Archive for julho \31\UTC 2016

Rummenigge e Ancelotti repreendem Ribéry por críticas a Pep Guardiola

Ribéry e Felipe Melo no Bayern de Munique x Internazionale (Foto: Brian Westerholt/AP Images for International Champions Cup)Ribéry e Felipe Melo no Bayern x Internazionale (Foto: Brian Westerholt/AP)

O diretor executivo e o técnico do Bayern de Munique, Karl-Heinz Rummenigge e Carlo Ancelotti, repreenderam o atacante francês Ribéry pelas críticas a Pep Guardiola, assim como pelo comportamento impulsivo em campo, informou neste domingo a imprensa alemã. Após o amistoso realizado no sábado na cidade norte-americana de Charlotte, onde o time derrotou o Internazionale por 4 a 1, o dirigente afirmou não gostar que o jogador ajuste as contas publicamente com seu ex-técnico, hoje no Manchester City.

– Acho que não há motivo para querer atacar Guardiola após sua saída. Ganhamos muito com ele e tiramos muito proveito dele. Querer se vingar a posteriori é inútil – disse Rummenigge à emissora pública alemã BR.

Ribery aproveitou o giro de amistosos pelos Estados Unidos do Bayern de Munique para criticar o técnico catalão, com quem manteve relação distante nos últimos três anos. O atacante criticou a “falta de experiência” de Guardiola como técnico, acusando Pep de “falar demais” antes dos jogos e de se distanciar dos jogadores. O francês afirmou que sua situação com Ancelotti, pelo contrário, é ótima e que se sente “livre” desde a chegada do italiano.

Contudo, o ex-técnico do Real Madrid já mostrou que o francês não receberá tratamento favorável na equipe. No amistoso em Charlotte, Ancelotti pediu calma no primeiro tempo a Ribery, depois que o francês se desentendeu com o volante brasileiro Felipe Melo, do Internazionale.

– Não gosto de jogadores que se comportam desta maneira. Falei que seria melhor para ele se parasse com isso. Eu o escolhi como capitão da equipe hoje. Isso não é aceitável – concluiu o técnico italiano.

Fonte:    http://globoesporte.globo.com/

São Paulo – Brasil – 19:27

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Anúncios

Schalke 04 oficializa chegada de Coke

Schalke 04 oficializa chegada de Coke

Neste domingo (31) o Schalke 04 confirmou a contratação de Coke, que atuava no Sevilla desde 2011. Agora, o jogador precisa apenas realizar os habituais exames médicos, para que já treine com o plantel nesta segunda-feira (1).

O defesa de 29 anos chega ao futebol alemão depois de cinco anos a serviço do Sevilla,  os valores da transferências não foram divulgados. No entanto, segundo informações da Goal, o Schalke teria desembolsado cerca de 4,5 milhões de euros por um contrato de três temporadas.

 

Fonte:    http://www.goal.com/br

São Paulo – Brasil – 19:20

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Ibrahimovic marca golaço em estreia pelo Manchester

O sueco Zlatan Ibrahimovic estreou neste sábado pelo Manchester United

O sueco Zlatan Ibrahimovic estreou neste sábado pelo Manchester United (Matthew Ashton – AMA/Getty Images)

A esperada estreia do atacante Zlatan Ibrahimovic pelo Manchester United aconteceu do jeito que os torcedores do time inglês imaginavam, com direito a golaço do craque e uma goleada sobre o adversário. Neste sábado, o centroavante sueco marcou de voleio na vitória em cima do Galatasaray por 5 a 2 no estádio Nya Ullevi, em Gotemburgo, na Suécia.

Os torcedores que lotaram as arquibancadas nem tiveram que esperar para ver o astro em ação. Ibrahimovic abriu o marcador logo aos quatro minutos do primeiro tempo. Após cruzamento da direita de Antonio Valencia, o atacante acertou belo voleio sem chances para o goleiro uruguaio Muslera.

Wayne Rooney ainda marcou duas vezes, Marouane Fellaini e Juan Mata garantiram a goleada. Sinan Gumus e Bruma diminuíram para os turcos. O Manchester United fará mais um amistoso, contra o Everton, na próxima quarta-feira, em Old Trafford. A primeira partida oficial na temporada será dia 7 de agosto, no Wembley, contra o Leicester, pelo Community Shield, que reúne o campeão da Copa da Inglaterra com o vencedor do Campeonato Inglês.

 

Fonte:    http://veja.abril.com.br/

São Paulo – Brasil – 19:14

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Músicas que são alemãs e você nem sabia

Você já reparou que existe muito mais da Alemanha no nosso dia-a-dia do que percebemos? Por exemplo, essas músicas típicas da cultura urbana brazuca são um ótimo exemplo. Quer ver?

Olha, todos exemplos aqui são apenas links externos para vídeos de YouTube. Se você notar que algum link quebrou, deixe um recado nos comentários, tudo bem?

Chega de enrolação, vamos direto ao que interessa: a música!

Tã-tã-tã-tããããã

Outro dia, eu conversava descontraidamente com uma senhorinha atendente do supermercado enquanto ela passava as compras.

Enquanto passava os produtos, ela me contava um causo qualquer que tinha acontecido com ela naqueles dias. Lá pelas tantas, para tentar criar um suspense, ela fez uma pausa microscópica na fala e soltou um »tã-tã-tã-tããã!«.

Depois que paguei as compras e fui embora, fiquei me perguntando se a atendente de supermercado do meu bairro sabia que estava citando a 5ª Sinfônia de Beethoven…

Ou vai ver que ela estivesse citando a trilha sonora da propaganda política do  PRONA – partido falecido nos inícios dos anos 2000. Não. Ninguém faria isso em sã consciência.

Baile dos passarinhos

Se você conhece essa musiquinha pelo Balão Mágico, Gugu ou Patati Patata, não importa. O que importa é que, se você cresceu no Brasil, tem uma chance enorme de dar uma risadinha de canto de boca quando ouvir as primeiras notas dessa música.

O título da canção original é Ententanz que, ao pé da letra, significa »dança dos patos«.

A melodia foi composta por Werner Thomas enquanto estava praticando o acordeão – pelo menos é o que dizem as lendas. Bom, para ser rigoroso, Thomas vem da Suíça germânica – mas isso é só um detalhe né!

Dá uma olhada nessa bandinha militar tocando na rua e a dancinha das crianças:

Ou se preferir, confere o que esse professor ~inspirado~ fez com a turma dele em sala de aula:

Bateu a curiosidade de saber o que eles cantam na segunda parte da musiquinha? Bem, fiz questão de copiar para ti a transcrição desse pedaço – é algo assim:

Ja, wenn wir alle Englein wären,
dann wär die Welt nur halb so schön.
Wenn wir nur auf die Tugend schwören,
dann könnten wir doch gleich schlafen gehn.

Traduzindo meio ao pé da letra, fica assim:

Se todos nós fôssemos anjinhos
Então o mundo seria apenas meio bonito
Se nós jurássemos pela virtude
Aí então poderíamos ir dormir já-já

Jingle Brahma Chopp (1991)

Nem todo mundo vai lembrar disso, mas a Brahma lançou em 1991 uma campanha publicitária com um jingle digno de TroféuOhrworm™. Mesmo quem não bebia cerveja nessa época provavelmente vai conseguir rememorar na mesma hora em que ouvir o ritmo.

[O jingle mesmo vai apenas até 0:35. O resto pode ser dispensado!]

Para ter uma noção do que era o Brasil nesses começos de anos 90, rolou até uma versão »chique« do jingle com interpretação de João Gilberto e acompanhamento orquestral.

Pois é – e pensar que as pessoas são capazes sim de vender cerveja sem usar bundas femininas de fora [olha só, que revelação!]

A melodia original vem de uma canção chamada Liechtensteiner Polka, composta por um acordeonista alemão chamado Will Glahé.

Bem, não precisa nem dizer que a música se espalhou por todos os lugares do mundo onde houvesse cerveja e mais de duas pessoas alegrinhas.

Não está acreditando?

Então ouça só essa gravação original:

Can can

Sim, essa mesma que você começou a cantar mentalmente assim que leu esse título.

Você diria assim, direto e de cabeça, que essa música é alemã? Mesmo?

A maioria das pessoas tende a achar que ela é espanhola, mas, na verdade, é um trechinho de uma peça composta por Jacques Offenbach intitulada Orphée aux enfers [Orfeu nos infernos].

Apesar de ter passado a maior parte da sua vida na França, a cidade de origem de Offenbach é Köln – sim, lá mesmo onde tem a catedral e o carnaval mais maneiro da Alemanha.

Quem olha os figurinos e as coreografias nem imagina que essa música saiu das mãos de um alemão!

Marcha nupcial

A não ser que os noivos sejam daqueles moderninhos que casam em chácara ou em um bar, você tem 135% de chances de ouvir a marcha nupcial do Mendelssohn em uma cerimônia de casamento.

Mas nem precisa ir para uma igreja para ouvir esse clássico. Qualquer pessoa que já assistiu um único último capítulo de novela conhece essa música

Sim, todo mundo já está enjoado, mas pelo menos agora você pode comentar com a pessoa entediada do seu lado que é uma composição alemã também!

Olha, se eu fosse você, daria mais uma chance e ouviria com atenção essa gravação com a Filarmônica de Berlim. É curioso como, às vezes, a gente deixa de ver a beleza das coisas só porque elas se repetem à exaustão:

Com quem será?

Um clássico de festinhas de aniversário brasileiras – especialmente se o aniversariante está naquela fase problemática entre a infância e a adolescência em que “estar namorandinho” é uma vergonha pública.

Bom, às vezes essa fase acaba durando um pouco mais para certas pessoas, é verdade…

O que quase ninguém lembra é que a melodia do constrangedor »Com quem será« é também uma marcha nupcial do Lohengrinn, de Richard Wagner.

Um dos maiores nomes do romantismo alemão mal poderia desconfiar que ia virar hino de aniversário no único país da América do Sul onde o »Parabéns a você« tem quatro versos totalmente diferentes.

Se você quiser fazer graça na próxima festinha e bancar o sabidão, pode cantar em alemão. Aqui está a letra [mas só do pedacinho em questão, é claro!]

Treulich geführt
ziehet dahin,
wo euch der Segen
der Liebe bewahr’!

Em uma tradução aproximada, a letra diz mais ou menos o seguinte:

Fielmente conduzida
Caminha até ali
Onde a benção do amor
vos protege

Que dramático, né? Bem, o casamento de Elsa e Lohengrinn jamais poderia ser tão divertido quanto delatar para todo mundo quem é o parzinho/a parzinha da pessoa no centro das atenções.

Da da da

Mais uma vez a publicidade recicla músicas gringas que nem todo mundo conhece. Dessa vez, foi a Vivo que lançou em 2014 esse jingle para anunciar os benefícios da qualidade do sinal da conexão 4G.

Não sei se corresponde à qualidade do produto de fato, mas é um fato que a ambiguidade do verbo »pegar« foi uma sacada inteligente:

O que a Vivo e a agência nunca iriam te contar é que essa música é de uma banda alemã da década de 1980 chamada Trio. É verdade que o Trio não é lá a coisa mais underground do mundo, mas, para quem não alcançou essa fase, o nome pode soar totalmente desconhecido.

ch lieb dich nicht
du liebst mich nicht (4x)
Da da da

Pôneis malditos

Ainda no embalo dos anúncios, a campanha da Nissan »Pôneis Malditos« de 2012 também ~se inspirou~ em Wagner para vender a força de tração de carros.

Depois do alvorço causado pelo lançamento da campanha, os vídeos sequenciais da campanha parodiaram a abertura de Die Walküre [A Valquíria] do ciclo do Der Ring des Nibelungen [O anel de Nibelungo] de Richard Wagner.

Se você não se lembra do comercial de cabeça, vamos refrescar tua memória:

A obra original é um belo exemplo do estilo épico e sempre algo exagerado de Wagner. Para você, eu pincei esse arranjo feito pela Orquestra de Sopros de Novo Hamburgo. A instrumentação é diferente do original (obviamente), mas vale bastante a pena conhecer o bom trabalho deles:

Musiquinha do gás

Sem sombra de dúvida, um dos casos mais enigmáticos de publicidade erudita-folclórica.

Quem cresceu em São Paulo (capital e arredores) nas décadas de 1980 e 1990, com certeza conhece a famosa »musiquinha do gás«. É engraçado pensar que o caminho de gás que passava circulando as ruas dos bairros mais suburbanos tocava uma peça de Beethoven –Für Elise.

O caso é bem conhecido do folclore paulistano  – como se pode ver em qualquer cantinho mais informal da Internet – e já até virou tema de humor como nessa música de Wisnik e Tatit:

Quem já teve a experiência de ouvir ao longe a tal »musiquinha do gás«, vai reconhecer a cena imediatamente:

Por Elisa
Ficou tudo tão fugaz
Nunca mais eu tive paz
Nem precisa, tanto faz
Só o que me sensibiliza
É estar vivendo para Elisa
Mas Elisa agora está em todo lugar
Ouço ao longe o seu cantar
E vou correndo encontrar
Nunca está onde eu ouvi
Sempre ?passou por aqui
Foi por lá, foi por ali?

O fato é que, até onde pude pesquisar, não existem vídeos apenas do caminhão tocando a famosa »musiquinha do gás«. Se alguém aí encontrar, faz favor de compartilhar com o mundo ali nos comentários!

Canção de ninar

Mentalize a primeira melodia que te veio à mente quando leu esse título.

Pois é. Ela já é tão famosa que a gente nem sabe o nome dela – bem, eu pelo menos não conheço um nome popular, ao contrário do que acontece com »Cai, cai balão«, »Boi da cara preta« e similares.

Quase todo mundo reconhece essa melodia, mas quase ninguém sabe que está escutando o Opus 49 nº 4 de Johannes Brahms, um compositor alemão do final do século XIX.

Agora confira essa execução com violoncelo e piano e pensa comigo: não é impressionante como há tanta beleza escondida em coisas banais?

O leitor Leandro Ristow conseguiu resgatar a letra da composição original e mandou para nós nos comentários. Por isso, decidi inclui-la aqui para vocês tentarem cantar mentalmente!

Text: Des Knaben Wunderhorn, 1808 (1. Strophe), Georg Scherer 1824-1909 (2. Strophe)

1. Strophe
Guten Abend, gut Nacht,
mit Rosen bedacht,
mit Näglein besteckt,
schlupf unter die Deck:
Morgen früh, wenn Gott will,
wirst du wieder geweckt,
morgen früh, wenn Gott will,
wirst du wieder geweckt.

2. Strophe
Guten Abend, gut Nacht,
von Englein bewacht,
sie zeigen im Traum
dir Christkindleins Baum.
Schlaf nun selig und süß,
schau im Traum’s Paradies.

Publicado Por:    http://www.germanofonia.com/

São Paulo – Brasil – 19:06

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

 

Bayern atropela Inter de Milão em amistoso

Green Comemora Gol Bayern Inter de Milão Amistoso 30/07/2016
Julian Green comemora após marcar para o Bayern contra a Inter de Milão
Com uma grande atuação do jovem atacante americano Julian Green, de 21 anos e autor de três gols na partida, o Bayern de Munique atropelou a Inter de Milão por 4 a 1, neste sábado, em amistoso válido pelo torneio de pré-temporada International Champions Cup, mesmo jogando em ritmo de treino na cidade de Charlotte, nos EUA.

O domínio do time comandado por Carlo Ancelotti foi tão grande que o resultado foi construído em apenas 35 minutos no primeiro tempo, com os alemães fazendo jogadas espetaculares e os comandados de Roberto Mancini, que contaram com o volante Felipe Melo como titular no meio de campo, apenas assistindo, impassíveis.

O primeiro tento de Green, que foi disputado ainda jovem pelas seleções de Estados Unidos (de onde é seu pai) e Alemanha (onde sua mãe nasceu), mas escolheu defender o US Team, saiu logo aos 7 minutos, Alaba cruzou da esquerda, ele antecipou a zaga e anotou.

Cinco minutos depois, Benko fez ótima jogada pela direita, deixou a marcação na saudades com um drible espetacular e cruzou rasteiro para Ribéry, completamente livre na área, só completar para as redes.

Green, mais jovem autor de um gol para o time norte-americano em Copas do Mundo (contra a Bélgica, nas oitavas do Mundial de 2014), continuou seu show e ainda marcou mais duas vezes, uma com assistência de Ribéry e outra em ótima jogada do lateral brasileiro Rafinha.

No segundo tempo, os treinadores rodaram seus elencos e o ritmo do duelo caiu. Nos últimos minutos, Icardi recebeu enfiada de bola e tocou na saída do goleiro Starke para diminuir a humilhação para os italianos, mas já era tarde para qualquer reação.

Ribery Bayern Felipe Melo Inter de Milão Amistoso 30/07/2016
Ribéry é derrubado por Felipe Melo durante a partida – CLAUDIO VILLA/GETTY IMAGES

Destaque também para a atuação do meia Thiago Alcântara, que impressionou com belos lançamentos e jogadas de efeito, além do francês Ribéry, que também foi bem.

O Bayern volta a campo na próxima quarta-feira, contra o Real Madrid, às 20h35 (horário de Brasília), novamente pela International Champions Cup. Dois dias depois, a Inter de Milão encara o Tottenham, às 12h, também pelo torneio amistoso.

 

Fonte:     http://espn.uol.com.br/

São Paulo – Brasil –00:14

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Brasil vence Japão com tranquilidade em teste para as Olimpíadas

Partida entre Brasil e Japão

Neymar será o capitão da seleção brasileira nas Olimpíadas do Rio de Janeiro (Koji Watanabe/Getty Images)

A Seleção Brasileira não teve dificuldades em seu último teste para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Na tarde deste sábado, no Serra Dourada, em Goiânia, a equipe comandada por Rogério Micale derrotou o Japão por 2 a 0, com gols do atacante Gabriel e do zagueiro Marquinhos no primeiro tempo.

Apenas a etapa inicial foi empolgante para os torcedores que acompanharam o amistoso, já que a segunda serviu para Micale promover uma série de testes em sua formação. Muito mudado, assim como a frágil equipe japonesa, o Brasil preferiu valorizar a posse de bola e tornou-se menos criativo.

Nas Olimpíadas, a estreia do Brasil será contra a África do Sul, às 16 horas de quinta-feira, no Mané Garrincha, em Brasília. Os outros adversários do grupo A são Iraque e Dinamarca, que farão o jogo preliminar.

Já o Japão está no grupo B do torneio de futebol dos Jogos e enfrentará a Nigéria também na quinta-feira, às 22 horas, na Arena da Amazônia, em Manaus. Mais cedo, Suécia e Colômbia jogarão na capital amazonense.

O jogo – Em seu primeiro teste após a convocação para as Olimpíadas, a Seleção Brasileira evitou acelerar a partida nos primeiros minutos. O objetivo era estudar o Japão, com constante troca de passes e bastante movimentação do trio ofensivo formado por Gabriel, Gabriel Jesus e Neymar.

Não demorou para o Brasil perceber que o adversário não ofereceria grandes riscos. A partir dos 15 minutos, o time de Rogério Micale passou a rondar a área asiática, criando oportunidades de gol em sequência. Felipe Anderson, Neymar e Gabriel Jesus foram alguns dos que testaram o goleiro Nakamura.

Aos 32 minutos, o Brasil abriu o placar. Gabriel fez bela jogada individual ao arrancar pela intermediária, passar entre dois marcadores e chutar. A bola desviou na defesa japonesa e parou na rede.

Com o jogo sob controle e a torcida em festa no Serra Dourada, o Brasil começou a ser mais incisivo em suas investidas. Thiago Maia acertou o travessão em um chute de longa distância. Neymar fez o mesmo em uma cobrança de falta.

Aos 40, veio o segundo gol. Neymar bateu escanteio para a área japonesa e Marquinhos subiu muito para cabecear a bola para dentro e ampliar o marcador. A vantagem deu tamanha tranquilidade ao Brasil que os atletas começaram a exagerar nas firulas até o final do primeiro tempo.

No segundo, Rogério Micale apostou nas entradas de Luan e Renato Augusto nos lugares de Rafinha e Felipe Anderson.

Mudado, o Brasil diminuiu bastante o ritmo, embora tivesse uma melhor saída de jogo com Renato Augusto no meio-campo. Micale, no entanto, estava mais interessado em promover testes. Mandou a campo William, Luan Garcia, Rodrigo Dourado e Walace nas vagas de Zeca, Rodrigo Caio, Thiago Maia e Gabriel.

O Brasil ficou desorganizado e sofreu com a falta de entrosamento no restante da etapa complementar. Incomodado com a falta de criatividade da equipe, Neymar recuou demais e ficou fora de seu posicionamento.

Fonte:    http://veja.abril.com.br/

São Paulo – Brasil – 00:07

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Os atrativos do estado de Hessen

Bildergalerie - Zehn Gründe für Hessen

O melhor do enxaimel

Ainda existem 400 mil casas em estilo enxaimel em Hessen. Há muito empenho para mantê-las. As fachadas refletem o talento dos artesãos medievais em fazer construções sustentáveis com madeira e barro. Em algumas casas em enxaimel, como a Gildenhaus na praça central de Fritzlar, os turistas podem até pernoitar.

Bildergalerie - Zehn Gründe für Hessen

Rota dos contos dos irmãos Grimm

Jacob e Wilhelm Grimm são conhecidos em todo o mundo pelos seus 86 contos, entre eles “Chapeuzinho Vermelho” e “A Bela Adormecida”. Eles nasceram em Hanau e estudaram em Marburg. Na cidade de Kassel, eles estabeleceram as bases da germanística, ao começar as compilações da gramática e de um dicionário alemães.

Bildergalerie - Zehn Gründe für Hessen

Paisagens para admirar

No parque natural Kellerwald-Edersee fica uma das maiores represas da Alemanha. Seu lago, o Edersee, tem 27 quilômetros de extensão. No sul de Hessen, fica a serra com floresta Odenwald. No oeste, a cordilheira do Taunus, e, no leste, o sistema de montanhas Rhön, com a montanha mais alta do estado: a Wasserkuppe, que tem 950 metros de altitude.

Bildergalerie - Zehn Gründe für Hessen

Arte para todos

A Documenta, a mais importante exposição de arte contemporânea do mundo, acontece a cada cinco anos em Kassel. Em cada edição, a cidade adquire algumas das obras expostas, como esta escultura de bronze com um bloco de granito. A árvore artificial de Giuseppe Penone fica no Karlsaue, um dos mais belos parques urbanos da Alemanha.

Bildergalerie - Zehn Gründe für Hessen

Parque de montanha Wilhelmshöhe

O declive natural faz correr a água no parque de montanha Wilhelmshöhe de Kassel, que em 2013 se tornou Patrimônio Mundial da Unesco. A atração turística reúne paisagismo e arquitetura de diferentes épocas em mais de dois quilômetros quadrados. O parque concebido no século 18 é conhecido principalmente por suas fontes de água. O complexo sistema hidráulico alimenta fontes, cascatas e um lago.

Bildergalerie - Zehn Gründe für Hessen

Palco em ruínas

A abadia de Bad Hersfeld é a maior ruína de igreja românica do mundo. A cada verão europeu, ela é palco de um festival. O arquiteto Frei Otto, que projetou o telhado do estádio olímpico de Munique, criou um teto móvel para as ruínas. Ele pode ser aberto em poucos minutos, para proteger até 1.600 pessoas da chuva.

Bildergalerie - Zehn Gründe für Hessen

Casamento Art Nouveau

Na colina Mathildenhöhe, em Darmstadt, fica o prédio chamado Hochzeitsturm (torre do casamento), que aponta como uma mão para o céu. Em 1900, criou-se aqui uma colônia de artistas que tornou conhecido no país o estilo Jugendstil, o Art Nouveau alemão. O marco da cidade de Darmstadt é dedicado ao mecenas e grão-duque Ernst Ludwig de Hessen. Aqui acontecem 500 cerimônias de casamento por ano.

Bildergalerie - Zehn Gründe für Hessen

Bem-estar com estilo

Desde o século 19, Wiesbaden, a capital de Hessen, é famosa pelas suas fontes de águas termais e minerais. Antigamente, foram acima de tudo nobres russos que aproveitaram o centro termal com a mais longa colunata da Europa. Uma testemunha desses tempos é a igreja russa no monte Neroberg, em Wiesbaden.

Bildergalerie - Zehn Gründe für Hessen

Acervo digitalizado

O Museu Städel, de Frankfurt, celebrou ano passado seus 200 anos. Para marcar o evento, disponibilizou um acervo digital com 700 obras. Entre elas, o quadro “Goethe na campanha romana”.

Bildergalerie - Zehn Gründe für Hessen

Panorâmica de Frankfurt

Frankfurt, o centro financeiro da Alemanha, é a maior cidade de Hessen. Mais de 500 prédios têm mais de 60 metros de altura, algo raro na Alemanha. Fora do centro, no leste da cidade, fica o edifício do Banco Central Europeu, com 185 metros de altura. Alguns o consideram um monolito. Para outros, é um elemento imprescindível na vista panorâmica de Frankfurt.

Fonte:    http://www.dw.com/

São Paulo – Brasil – 23:31

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão