Klinsmann é demitido da seleção dos Estados Unidos

Klinsmann coletiva Estados Unidos Copa America (Foto: AFP)Jürgen Klinsmann foi demitido do comando dos Estados Unidos (Foto: AFP)

Jürgen Klinsmann não é mais técnico da seleção dos Estados Unidos. O presidente da Federação Americana, Sunil Gulati, anunciou nesta segunda-feira que o treinador alemão, que estava no comando da equipe desde 29 de julho de 2011 e também acumulava o cargo de diretor técnico, foi dispensado depois das duas derrotas no hexagonal final das eliminatórias da CONCACAF que deixaram o time na lanterna da competição.

Na imprensa americana, o nome de Bruce Arena, técnico do Los Angeles Galaxy e ex-treinador da seleção de 1998 a 2006, aparece como principal candidato a ficar com a vaga.

– Queremos agradecer a Jürgen por seu trabalho duro e comprometimento durante os últimos cinco anos. Ele se orgulhava de ter a responsabilidade de dirigir o programa, e houve realizações consideráveis ao longo do caminho – disse Gulati, em comunicado oficial.

Nos mais de cinco anos no comando da seleção, Klinsmann conseguiu 55 vitórias, 27 derrotas e 16 empates, conseguindo uma sequência de 12 triunfos seguidos em 2013, melhor marca da história da equipe, e conquistou a Copa Ouro neste ano. Na Copa de 2014, eliminou Portugal e Gana para passar da fase de grupos, mas acabou derrotado pela Bélgica nas oitavas de final. Terminou na quarta posição da Copa Ouro 2015 e na Copa América Centenário, em 2016, ambas disputadas nos Estados Unidos.

– Muitos sabem das vitórias históricas, inclusive nos classificando no Grupo de Morte às oitavas de final na Copa do Mundo de 2014, mas também houve esforços nos bastidores menos divulgados. Ele desafiou todos na comunidade da Federação Americana a pensar sobre as coisas de novas maneiras, e graças a seus esforços temos crescido como uma organização e esperamos que haverá benefícios de seu trabalho para os próximos anos – continuou o presidente da Federação.

Depois de um empate em amistoso com a Nova Zelândia, os americanos perderam os dois primeiros jogos das eliminatórias (2 a 1 para o México, em casa, e 4 a 0 para a Costa Rica, fora), o que acabou resultando na demissão.

– Apesar de continuarmos confiantes de que temos jogadores de qualidade para nos levar à Copa da Rússia 2018, o momento e o crescimento do time até este ponto nos deixou convencidos de que precisamos ir em uma direção diferente. Com o próximo jogo das eliminatórias no fim de março, temos alguns meses para focar o grupo novamente e determinar o melhor caminho para frente para garantir uma jornada bem sucedida para nos classificar para nossa oitava Copa do Mundo consecutiva.

Fonte:       http://globoesporte.globo.com/

São Paulo – Brasil – 22:51

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: