Férias: saiba como montar a mala perfeita

Na hora de escolher o que levar para a viagem, priorizar o clima do local e o número de dias que você passará fora de casa é essencial.

Fazer as malas é uma questão de priorizar e saber sobre o destino (Foto: Thinkstock)Fazer as malas é uma questão de priorizar e saber sobre o destino (Foto: Thinkstock)

Viajar é tudo de bom, mas todo mundo concorda que talvez a parte mais complicada seja a de montar a mala. Ninguém realmente gosta de fazer mala, e o processo todo pode ficar meio maçante e confuso se você não tem muita ideia do que levar e é o tipo de mulher que defende a teoria do ‘mais é mais’ – e despacha praticamente o armário inteiro.

De acordo com a personal stylist Priscila Cardozo, o mais importante de ter em mente na hora de montar a mala é colocar ali dentro itens que não façam tanto volume (pense naquele casacão de inverno que é melhor você levar na mão) e que possam ser reaproveitados o maior número de vezes.

Tanto que, de acordo com a profissional, um dos maiores problemas das mulheres é pensar sempre no ‘se’. “’Se eu tivesse trazido isso’… Ou então ter opções diversas. Vai que no dia surge uma noitada e você não levou aquele saltão incrível?”, diz ela.

A consultora de imagem e comportamento Rachel Jordan vai além e explica que um erro na hora de fazer a mala é esquecer de pensar nas combinações: “A maior dificuldade das mulheres é sempre colocar roupas a mais na mala ao invés de colocar roupas que conversem entre si, isto é, que possam ser usadas mais de uma vez para montar looks diferentes otimizando espaço e compondo uma mala inteligente”.

Foco no clima
Rachel explica que ter em mente o destino da viagem é sempre o primeiro passo para a mala perfeita. Isso porque, sabendo o destino, você pode pesquisar o clima do período em que você vai ficar no local e escolher as suas roupas de acordo.

“Tudo vai depender do estilo da viagem e do clima do destino. Se você for para Londres, por exemplo, é indispensável levar roupas térmicas e casacos mais pesados já que o frio por lá está intenso. Mas se você escolheu passar as férias no Nordeste é fundamental que a mala seja feita com roupas de tecidos leves, informais e descontraídas para enfrentar o calor de forma confortável e prática”, diz ela.

Vale a pena também ter em mente peças que podem se multiplicar: como um maiô que faz as vezes de body ou os kaftans, que são uma saída de praia durante o dia ou um vestido estiloso durante a noite.

Pense no tamanho da viagem
Quantos dias você vai ficar no seu destino? Tirando os períodos de trânsito (quando você está no avião), pense em dois looks para cada dia de viagem: um para o dia e outro para a noite. Por isso também é tão importante levar em conta peças que conversem entre si e que possam ser usadas mais de uma vez: afinal, para uma viagem de dez dias, levar 20 looks totalmente diferentes entre si é muita coisa para uma mala só.

E, aqui, vale a dica de Rachel: “[escolha] uma parte de cima que possa ser usada com três partes de baixo, formando looks totalmente diferentes”.

Melhor prevenir do que remediar
Na hora de montar a mala, claro, leve em consideração o clima do local e cheque a meteorologia para os seus dias de férias, mas não esqueça de levar algumas peças que possam ser adaptadas caso o tempo mude, diz Priscila. Isso evita desconfortos quando uma frente fria chega inesperadamente e você só tem roupas levinhas e de verão na mala. Tenha sempre um casaco por perto e algumas blusinhas mais leves também.

Hora de montar
Separados os looks e o indispensável, Rachel explica que o melhor é sempre colocar as roupas mais pesadas por baixo, seguida pelas mais leves e, por último, sapatos e nécessaires. Porém, o processo de montar a mala varia muito de acordo com o tipo de viagem e os itens que você vai levar.

Mas, se você pretende ganhar espaço, vale a pena pensar nos mínimos detalhes ao guardar as roupas escolhidas: “Uma boa dica é preencher os espaços vazios com meias e peças menores procurando sempre deixar as roupas niveladas. Fazer rolinhos com camisetas de malha e peças que não amarrotem muito também ajuda a preencher os espaços e facilitam na hora da arrumação. Peças miúdas, como bijuterias e lingeries, colocadas em sacos especiais também ajudam a manter a mala em ordem.”

Fonte:    http://revistamarieclaire.globo.com/

São Paulo – Brasil – 22:28

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: