Archive for dezembro \31\UTC 2015

Lewandowski diz que será ainda melhor em 2016

Bayern Münchens Robert Lewandowski

Robert Lewandowski foi um dos melhores jogadores do mundo em 2015, principalmente no segundo semestre. Mas mesmo depois de fazer tantos gols, ele promete que ainda vai melhorar.

O atacante polonês tem 23 gols em 26 jogos nesta temporada, mas acredita que pode melhorar: “Com certeza essa tem sido minha melhor temporada no Bayern de Munique. Fiz muitos gols. Mas nos últimos anos eu tenho sido melhor após a parada de inverno e não vou me importar se isso acontecer de novo”, comemorou, em entrevista ao site oficial do clube alemão.

Ao fazer qualquer retrospectiva de 2015, é impossível esquecer o melhor jogo de Lewandowski nesta temporada, quando ele saiu do banco de reservas e fez 5 gols em 9 minutos, contra o Wolfsburg.

“Foi uma noite incrível para mim e para todos no Bayern. Uma noite para os livros de recordes. Mesmo quando era garoto eu nunca sonhei em fazer 5 gols em 1 jogo. E consegui em 9 minutos”, festejou.

Fonte:  http://www.goal.com/br

São Paulo – Brasil – 01:45

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Os melhores e piores do Campeonato Inglês segundo o The Telegraph, brasileiro Oscar está na lista

O brasileiro Oscar do Chelsea após patida contra o Watford no estádio Stamford Bridge, em Londres - 26/12/2015O brasileiro Oscar do Chelsea após patida contra o Watford no estádio Stamford Bridge, em Londres – 26/12/2015(Tony O’Brien/Reuters)

O meia brasileiro Oscar definitivamente não vive seu melhor momento. Depois de perder a posição de titular da seleção brasileira nas últimas partidas e de ver o Chelsea amargar sua pior campanha em várias décadas, o atleta de 24 anos foi incluído na seleção dos “piores jogadores da Liga Inglesa em 2015”, em lista elaborada pelo jornal britânico The Telegraph nesta quarta-feira.

A publicação destaca que Oscar começou o ano muito bem, marcando três gols em janeiro, mas desde então só marcou mais duas vezes. Para o jornal, ele não teve participação efetiva no título nacional no primeiro semestre e se tornou um símbolo da crise na equipe, que culminou na demissão do técnico José Mourinho. No último sábado, Oscar teve a bola do jogo diante do Watford, mas desperdiçou um pênalti ao escorregar e chutar para fora, no empate por 2 a 2, em Londres. O Chelsea é apenas o 14º colocado da liga.

Outro jogador badalado a integrar a lista é o espanhol Jesus Navas, do Manchester City, que finalizou 39 vezes na temporada e não marcou nenhum gol. O Telegraph também listou os melhores do ano, com outro brasileiro incluído: o volante Fernandinho, do Manchester City. O belga Eden Hazard, do Chelsea, integra o time – mas pelo que fez no primeiro semestre e não pela atual campanha do time.

Os piores: Artur Boruc (Bournemouth), Alan Hutton (Aston Villa), Fabricio Coloccini (Newcastle) e Federico Fernandez (Swansea), Kieran Richardson (Aston Villa), Jesus Navas (Manchester City), Gareth Barry (Everton), Jack Colback (Newcastle) Oscar (Chelsea), Fabio Borini (Sunderland) e Enner Valencia (West Ham).

Os melhores: Jack Butland (Stoke City), Nathaniel Clyne (Liverpool), Laurent Koscielny (Arsenal), Gareth McAuley (West Bromwich), Nacho Monreal (Arsenal), Mesut Özil (Arsenal), Fernandinho (Manchester City), David Silva (Manchester City), Eden Hazard (Chelsea), Jamie Vardy (Leicester) e Harry Kane (Tottenham).

Fonte:    http://veja.abril.com.br/

São Paulo – Brasil – 01:40

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Jornal alemão lista cinco motivos para a saída de Guardiola do Bayern

Guardiola ficará até o final desta temporada no Bayern (Getty Images)Guardiola ficará até o final desta temporada no Bayern (Getty Images)

O jornal alemão Bild listou cinco motivos para que Pep Guardiola decidisse deixar o Bayern de Munique ao final de seu contrato com o clube, em junho de 2016. De acordo com o periódico, alguns conflitos entre o treinador e a diretoria do time bávaro, especialmente em relação a contratações, foram fundamentais para o rompimento do técnico com a agremiação.

O principal desentendimento entre Guardiola e a diretoria do Bayern de Munique teve Neymar envolvido. O comandante da equipe pediu a contratação do jogador brasileiro, porém os dirigentes alemães preferiram trazer Mario Götze, então destaque do Borussia Dortmund. O Bild sustenta que a relação do técnico com o atleta não era das melhores.

Outro nome pedido por Guardiola foi Luis Suárez. No entanto, a diretoria bávara novamente não atendeu ao pedido do treinador e trouxe Mandzukic ao invés do atacante uruguaio. A exemplo de Götze, o técnico catalão também não teve bom relacionamento com o jogador croata.

Em outro episódio, Pep Guardiola queria a permanência de Toni Kroos, entretanto o Bayern de Munique vendeu-o para o Real Madrid, trazendo Xabi Alonso para ocupar seu lugar. A contratação de Vidal foi classificada pelo Bild como o último caso de atrito entre o técnico e os dirigentes bávaros. Segundo a publicação, Guardiola queria um lateral direito para equipe, a fim de consolidar a passagem de Lahm para o meio de campo. O Bayern, por sua vez, contratou o volante chileno, acabando com os planos do treinador.

Tais acontecimentos deixaram Guardiola insatisfeito, fazendo-o tomar a decisão de deixar o clube ao final do vínculo. O ex-jogador está cogitado para comandar um clube da Inglaterra. Manchester United, Manchester City e Chelsea aparecem como os prováveis destinos. Seu lugar no time bávaro será ocupado por Carlo Ancelotti.

Fonte:    http://www.foxsports.com.br/

São Paulo – Brasil – 01:31

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Thomas Schaaf é o novo treinador do Hannover

Thomas Schaaf é anunciado como novo treinador do Hannover

Foto: Oliver Hardt/Getty Images

Na última segunda-feira (28), o Hannover anunciou o seu novo treinador para a segunda parte da temporada 2015/2016. Thomas Schaaf de 54 anos, que estava sem clube desde que saiu do Eintracht Frankfurt no final da temporada passada e vem para substituir Michael Frontzeck, que pediu demissão. O contrato vai até a metade de 2017. Schaaf comandou o Werder Bremen por 14 anos e conquistou a Salva de Prata na temporada 2003/04, ele também atuou no Bremen como jogador.

O novo comandante terá a missão de tirar o Hannover da zona de rebaixamento. A equipe encerrou o primeiro turno na penúltima colocação, com 14 pontos e vem fazendo uma campanha muito fraca, com quatro vitórias, dois empates e onze derrotas. A equipe do norte da Alemanha brigou na temporada passada contra o descenso e se salvou na ultima rodada.

Schaaf falou da expectativa de comandar a equipe e o grande desafio que virá: “Teremos um grande trabalho pela frente, a equipe está em situação complicada na tabela, mas temos condições de sair da zona de incômodo. Será um desafio grande que vou encarar, espero mostrar o melhor ao meu novo time e que consigamos melhorar no segundo turno”.

“O desafio é grande, sei como é jogar a Bundesliga é um campeonato bem disputado e cada descuido é fatal, precisamos fazer uma campanha melhor no segundo turno. Na próxima semana irei conhecer o elenco na reapresentação do time e ver o que será preciso, se vai ser necessário contratar jogadores ou não, para darmos continuidade”.

A equipe volta aos treinamentos na próxima segunda-feira, 4/1, e fará sua preparação na cidade de Belek na Turquia, com uma série de amistosos, antes da retomada da Bundesliga que voltará no final do mês. Os vermelhos enfrentam em casa a equipe do Darmstadt no dia 23/1.

Fonte: http://www.vavel.com/br

São Paulo – Brasil – 01:13

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Jonas Hofmann, de Borussia para Borussia

 

Jonas Hofmann sai de um Borussia (o de Dortmund) para jogar no outro (o de Mönchengladbach) imediatamente. A comunicação conjunta foi feita nesta terça-feira. O meio campista de 23 anos assinou um contrato com os “Potros” até 2020 e sua aquisição custou oito milhões de euros (aproximadamente R$ 36 milhões) ao Gladbach.

O diretor de esportes Max Eberl ressaltou que Hofmann é um investimento também para o futuro: “Jonas vai nos ajudar a compensar nosso autuais problemas por conta de algumas contusões especialmente como ala no setor ofensivo, mas representa também o primeiro passo para uma melhoria na qualidade do nosso elenco a longo prazo.”

Hofmann, por sua vez, declarou que “…tive uma passagem inesquecível no clube Auri-negro e quero agradecer aos meus colegas, à comissão técnica e à esta incrível torcida pelo apoio que tive durante todo este tempo.”

O jovem meio campista vai se reencontrar com seu ex-clube logo na primeira rodada do returno quando os “Potros” receberem os “Auri-negros” no dia 23 de janeiro no Borussia Park.

Michael Zorc, diretor de esportes do Dortmund, desejou “tudo de bom para o futuro esportivo de Jonas”, porém ressaltou que ele não precisa começar necessariamente logo no primeiro confronto contra seu ex-clube.

Por Gerd Wenzel

Fonte:   http://www.bundesliga.com.br/

São Paulo – Brasil – 01:22

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa é eleito o jogador mais odiado do mundo

O atacante Diego Costa do Chelsea se envolve confusão com Gabriel Paulista do Arsenal durante partida do Campeonato Inglês
Diego Costa se envolve em confusão com Gabriel Paulista, do Arsenal, durante partida do Campeonato Inglês(Ross Kinnaird/Getty Images)

 

O jornal esportivo francês L’Équipe deixou para trás o espírito natalino e publicou nesta segunda-feira uma lista nada prestigiosa do futebol mundial. Foram apontados os atletas mais odiados, os mais arrogantes e os maiores “atores” – como são chamados os atletas que simulam faltas. Um atleta nascido no Brasil ganhou destaque na lista: Diego Costa, atacante naturalizado espanhol do Chelsea, eleito o mais odiado do mundo.

O jogador sergipano, que se envolveu em uma série de confusões na liga inglesa nesta temporada, foi descrito pelo L’Équipe como “provocador, agressivo, violento e desagradável”, entre outros adjetivos. Na lista dos jogadores mais arrogantes, o jornal destacou dois dos melhores atacantes da atualidade: o campeão Zlatan Ibrahimovic, do Paris Saint-Germain, e o português Cristiano Ronaldo, do Real Madrid. O francês Samir Nasri, do Manchester City, que se recusou a defender a seleção francesa por problemas com o técnico Didier Deschamps, também foi lembrado. 

Entre os mais violentos, o campeão foi o holandês Nigel de Jong, autor de uma voadora cinematográfica na final da Copa de 2010 diante da Espanha, à frente do brasileiro Brandão e do bósnio Emir Spahic. Entre os atletas que mais simulam faltas e lesões, foram lembrados o espanhol Sergio Busquets, do Barcelona, o holandês Arjen Robben, do Bayern de Munique, e o francês Mathieu Valbuena, do Lyon. O diário ainda fez uma menção honrosa ao inglês John Terry, ao dinamarquês Nicklas Bendtner e ao italiano Mario Balotelli entre os atletas mais controversos do esporte.

Artigo do jornal francês L'Équipe com os atletas mais odiados, arrogantes, violentos e atores do futebol mundial
Artigo do jornal francês L’Équipe com os atletas mais odiados, arrogantes, violentos e atores do futebol mundial(VEJA.com/Reprodução)

Fonte:  http://www.goal.com/br

São Paulo – Brasil – 01:10

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Robben detona: “2015 tem sido uma m… para mim”

Robben detona: "2015 tem sido uma m... para mim"

Arjen Robben mostrou muita sinceridade em entrevista ao canal holandês “Nos”. O jogador do Bayern de Munique reclamou das lesões que sofreu neste ano de forma bastante clara.

“Estou feliz porque 2015 está terminando. Tem sido um ano de m… para mim. Me lesionei em março e desde então nunca voltei a me sentir bem”, lamentou.

Mas agora Robben está otimista: “por sorte tudo já passou e agora estarei pronto para quando o Campeonato Alemão voltar, depois da parada de inverno”, prometeu.

Robben também comentou sobre a saída de Guardiola do Bayern no final da temporada: “é uma verdadeira lástima. Estou um pouco decepcionado. Agora vamos começar tudo de novo, como cada vez que um novo treinador chega”.

O holandês só não quis comentar sobre Carlos Ancelotti, que será técnico do Bayern a partir da metade do ano que vem: “ainda é cedo para ele. Estamos na metade da temporada e ainda falta muito para ganharmos”.

Fonte:  http://www.goal.com/br

São Paulo – Brasil – 00:53

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão