultado, as duas equipes dividem a segunda posição da chave, com dois pontos cada. O líder é o Chelsea, que venceu o Sporting fora de casa por 1 a 0 – os portugueses, portanto, estão na última colocação da chave.

Apesar de jogar em casa, o Schalke não conseguiu traduzir o apoio da torcida em gols. Mesmo com mais volume de jogo e mais chutes a gol, o time viu o Maribor sair na frente. Mitja Viler recebeu bom passe na esquerda e cruzou rasteiro, de primeira, para Bohar chutar e abrir o placar.

No segundo tempo, os alemães, no entanto, não tardaram a empatar. Aos 11 minutos, Huntelaar aproveitou a sobra na esquerda e, de fora da área e com um chute rasteiro, ele colocou no cantinho do goleiro Handanovic para igualar o marcador.

Na próxima rodada da competição continental, o Schalke enfrenta o Sporting em casa, no dia 21 de outubro. O Maribor viaja para Londres, onde jogará, no mesmo dia, contra o Chelsea no Stamford Bridge.

Fonte: http://espn.uol.com.br/

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

São Paulo – Brasil – 22:55

Josy Galvão

5 truques de beleza indispensáveis para determinadas partes do corpo

A exposição ao sol e a produtos de higiene podem prejudicar sua pele mais do que você imagina. Mas alguns cuidados, como esfoliação e hidratação, ajudam a recuperar os estragos.

 

CERTOS CUIDADOS DE BELEZA PODEM AJUDAR A PRESERVAR SUA PELE (Foto: GETTY IMAGES)CERTOS CUIDADOS DE BELEZA PODEM AJUDAR A PRESERVAR SUA PELE (FOTO: GETTY IMAGES)

UNHAS E CUTÍCULAS
Se sua resposta para unhas quebradiças e ressecadas é correr para a manicure, cuidado. Estudos mostram que ir regularmente ao salão pode prejudicá-las ainda mais por conta dos produtos químicos usados.  A solução pode ser mais simples. Basta hidratá-las em casa com pomadas específicas que também ajudam a melhorar o aspecto das cutículas.

PESCOÇO E DECOTE
Depois do rosto, uma duas principais partes do corpo que mais mostram os sinais da idade são o pescoço e o colo. A pele dessas regiões é fina, portanto, manchas solares, flacidez e rugas aparecem lá primeiro. A boa notícia é que basta usar os mesmos cosméticos antiidade que você aplica no rosto. Issto significa que você não precisa gastar rios de dinheiro para preservar estas áreas.

COTOVELOS E JOELHOS
Cotovelos e joelhos ressecados são problemas que só são notados quando estão em níveis críticos. Mas nem tudo está perdido. Uma dica é pegar pesado na esfoliação, tanto física quanto química, porque a pele dessas regiões é mais grossa do que no resto do corpo. Para evitar que manchas, abuse de hidratantes com vitamina C.

MÃOS
Suas mãos são uma das partes do corpo que mais perdem elasticidade e gordura conforme os anos. Pelo fato de estarem sempre expostas ao sol e a produtos de higienização, costumam estar mais desidratadas que o resto do corpo, portanto envelhecem mais rapidamente. A melhor prevenção é mesmo usar o protetor solar com fator 30, ou maior, todas as manhãs ou após lavá-las.

Fonte: http://revistamarieclaire.globo.com/

São Paulo – Brasil – 22:45

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Mats Hummels descarta uma transferência para o Manchester United

Mats Hummels descarta uma transferência para o Manchester United

O zagueiro do Borussia Dortmund, Mats Hummels, deu um banho de água fria nas pretensões de Louis van Gaal contratá-lo em janeiro. O alemão, que é um alvo do Manchester United, descartou uma ida para a Inglaterra neste momento, apesar de agradecer o interesse do holandês.

Com um grande time na parte ofensiva, o técnico vem sofrendo com problemas na defesa, principalmente por conta de algumas lesões. Hummels já era um alvo em julho, porém a negociação não andou. Apesar disso, ele pretende fazer uma nova proposta na próxima janela, mas não deve conseguir trazer o jogador.

“É ótimo ouvir que grandes clubes estão interessados em você”, disse o zagueiro à Bundesliga Magazin International. “Eu tomo isso como um elogio. Mas isso não me influencia de nenhuma maneira. Nós ganhamos o suficiente aqui em Dortmund”.

“Sempre haverá alguém que pode pagar mais do que o BVB. Mas o Dortmund evoluiu muito. De qualquer forma, eu acredito que seja o suficiente para mim. Se, um dia, eu começar a pensar sobre jogar no exterior, dinheiro não será o motivo. Mas eu nem penso nisso no momento. Nós ainda temos muito a fazer aqui”, completou Hummels.

Na contramão da maioria dos jogadores atualmente, o alemão citou os exemplos de Paolo Maldini e Steven Gerrard, falando sobre grandes ídolos que sempre jogaram na mesma equipe.

“Existem alguns [que ficam no mesmo clube por toda a carreira], e eles são realmente ótimos jogadores. Paolo Maldini no Milan, por exemplo, ou Steven Gerrard. Messi sempre jogou pelo Barcelona. Schweinsteiger e Thomas Müller, também, quem sabe eles vão jogar em Munique para sempre”, concluiu o defensor.

Fonte: http://www.goal.com/

São Paulo – Brasil – 22:37

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Por Josy Galvão

Com gol de Matic, Chelsea vence Sporting

Com gol de Matic, Chelsea vence Sporting pelo placar mínimo em Portugal

Após empatar o primeiro jogo, o Chelsea foi a Portugal e venceu o Sporting por 1 a 0 e conquistou sua primeira vitória na Uefa Champions League. O gol foi marcado por Matic, ex-jogador do Benfica, rival dos alviverdes.

Com a vitória, os Blues chegaram aos quatro pontos e assumindo a liderança isolada, enquanto os portugueses continuam com um, na lanterna. A partida foi marcada pelo equilibrio entre as duas equipes, que são favoritas na classificação às oitavas do torneio continental.

Na próxima partida na Premier League, os ingleses, atuais líderes absolutos, recebem o Arsenal no domingo (5) às 10h05, já os lusos irão enfrentar o Penafiel pela Liga Zon Sagres no mesmo dia, mas às 16h15. Os horários são de Brasília.

Chelsea domina primeiro tempo e vai para o vestiário em vantagem

A partida, que prometia ser equilibrada e movimentada, deu seu cartão de visitas logo no primeiro minuto de jogo. Oscar deixou Diego Costa na cara do gol e o atacante avançou com a bola, mas Rui Patricio impediu o gol do artilheiro da Premier League, fazendo excelente defesa. Pouco tempo depois, o Sporting respondeu em um contra-ataque que levou perigo ao time de José Mourinho.

Aos poucos, o Chelsea esfriou o ritmo frenético do adversário e, com muito toque de bola, passou a ditar a controlar a partida. Criando as melhores oportunidades, novamente chegou perto do primeiro gol.

O meia Oscar deu mais uma bela assistência e achou Schürrle livre dentro da área. O alemão driblou o arqueiro e finalizou, no entanto, não contou com uma brilhante recuperação do camisa 1, que impediu o gol londrino. Dez minutos depois, o campeão mundial teve nova chance de marcar, mas finalizou para fora após ficar livre de marcação dentro da área.

No decorrer do jogo, o domínio dos Blues foi se consolidando. Com meia hora de bola rolando, eram oito finalizações contra apenas uma dos mandantes, o que evidenciava a superioridade dos visitantes. Após pressionar, saiu o gol já desenhado. Fàbregas cobrou falta na área e Matic, com uma bela cabeçada, abriu o placar em Lisboa.

Nos minutos finais do primeiro tempo, os anfitriões esboçaram uma reação, mas sem sucesso. Os portugueses, que tinham Nani – sua principal arma para buscar algo – apagado em campo, sofriam pela falta de criatividade e por uma defesa bem armada pelos ingleses.

Sporting cresce, mas não evita vitória do Chelsea

O segundo tempo começou com uma leve pressão do Sporting, o que gerava contra-ataques para o Chelsea. Os ingleses encontravam muitos espaços na defesa dos mandantes, levando perigo. Oscar, sempre muito perigoso, era o jogador que mais incomodava no segundo tempo. Antes mesmo dos dez minutos, o camisa 8 dos Blues desperdiçou chance clara, salva pelo goleiro.

Mesmo sofrendo com os contra golpes, os donos da casa não abdicaram da postura ofensiva e por pouco não chegaram ao empate com Nani. O meio-campista recebeu bom passe de William Carvalho e chutou pela rede do lado de fora. Nessas circunstâncias, o jogo ficou movimentado e equilibrado, no entanto, os visitantes eram mais cirúrgicos em suas chances.

Fazendo-se valer do fator casa, os lusos equilibraram o duelo, anulando os adversários. Isso forçou Mourinho a sacar o destaque, que vinha em uma segunda etapa apagada após boa atuação na primeira, para a entrada de Mikel, visando focar na parte defensiva. Com a alteração, Fàbregas passou a atuar na linha de 3 meias, ao lado de Hazard e Willian.

Nos últimos minutos, o Chelsea ainda levou perigo ao Sporting, que rondou o campo de defesa do adversário, mas não conseguiu levar perigo à consistente defesa armada pelo time de José Mourinho.

Fonte: http://www.vavel.com/br

São Paulo – Brasil – 22:25

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Futebol feminino – Marta conquista seu quinto título na Suécia

Marta conquista seu quinto título na Suécia

O destaque da semana do futebol feminino de clubes ficou com o nono título sueco do Rosengard, que também foi o quinto de Marta no país (os outros quatro vieram com o Umea) Já na Austrália e a naFrança, alguns dos candidatos às respectivas taças deram mais um passo convincente para conquistá-las, enquanto a Alemanha continua assistindo a alguns resultados surpreendentes. Confira a movimentação.

Suécia: Rosengard outra vez
O Rosengard, antigamente conhecido como Malmö, chegou ao seu nono título nacional com duas rodadas de antecedência e se consolidou como o time mais vitorioso do Campeonato Sueco ao defender com sucesso a taça conquistada na temporada passada. Por um momento, porém, parecia que as comemorações teriam que ser adiadas, pois o time da brasileira Marta perdia até o fim do segundo tempo por 2 a 1 para o Kopparbergs de Gotemburgo, que abriu vantagem com dois gols de Lieke Martens. No entanto, a craque brasileira empatou e, antes do fim, a artilheira da competição, Anja Mittag, viraria o placar para dar a vitória – e o título – à sua equipe. Ambos os gols saíram de um passe da jovem Nathalie Persson, de 17 anos, que havia entrado como substituta e acabou ajudando a transformar o andamento da partida. Marta, eleita cinco vezes a melhor jogadora do planeta, comemora assim sua quinta taça no país, depois de faturar as edições de 2005, 06, 07 e 08 pelo Umea. Agora, resta definir quem ficará com a segunda vaga da Suécia na Liga das Campeãs da UEFA. Por enquanto, o Orebrö, que derrotou o AIK fora de casa por 3 a 0, tem três pontos de vantagem sobre o Kopparbergs e o Linköpings.

Os quatro primeiros: Rosengard (48 pontos), Orebrö (36) e Kopparbergs e Linköpings (33).

Austrália: Dois líderes invictos
Com 100% de aproveitamento, o Sydney e o Perth Glory dispararam na liderança do recém-iniciado Campeonato Australiano após a derrota do Canberra United, que perdeu por 4 a 2 em casa para o atual campeão Melbourne Victory por 4 a 2. O Sydney derrotou o rival Western Sydney Wanderers por 2 a 0 diante de um público recordista, naquela que pode ter sido a última partida de Alen Stajcic no comando da equipe – ele foi apontado como novo técnico da seleção feminina australiana. Já o Glory saiu com um triunfo por 3 a 1 do encontro com o Adelaide United e, com os mesmos nove pontos, fica atrás do Sydney apenas no saldo de gols. O bicampeão Brisbane Roar finalmente arrancou na temporada com uma vitória por 3 a 1 sobre o Newcastle Jets, contando com o retorno da goleira alemã Nadine Angerer.

Os quatro primeiros: Sydney e Perth Glory (nove pontos), e Canberra United e Melbourne Victory (seis).

França: Favoritos saem na frente
O atual campeão Lyon e o ambicioso Paris Saint-Germain já lideram o Campeonato Francês, como era de se esperar. Com quatro vitórias no mesmo número de partidas, a dupla já abriu três pontos de vantagem sobre o Juvisy, o adversário mais próximo na tabela – este perdeu em casa justamente para o Lyon, por 4 a 1. Com um elenco estrelado, o Lyon não teve dificuldades para abrir 3 a 0 ainda no primeiro tempo e ampliar logo depois do reinício. Já o PSG precisou suar um pouco mais a camisa e só saiu vitorioso do estádio do Montpellier graças ao gol da americana Lindsey Horan no finzinho do encontro. Apesar de empatado com o Lyon em 16 pontos, o PSG aparece em segundo na tabela por conta do saldo pior de gols.

Os três primeiros: Lyon e Paris Saint-Germain (16 pontos) e Juvisy (13).

Alemanha: Campeão pisa em falso
O Wolfsburg, atual campeão alemão e europeu, deu um raro tropeço em casa ao ficar no empate sem gols com o Bayern de Munique. Embora continue sem sofrer gols nesta temporada, o Wolfsburg permitiu com o resultado que o Turbine Potsdam assumisse a ponta da tabela ao derrotar o Friburgo fora de casa por 4 a 2. Já o Frankfurt se reencontrou com a vitória com os 3 a 0 que fez sobre o Sand.

Os três primeiros: Turbine Potsdam (12 pontos), Wolfsburgo (dez) e Bayern de Munique (oito).

Fonte: http://pt.fifa.com/

São Paulo – Brasil – 22:15

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

140 anos de tradição do futebol alemão

A tradição do futebol alemão

O futebol tem uma longa tradição na Alemanha. A sua popularidade data de muito tempo atrás e as conquistas são uma consequência natural. Com quatro títulos da Copa do Mundo da FIFA e três da Eurocopa, a seleção alemã é uma das mais vitoriosas do planeta. Parece até que faz séculos que os alemães praticam o esporte mais popular do planeta.

Mas não é bem assim! Os aficionados por futebol já podem ter ouvido falar em termos como EpiskyrosHarpastum ou Popo. Os três são palavras antigas para designar a “invenção mais importante da história”: a bola. Ou para sermos mais exatos, a bola de futebol. Chutar objetos é um antigo hábito da humanidade, sejam pedras, ossos ou itens similares — desde a Idade da Pedra que homens e mulheres gostam de dar pontapés. Há três mil anos, os chineses tinham um jogo com uma bola feita de pele de animal e preenchida com pelos ou penas. O esporte foi um precursor do futebol moderno e se chamava tsu chu.

Na Alemanha, por outro lado, os primórdios do futebol não datam de um passado tão distante. Apenas em 1874, mais exatamente em 29 de setembro, foi disputada a primeira partida em solo germânico. Para isso foi preciso superar muita resistência. O introdutor da modalidade foi o professor Konrad Koch, que morou durante algum tempo na Inglaterra e depois foi trabalhar em uma escola da cidade de Braunschweig.

Enérgico, virtuoso, jovial e livre
Foi a primeira vez que o futebol foi jogado em uma escola alemã e a primeira equipe fundada no país. No início, a variante do rúgbi era inclusive praticada com uma bola oval. Naturalmente, “segurar a bola”, isto é, encostar nela com as mãos, era permitido em algumas circunstâncias. Só mais tarde os pioneiros do futebol passaram a se orientar pelas regras da “Association Football” da Inglaterra e os alemães passaram a jogar o futebol sem as mãos. O apito do juiz e os pênaltis só vieram depois.

Um ano depois Koch traduziu as primeiras regras do futebol para o alemão. “O objetivo de cada agremiação é chutar a bola por cima das traves do gol oponente”, diziam as regulamentações. Além disso, as regras de Koch foram ressaltadas pelo lema da ginástica na Alemanha, criado pelo pai da modalidade, Friedrich Ludwig Jahn: “enérgico, virtuoso, jovial e livre”. Isso mostra que na época o futebol era considerado parte da ginástica e não uma alternativa a ela.

No entanto, justamente a Associação de Ginástica Alemã e a Associação de Professores de Ginástica tinham sérias objeções ao jogo e chegaram a descrevê-lo como a “doença inglesa”. Essas hostilidades motivaram Koch a traduzir os termos técnicos do futebol para o alemão e com isso familiarizar os seus compatriotas com o esporte. Para isso, ele se utilizou em grande parte do vocabulário militar; termos como “defesa”, “ataque”, “atacante”, “tiro livre”, etc., que até hoje são utilizados, são emprestados da terminologia bélica.

Juntos rumo ao sucesso
A mentalidade das equipes também era determinada por Koch nas regras. Jogava-se com uma formação hoje impensável, com uma linha de cinco jogadores no ataque, e o esporte era o mais ofensivo possível com o esquema tático 2-3-5. Mas independentemente das regras, os pioneiros do futebol de então estavam convencidos de que o futebol era um fator de agregação. Pessoas pobres, ricas, inteligentes ou não — todas jogavam em um mesmo time e só podiam ter um bom desempenho juntos.

Mesmo com tantas boas intenções, Koch precisou lutar muito no início para combater muitas ideias contrárias para consolidar o futebol na Alemanha. Às vezes era proibido que estudantes e professores jogassem futebol. Mas aos poucos a sua dedicação trouxe resultados. Depois da fundação da primeira equipe de estudantes alemães, foram fundados clubes em Hannover e Bremen. E não era mais possível conter o avanço da popularidade do futebol.

Curiosamente, o próprio Koch tinha muitas objeções ao futebol. Ele condenava o uso de camisas coloridas, seguindo o modelo inglês, era contrário a partidas contra equipes estrangeiras, treinamentos, grandes quantidades de espectadores e, acima de tudo, não aprovava o profissionalismo.

Ao longo dos 140 anos seguintes
O responsável pelo desenvolvimento do futebol nesse sentido foi Walter Bensemann, que percebeu o potencial comercial do futebol. No ano 1900, Bensemann foi um dos fundadores da Federação Alemã de Futebol e pouco depois criou a conceituada revista alemã Kicker, que existe até hoje.

Depois disso, com o tempo o futebol se tornou o esporte mais popular da Alemanha, que revelou alguns dos melhores jogadores da história. Desde a conquista da Copa do Mundo da FIFA de 1954, em uma fantástica vitória de virada na final contra a Hungria que ficou conhecida como o “Milagre de Berna”, a seleção alemã se tornou uma das mais temidas do planeta.

Agora, 140 anos se passaram do primeiro jogo de futebol na Alemanha e obviamente não temos como prever quais serão os desdobramentos do esporte no futuro em longo prazo, mas tudo indica que a modalidade tem tudo para continuar a crescer cada vez mais em solo germânico.

Fonte: http://pt.fifa.com/

São Paulo – Brasil – 23:54

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Schalke está confiante para o confronto com o Maribor

O técnico Jens Keller do Schalke 04 deixou bem claro qual é o seu objetivo no jogo de amanhã, terça-feira, contra o NK Maribor pela fase de grupos da Champions League: “É absolutamente necessário conquistar os três pontos. Somos os favoritos, mas sabemos que vamos precisar lutar muito para obter a vitória.”

Os “azuis reais” entrarão em campo na Veltins Arena com muita auto-confiança, especialmente após o triunfo obtido sobre o Borussia Dortmund na “mãe de todos os dérbis” por 2 a 1. Julian Draxler, revelação do Schalke e jogador da seleção alemã, voltará ao time titular. Em compensação, o meio campista Sidney Sam não terá condições de jogo.

Julian Draxler havia sido suspenso por dois jogos pela Federação Alemã de Futebol e pretende fazer uma boa apresentação: “Estou devendo para o time e para a torcida pela besteira que fiz no jogo contra o Eintracht Frankfurt. Vou tentar me recuperar e fazer uma boa partida contra o Maribor.”

Além de Sam, o técnico Jens Keller vai poupar também o lateral Atsuto Uchida que havia voltado à equipe após sete meses de ausência por conta de uma contusão: “Ele jogou duas partidas num espaço de quatro dias e merece um descanso”, informou o treinador dos “azuis reais’.

Fonte: http://www.bundesliga.com.br/

São Paulo – Brasil – 23:39

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Volta de Gündogan está próxima

Gündogan próximo de retorno aos gramados

Com apenas 23 anos, Ilkay Gündogan foi um dos grandes líderes do Borussia Dortmund na temporada que rendeu o vice-campeonato europeu, em 2013. Porém, em agosto desse mesmo ano, o jogador teve uma lesão séria, que o tirou dos gramados por mais de um ano e também da Copa do Mundo.

Agora, o meia está esperançoso em retornar nos próximos dias. A última vez que ele esteve em campo foi em agosto do ano passado, durante a vitória por 4 a 0 sobre o Augsburg, na Bundesliga.

“Eu sinto que estou chegando cada vez mais próximo da minha forma antiga”, disse Gündogan à Kicker. “A minha volta não está mais tão distante. Eu posso estar de volta depois dos próximos jogos das Seleções”.

Na segunda semana de outubro, os campeonatos europeus param para as Eliminatórias da Eurocopa. No dia 18, o Dortmund vai enfrentar o Colônia, na primeira partida depois da pausa. Antes, os adversários serão Anderlecht (Champions League) e Hamburgo (Bundesliga).

“Eu me senti como se eu tivesse 90 anos de idade quando me machuquei. Eu nunca considerei a opção de que poderia ter que me aposentar do futebol, mas essa foi, obviamente, a pior experiência da minha carreira”, completou o jogador.

Fonte: http://www.goal.com/

São Paulo – Brasil – 23:30

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Por Josy Galvão