Allianz Parque pode mudar de dono

Allianz Parque Palmeiras x Santos Brasileiro 2015
Allianz Parque pode ter novo dono
O Allianz Parque pode ter um novo dono em breve. A construtora WTorre, que é proprietária do estádio em parceria com o Palmeiras, vive crise financeira, acumula dívidas e poderia passar o comando a outra empresa após ter recebido uma oferta. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

Segundo a publicação, a companhia não consegue arcar com os fonecedores do estádio e encara pedidos de falência.

O jornal elencou os problemas causados pelo atraso nos pagamentos da Wtaorre. A JBL, encarregada pelo sistema de som, não proporciona mais o serviço, e, em um evento, foi necessário improvisar com caixas de som no campo.

A Tejofan (encarregada da retirada de entulhos) teria pedido a falência da arena por uma dívida de R$ 500 mil. A R Cevellini, do ramo de pisos e revestimos, tomou a mesma atitude e cobra mais: R$ 693 mil. À norte-americana  AEG foi pago R$ 1 milhão, mas o valor em pauta é de R$ 3 milhões.

A nova dona do Allianz Parque poderia ser justamente a AEG, que administra a arena e teria enviado uma proposta para assumir o comando. Da sua parte, a empresa arcaria com as pendências financeiras, que chegariam a R$ 80 milhões.

Procurada pela Folha, a WTorre negou ter recebido oferta pela venda da casa palmeirense e disse ter interesse em manter o negócio.

Boa parte dos seus problemas estão relacionados à Operação Lava Jato. Mesmo que não tenha sido envolvida nas investigações, a construtora tem dificuldade para conseguir financiamentos.

Ainda segundo a Folha, o Palmeiras também se prepara para realizar uma proposta, com o presidente Paulo Nobre buscando reunir investidores. De acordo com o contrato com a WTorre, o clube alviverde assumiria o controle de sua casa exclusivamente apenas em 2044.

Confira, abaixo, nota oficial da WTorre em resposta à matéria da Folha:

O Grupo WTorre esclarece que não recebeu qualquer proposta, não foi procurado e não mandatou nenhuma entidade do mercado financeiro para a venda de sua arena multiuso.
Em menos de um ano de operação, a arena recebeu mais de 1 milhão de pessoas, em shows, jogos de futebol e eventos corporativos, o que só reforça nossa convicção de que o trabalho que vem sendo desenvolvido está no caminho correto.
Em que pese um ambiente macroeconômico deteriorado, a escassez de crédito que limita o desenvolvimento e a expansão dos negócios no País, enfatizamos que não temos nenhuma intenção de nos desfazermos de um ativo no qual investimos mais do que R$ 670 milhões. Investimos tempo e investimos nossos melhores recursos humanos.
A WTorre tem total interesse no negócio e por isso permanece realizando os investimentos necessários para aprimorar continuamente o que já se mostrou ser um empreendimento vencedor e querido pela Torcida palmeirense e pelo público em geral – em que pese a indisposição que alguns membros do próprio clube nutrem em relação à nossa empresa e ao empreendimento.
Apesar de contar com poucos meses de operação, podemos afirmar que a arena é um sucesso de crítica, de público, financeiro e comercial e é natural que desperte muito interesse e atenção.

São Paulo, Agosto de 2015,

WTorre S.A.

Fonte:     http://espn.uol.com.br/

São Paulo – Brasil – 01:34

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: