Archive for setembro \30\America/Sao_Paulo 2015

Futebol Alemão – Confira as partidas da 8ª rodada da Bundesliga 2015/2016

Darmstadt 98 - zur Startseite

Temporada 2015/ 2016

8ª Rodada

Sex – 02.10.–15:30

Darmstadt 98 x Mainz 05
Sáb – 03.10.–10:30
1899 Hoffenheim x VfB Stuttgart
Hertha Berlin x Hamburgo
Hannover 96 x Werder Bremen
Ingolstadt 04 x Eintracht Frankfurt
Borussia M’Gladbach x Wolfsburg

Dom –04.10.–10:30 

Schalke 04 x 1 FC Köln

Dom –04.10.–12:30

Bayer Leverkusen x Augsburg
Bayern de Munique x Borussia Dortmund

Classificação

Pos. Clube J V E D Gols Saldo Pontos Obs.
1 Bayern de Munique 7 7 0 0     23:3 20 21 CL*
2 Borussia Dortmund 7 5 2 0     21:6 15 17 CL*
3 Schalke 04 7 5 1 1     10:5 5 16 CL*
4 Wolfsburg 7 3 3 1     10:8 2 12 CL* Qual.
5 Bayer Leverkusen 7 4 0 3     7:8 -1 12 EL* Qual.
6 Hertha Berlin 7 3 2 2     8:8 0 11 EL* Qual.
7 FC Köln 7 3 2 2     10:12 -2 11
8 Ingolstadt 04 7 3 2 2     4:6 -2 11
9 Darmstadt 98 7 2 4 1     8:9 -1 10
10 Hamburgo 7 3 1 3     8:10 -2 10
11 Eintracht Frankfurt 7 2 3 2     13:9 4 9
12 Mainz 05 7 3 0 4     9:9 0 9
13 Werder Bremen 7 2 1 4     7:12 -5 7
14 Borussia M’Gladbach 7 2 0 5     9:15 -6 6
15 1899 Hoffenheim 7 1 2 4     8:12 -4 5
16 Augsburg 7 1 1 5     7:12 -5 4 ZR
17 VfB Stuttgart 7 1 0 6     9:17 -8 3 ZR*
18 Hannover 96 7 0 2 5     6:16 -10 2 ZR*
CL – Classificados diretamente para a Champions League 2014/2015
CL* Qual. – Classificado para torneio de qualificação da Champions League 2014/2015
EL* Qual. – Classificados para Liga Europa 2014/2015
ZR – Zona de repescagem – joga com 3º colocado da 2ª divisão
ZR* – Zona de rebaixamento para a 2ª divisão

#WeAreGermany

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

São Paulo – Brasil – 23:36

Por Josy Galvão

Borussia Dortmund sem cinco titulares contra o PAOK Saloniki

Na partida contra o PAOK Saloniki pela segunda rodada da fase de grupos da Liga Europa nesta próxima quinta-feira, o Borussia Dortmund não contará com cinco titulares: Shinji Kagawa, Mats Hummels, Pierre-Emerick Aubameyang, Sokratis e Ilkay Gündogan. De acordo com o twitter oficial do clube, estes jogadores nem embarcaram para a Grécia, hoje (quarta-feira) pela manhã.

A comissão técnica Auri-negra decidiu poupar estes jogadores, visando o clássico no domingo contra o Bayern Munique. No site do Borussia Dortmund consta no comunicado oficial que “…todos estes cinco atletas tem uma coisa em comum: participaram de 15 jogos em dois meses, incluindo nesta conta apresentações pela seleção.”

O técnico Thomas Tuchel declarou que “… este desgaste precisa ser levado em consideração e foi por este motivo que não levamos estes profissionais para a Grécia. Seja como for, temos grande respeito pelo PAOK e vamos dar tudo pela vitória.”

Por Gerd Wenzel

Fonte:    http://www.bundesliga.com.br/

São Paulo – Brasil – 23:22

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Afastado, ‘craque-problema’ vai treinar no Milan e pode assinar pelo clube em janeiro

Boateng ainda não atuou nesta temporada

O elenco do Milan ganhará um novo companheiro a partir desta quinta-feira. Kevin-Prince Boateng retornará ao clube e, a princípio, só treinará, já que o mercado de transferências está fechado. Quando a janela reabrir em janeiro, o meio-campista alemão, que defende a seleção ganesa, poderá assinar pelo clube italiano.

A informação foi divulgada por Horst Heldt, diretor geral do Schalke 04, clube ao qual o jogador de 28 anos está vinculado até o meio de 2016. Boateng não atua desde maio, quando foi afastado pelo time alemão por indisciplina após derrota por 2 a 0 para o Colônia, pela antepenúltima rodada da edição de 2014-15 do Campeonato Alemão.

O problema de indisciplina não foi algo novo na carreira de Boateng. Afinal, durante a Copa do Mundo no Brasil, ele acabou expulso de sua seleção por discutir com o técnico.

No último mercado, o atleta esteve próximo de ir ao Sporting, de Portugal, mas o negócio não ocorreu. Assim, seguiu no clube de Gelsenkirchen, pelo qual apenas treinou e não jogou mais. 

O meio-campista foi afastado ao lado de Sidney Sam, que era um dos principais reforços dos Azuis Reais para a temporada passada. Em 2015-16, o atacante jogou apenas dez minutos da vitória por 3 a 0 sobre o Apoel Nicósia, pela Liga Europa.

Antes de ir para o Schalke, Boateng atuou entre 2010 e 2013 pelo Milan e ajudou o time a conquistar um título do Campeonato Italiano e um da Supercopa da Itália.

Fonte:    http://espn.uol.com.br/

São Paulo – Brasil – 23:18

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

O Bayern de Guardiola vai à Oktoberfest, com roupas típicas, mulheres e canecas cheias

O técnico Pep Guardiola, do Bayern de Munique, deve ter ficado muito satisfeito com a atuação de sua equipe na vitória por 5 a 0 sobre o Dínamo de Zagreb, da Croácia, pela segunda rodada da Liga dos Campeões. Nesta quarta-feira, um dia depois da goleada, o treinador espanhol liberou todos os atletas para curtir uma animada manhã na Oktoberfest, tradicional festival da cerveja de Munique, com direito a roupas típicas e canecas cheias.

Dirigentes do Bayern e o próprio técnico Guardiola estiveram na Oktoberfest nesta quarta. A principal equipe da Alemanha tem uma cervejaria como uma de suas patrocinadoras e costuma promover a festa, criada em 1810 e que costuma levar cerca de 6 milhões de visitantes à região da Bavária. Estrelas do Bayern como Robert Lewandowski, Mario Götze e Thomas Müller levaram suas mulheres ao festival e brindaram a boa fase da equipe com bastante cerveja.

Fotos: FC Bayern

Fonte:     http://veja.abril.com.br/

São Paulo – Brasil – 22:53

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

City vira no fim e vence a primeira na Champions

“Talvez tenhamos que deixar essa mensagem sempre pronta: Joe Hart faz defesa em finalização de Raffael. De novo”. A princípio, soa como brincadeira, mas o comentário feito pelo Borussia Mönchengladbach, através de sua conta no Twitter, reflete exatamente o que foi o confronto dos donos da casa com o Manchester City. O goleiro inglês levou a melhor sobre o brasileiro e brilhou na vitória de 2 a 1, nesta quarta-feira, pela UEFA Champions League.

Foi melhor do que a encomenda para Yaya Touré e companhia.

Hart fez aquela que deve ter sido uma das melhores atuações de sua carreira.

O camisa 1 do City pegou tudo, inclusive, pênalti, e evitou a segunda derrota consecutiva do time comandado por Manuel Pellegrini no torneio continental. Mais do que isso, um fracasso no Borussia Park poderia significar o agravamento da crise da equipe, que também entrou ladeira abaixo na Premier League após excelente arrancada.

O paredão de Manchester resistiu até os nove minutos do segundo tempo.

Em descida pela direita, Korb recuou para a entrada da área e encontrou Stindl, que pegou chute rasteiro de primeira e abriu o placar. Hart nada pôde fazer e apenas reclamou com os braços abertos.

Korb recebeu passe em posição duvidosa no início do lance.

O empate do Manchester City veio através do argentino Otamedi, que aproveitou rebote em finalização do compatriota Demichelis, após escanteio, para completar para as redes e deixar tudo igual, aos 20 minutos.

O ex-defensor do Atlético-MG se recuperou, dessa forma, de atuação desastrosa na etapa inicial.

Perdido no lado esquerdo da retaguarda do City, ele foi o responsável por cometer pênalti, aos 18 minutos do primeiro tempo, em jogadaça de Raffael, que saiu costurando a marcação e foi derrubado pela marcação. Na cobrança, o brasileiro parou em Hart.

O goleiro levou a melhor em cinco dos últimos nove pênaltis, incluindo dois pela Liga dos Campeões.

O golpe de misericórdia nos alemães foi dado nos descontos, seguinda à risca a máxima “quem não faz, leva”. Em falta cometida por Johnson sobre Aguero, o próprio atacante foi para a cobrança e virou a partida, aos 45 minutos.

Pesadelo para o Mönchengladbach, que perdeu em sua estreia para o Sevilla e vê a classificação para a próxima fase mais complicada. O time segue na lanterna, com nenhum ponto marcado. O City, por sua vez, chega a três e se recupera da derrota para a Juventus no primeiro jogo.

Fonte:    http://espn.uol.com.br/

São Paulo – Brasil – 22:53

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

“Kimmich tem tudo para se tornar um grande jogador”, exalta Guardiola

"Kimmich tem tudo para se tornar um grande jogador", exalta Guardiola

Pep Guardiola está confiante de que Joshua Kimmich terá um futuro brilhante pela frente. Após a goleada sobre o Dínamo Zagreb (5 a 0), na Champions League, o comandante do Bayern de Munique elogiou o jovem meio-campista.

“Kimmich também me impressionou. Ele apresentou uma performance incrível”, disse Guardiola aos jornalistas.

(foto: Getty Images)

“Joshua tem tudo o que um jogador precisa. Ele é muito inteligente, sempre agressivo em direção à bola, forte no ar, ele tem visão para o espaço livre, e sabe quando carregar para a frente ou para trás”, acrescentou.

“Ele é um jogador fantástico e um excelente investimento para o futuro”, concluiu.

Guardiola destacou ainda que  Kimmich deve chegar à seleção principal: “Ele é uma opção extra para o treinador Joachim Low. Com certeza vamos vê-lo na equipe da Alemanha um dia. Ele realmente tem tudo que é preciso para se tornar um grande jogador.”

Fonte:   http://www.goal.com/br

São Paulo – Brasil – 22:48

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Ronaldo iguala Raúl, faz gol de número 500, e Real Madrid derrota time sueco fora de casa

Cristiano Ronaldo comemora gol do Real Madrid contra o Malmo na Champions
Cristiano Ronaldo balnaçou as redes após assistência de Isco
Apesar da disparidade entre as duas equipes, Malmo e Real Madrid fizeram um jogo equilibrado nesta quarta-feira, na Suécia. Pesou porém, a presença de Cristiano Ronaldo, e, com dois gols do português, o time espanhol venceu por 2 a 0.

A performance fez com que Ronaldo marcasse o gol de número 500 na carreira (já tem 501) e empatasse com Raúl como o maior artilheiro da história do Real Madrid, com 323 gols. Além de uma marca pessoal histórica, o atacante ajudou o Real Madrid e manter a liderança do grupo A, com seis pontos. O PSG, que bateu o Shakhtar Donestk por 3 a 0 também nesta quarta, soma os mesmos seis pontos, mas está atrás pelo critério de saldo de gols.

XÔ JEJUM

Cristiano Ronaldo chegou para o jogo contra o Granada, há quase duas semanas, pronto para alcançar a marca de 500 gols e assumir a liderança história dos goleadores do Real Madrid. Porém, passaram-se três partidas sem que o português balançasse a rede.

O jejum, finalmente, acabou nesta quarta-feira. Mais precisamente, aos 28 minutos, quando Kovacic lançou Isco e o meia espanhol deu assistência perfeita, para deixar Ronaldo frente a frente com goleiro. Bola no fundo do gol e a marca de 500 gols na carreira eternizada para a história.

Nos acréscimos do segundo tempo, Ronaldo aproveitou cruzamento de Vásquez e mandou para o fundo do gol. Com este gol, o português ficou a um de ultrapassar Raúl como o maior goleador da história do Real Madrid. Essa marca pode ser quebrada no domingo, quando o time faz clássico contra o Atlético de Madri fora de casa.

DESFALQUES PESAM EM ATUAÇÃO SEM BRILHO

Sem Danilo, Sergio Ramos, Pepe, James Rodríguez e Bale, Rafa Benítez deixou os habituais Marcelo e Modric no banco de reservas e mandou uma escalação alternativa a campo, com Arbeloa, Nacho, Casemiro e Kovacic, quase sempre reservas, começando a partida.

Apesar de ter uma atuação segura e não dar chances para o adversário, o Real Madrid não mostrou grande repertório ofensivo e o jogo não foi brilhante do ponto de vista técnico, com poucas oportunidades de ambos os lados.

Além dos gols, o único destaque, negativo, no caso, foi a expulsão de Yotún, lateral-esquerdo ex-Vasco, aos 33 minutos do segundo tempo. 

CLÁSSICO EM PARIS

Na próxima rodada, o grande jogo do grupo A e talvez o mais esperado desta primeira fase da Champions League será realizado em Paris. O Paris Saint Germain recebe o Real Madrid no Parc dos Príncipes, dia 21/10, às 16h45.

No mesmo dia, Malmo e Shakhtar se enfrentam na Suécia em partida que vale a sobrevivência na chave, além da briga pelo terceiro lugar, que vale vaga na Liga Europa.

Fonte:    http://espn.uol.com.br/

São Paulo – Brasil – 22:44

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Manchester United vira em cima do Wolfsburg e embola o Grupo B

Depois de ser surpreendido na estreia contra o PSV, o Manchester United contou com o apoio de seu torcedor em Old Trafford para vencer de virada o Wolfsburg por 2 a 1 nesta quarta-feira, em duelo pelo grupo B da UEFA Champions League.

Foram necessários apenas quatro minutos para o primeiro gol sair. O Wolfsburg aproveitou o posicionamento ruim da defesa inglesa, fez uma bela troca de passes que resultou em Caligiuri sair na cara de De Gea. E o jogador do time alemão não desperdiçou.

O gol do Wolfsburg logo no começo foi um baque para a torcida e para o time da casa em Old Trafford.

O United foi para cima, mas encontrou dificuldade no primeiro tempo. Mesmo assim, o time inglês teve um pênalti a seu favor após Caligiuri tocar com a mão na bola.

Foi aí que a estrela de Juan Mata começou a brilhar. O espanhol converteu com perfeição a cobrança de pênalti, empatando o confronto. A virada do United teve novamente participação de Mata no lance do gol.

Aos 8 minutos do segundo tempo, Mata transformou um chutão em um belo passe de calcanhar para dentro da área, onde o zagueiro Smalling completou para o fundo das redes e marcou um bonito gol em Old Trafford.

O gol foi apenas fruto do empenho do time da casa, que terminou melhor o primeiro tempo e criou boas chances logo no início da etapa final também.

Enquanto isso, o Wolfsburg pouco conseguiu oferecer perigo a De Gea.

Com este resultado, o Manchester United vence a sua primeira partida na temporada 2015-16 da Champions League e embola o grupo B, que com a vitória do CSKA sobre o PSV por 3 a 2, todos os times estão com 3 pontos.

Os russos superaram os holandeses com um gol de Musa e dois de Doumbia logo no primeiro tempo. Na etapa final, Lestienne fez os dois gols do PSV.

Na próxima rodada, no dia 21 de outubro, o Manchester United vai até a Rússia enfrentar o CSKA Moscou.

Enquanto o Wolfsburg volta a jogar na Alemanha e recebe o PSV Eindhoven.

Fonte:    http://espn.uol.com.br/

São Paulo – Brasil – 22:23

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Lewandowski faz mais três, Bayern atropela e acaba com invencibilidade de time croata

Robert Lewandowski segue com o cheiro do gol. Nesta terça-feira, em partida válida pela segunda rodada do grupo F da UEFA Champions League, o atacante polonês balançou as redes mais três vezes e foi um dos destaques da massacrante vitória do Bayern de Munique sobre o Dínamo Zagreb, por 5 a 0.

Seria injustiça atribuir apenas ao camisa 9 os méritos de uma grande atuação do Bayern na Allianz Arena. A fragilidade do adversário, claro, também entra na balança, mas vale lembrar: o Dínamo não sabia o que era perder há 45 jogos e estreou na Champions vencendo o Arsenal na Croácia.

Acontece que Lewandowski vive momento iluminado. Desde a última terça, quando fez cinco gols no Wolfsburg, o atacante marcou dez vezes. Em apenas três jogos! Nesta terça, ele fez o segundo, o quarto e quinto gol do Bayern, sendo o último um golaço, por cobertura, após bela troca de passes.

O caminho para a goleada foi aberto pelo brasileiro Douglas Costa, aos 14 minutos de jogo. Em seguida, em menos de dez minutos, o Bayern abriu 4 a 0: aos 21, Lewandowski ampliou; aos 25, Gotze deixou o seu; e, aos 28, o polonês voltou a marcar. O quinto tento, do camisa 9, foi o único do segundo tempo.

Na outra partida deste grupo, o Olympiakos venceu o Arsenal por 3 a 2. Bayern lidera com seis pontos. Dynamo Zagreb e Olympiakos tem três e o Arsenal, pasmem, não tem nenhum.

Fonte:    http://espn.uol.com.br/

São Paulo – Brasil – 23:30

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Barcelona sofre sem Messi, mas vira em dois minutos e vence o Leverkusen

O Barcelona sofreu muito em sua segunda partida pelo grupo E da Champions League. Sofreu pela falta de intensidade no primeiro tempo, de organização no segundo e pela falta de Messi o tempo todo. Mas, com dois gols nos dez minutos finais, conseguiu vencer o Bayer Leverkusen por 2 a 1 e assumir a liderança, com 4 pontos ganhos.

O primeiro jogo do time catalão pela Liga dos Campeões no Camp Nou após o triplete era, também, o primeiro do time sem Lionel Messi, que se machucou no sábado, contra o Las Palmas, e ficará sete semanas afastado.

Ao contrário do que se imaginava, o técnico Luis Enrique não mudou o esquema tático. Ele manteve o 4-3-3, com o jovem Sandro Ramírez pela direita, ao lado de Luis Suárez e Neymar. O meio-campo era o titular, com Busquets, Iniesta e Rakitic, e na defesa, Daniel Alves voltava à lateral-direita, e Mathieu jogava pela esquerda no lugar de Jordi Alba, ainda sem condições de participar por 90 minutos.

No Bayer Leverkusen, o técnico Roger Schmidt tinha como estratégia um 4-4-2 com defensores fixos e a ideia de propor um jogo rápido, com muita pressão na saída de bola e um ritmo caótico.

Foi o que se viu nos primeiros minutos. O Leverkusen pressionava com até seis jogadores marcando no campo de ataque, e o Barcelona, perdido em seus erros de saída de bola e sem chegada ao ataque, sofria.

O gol dos alemães poderia ter saído aos 2 minutos, quando Bellarabi avançou pela direita e cruzou para o centro da área. Ter Stegen, bem colocado, fez a defesa. Ou aos 19, quando Kampl recebeu na área, enganou Mascherano com um drible de corpo e chutou para fora. 

O Barcelona, perdido em meio à intensidade do rival e sem conseguir controlar o jogo, teve boa chance com Sandro, aos 11 minutos. Após tabela com Suárez, o canário ficou na marca do pênalti e chutou para ótima defesa de Bernd Leno.

Aos 22 minutos, o Leverkusen abriu o placar. Depois de cobrança de escanteio de Calhanoglu, o grego Papadopoulos ganhou a disputa com Mathieu e aproveitou-se da saída tardia de Ter Stegen para marcar de cabeça.

O gol não diminuiu o ritmo dos alemães, que poderiam ter marcado o segundo com Bellarabi, em outra arrancada, agora pela ponta esquerda. Depois de ganhar de Piqué na corrida e deixar o zagueiro no chão com um drible, o alemão chutou forte, quase na pequena área. Ter Stegen recuperou-se da falha do gol com uma ótima defesa.

No fim da primeira etapa, o Barcelona melhorou. E o empate esteve muito próximo, em duas conclusões na mesma jogada, aos 37 minutos: um chute de Neymar, desviado em um rival tocou a trave; na sobra, Sandro concluiu, mas o zagueiro Papadopoulos deu um carrinho providencial e tirou a bola em cima da linha.

Na segunda etapa, o Barcelona voltou com mais presença no ataque, mas também falhava na hora de concluir. Sandro voltou a desperdiçar boa oportunidade e Neymar – melhor na segunda etapa, mas abaixo de seu nível habitual – também poderia ter marcado, mas falhou na pontaria.

A melhor chance, porém, foi do Bayer. Aos 3 minutos, outra vez com Bellarabi e Chicharito – da marca do pênalti, o mexicano, sozinho, chutou por sobre o gol de Ter Stegen. 

A situação do Barcelona já era complicada, mas poderia piorar. Aos 14 minutos, o capitão Andrés Iniesta sofreu uma lesão muscular na coxa direita e teve de sair do jogo, dando lugar a Jordi Alba; pouco depois, Sergi Roberto substituiu Rakitic.

As mudanças, e o cansaço do Leverkusen, levaram o Barcelona ao ataque. Ainda que de forma pouco ordenada, a equipe catalã conseguia levar mais perigo ao gol de Leno.

E, depois de muita insistência, aos 35 minutos, a defesa alemã ruiu. Após chute de Munir – substituto de Sandro -, o goleiro falhou e rebateu nos pés de Sergi Roberto, que deu um carrinho para empatar o jogo. Dois minutos depois, em outra jogada de Munir, Suárez bateu de primeira e fez o 2 a 1.

Os dois gols fizeram o time alemão baixar a guarda. Munir quase fez o terceiro aos 40, mas falhou na conclusão frente a frente com Leno.

Na outra partida deste grupo, o BATE Borisov derrotou a Roma por 3 a 2. Agora, o Barça lidera com quatro pontos, Leverkusen e BATE tem três e a Roma apenas um.

Fonte:    http://espn.uol.com.br/

São Paulo – Brasil – 23:25

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão