Lahm: Como formar grandes esportistas

Em sua nova coluna na Goal, campeão mundial e ídolo do Bayern de Munique fala da importância de se oferecer uma boa estrutura aos jovens.

Lahm, colunista da Goal!

O futebol está gerando bilhões através do dinheiro da TV e de patrocinadores, mas muitas associações de esporte e clubes têm de lutar para ter os recursos que garantem as necessidades básicas de seus jovens talentos.

Quero fazer minha contribuição para mudar isso, pois conheço a importância de ter o suporte necessário e bons exemplos.

Quando cheguei ao Bayern de Munique e visitei o famoso Säbener Straße (centro esportivo do clube) pela primeira vez, fiquei impressionado com o tamanho do campo de treinamento, com os campos, pela famosa camisa e, é claro, por ficar tão perto dos profissionais. Eu poderia treinar logo ao lado dos jogadores aos quais eu assistia nos jogos em todos os finais de semana. Tinha o mesmo emblema no meu peito e chutava a mesma bola.

Cheguei perto do sonho que eu dividia com provavelmente a maioria dos garotos da região de Munique – uma carreira no grande Bayern. Comecei a subir os pequenos degraus para fazer deste sonho uma realidade, jogando pelo Sub-15, Sub-17 e Sub-19. Pude notar uma maior atenção na escola, por exemplo. Isso aumentou a minha motivação e me ajudou a permanecer focado durante períodos difíceis.

O esporte competitivo exige muito de você, e não só fisicamente. Se você quiser chegar ao topo, você precisa de assertividade, resistência e disciplina. Isso nem sempre é fácil numa idade entre 12 e 17 anos. E é este o motivo que faz necessário o suporte de sua família e amigos, mas principalmente dos clubes ou associações, e foi isso que eu pude vivenciar no Bayern de 1995 a 2004.

A frequência de treinos crescia constantemente. Muito tempo foi investido para nos ensinar diferentes sistemas. As posições eram descritas com o máximo de detalhes possíveis. Toda viagem para um jogo era planejada muito bem. A hospedagem era boa, assim como a comida. Nada faltava. Fomos ensinados de que este conforto não era natural e que precisávamos também assumir responsabilidades.

O luxo só foi possível porque o futebol tem este status grande e o Bayern pode investir num staff qualificado, em equipamentos, em campos de futebol e em cuidados médicos.

Estas pedras angulares trazem sucesso e influenciam os atletas. Esta é a essência do trabalho de juventude: liderança, educação e apoio para o desenvolvimento do caráter.

Não creio que exista uma área em que a relação entre esforço e sucesso seja tão óbvia quando no esporte. E também estou convencido de que as experiências de um atleta têm um enorme valor, não importa se são no futebol, no boxe, na natação, na ginástica ou no remo. Elas constróem seu caráter e produzem personalidades que podem ser bons exemplos para muitos jovens, fornecendo-lhes o caminho e a motivação para seguirem seu próprio caminho. 

Phillip Lahm é embaixador da German Sport Lottery, cuja missão é desenvolver jovens alemães e atletas profissionais em atividades esportivas olímpicas e paralímpicas.

Fonte:      http://www.goal.com/br

São Paulo – Brasil – 22:47

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: