Klopp diz que deixar o Dortmund é o ‘momento mais difícil’ de sua carreira

Jurgen Klopp Coletiva Borussia Dortmund 18/12/2014
Jürgen Klopp fez seu último jogo pelo Dortmund nesse sábado
A despedida de Jürgen Klopp do Borussia Dortmund não foi como ele queria, já que nesse sábado, no estádio Olímpico, em Berlim, a equipe perdeu o título da Copa da Alemanha com a derrota por 3 a 1 para o Wolfsburg. Depois da partida, o treinador disse que deixar o clube é o ‘momento mais difícil de sua carreira’.

“Este é aqui e agora meu momento mais difícil. A dor de dizer adeus é construída aos poucos e realmente machuca. Tentei demonstrar meu agradecimento a cada jogador, porque para mim foi um extraordinário prazer e uma honra enorme trabalhar com todos eles e é difícil partir”, disse Klopp, cercado por cerca de 2 mil pessoas em sua festa de despedida na Alemanha neste domingo.

Jürgen Klopp anunciou em abril que deixaria o comando do Borussia Dortmund. O treinador dirigia a equipe desde maio de 2008 e pediu à direção a rescisão de seu contrato, que iria até o 30 de junho de 2018. Com ele, o clube acabou com um jejum de nove anos sem a taça da maior disputa nacional, que conseguira pela última vez em 2001/2002.

Ao todo, foram seis conquistas: duas de Campeonato Alemão (2010/2011 e 2011/2012), uma de Copa da Alemanha (2011/2012), duas de Supercopa da Alemanha (2013 e 2014) e uma de T-Home Supercup (2008).

Em 2012/2013, Klopp conduziu o time até à decisão da UEFA Champions League, com direito a atropelo no Real Madrid na semifinal (4 a 1 na ida e derrota por 2 a 0 na volta), mas caiu na disputa pela taça para o Bayern de Munique (2 a 1).

O treinador também falou sobre a derrota em seu último jogo no clube alemão. Ele teve seu nome gritado pelos torcedores depois do apito final e disse que foi um ‘pequeno conforto’. “A decepção pela derrota é enorme, mas foi uma bela final. Foi uma coisa boa de ouvir, um pequeno conforto. Quando acontece algo assim, você precisa de um momento só seu. É vida que segue”, comentou.

Ainda sem ter seu futuro definido, o treinador tem sido especulado em clubes ingleses, mas também já foi citado como possível substituto de Roberto di Matteo no Schalke para a próxima temporada. Além disso, o presidente do Eintracht Frankfurt, Heibert Bruchhagen, já expressou publicamente a vontade de contar com Jürgen Klopp.

 

Fonte: http://espn.uol.com.br/

São Paulo – Brasil – 21:09

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: