Cristiano Ronaldo faz 2, atinge marca histórica e Real vence o Bayern de virada

Resultado de imagem para bayern vs real madrid

Com dois gols de Cristiano Ronaldo, o Real Madrid venceu o Bayern de Munique por 2 a 1, de virada, nesta quarta-feira, na Allianz Arena, e conquistou importante vantagem fora de casa no duelo de ida das quartas de final da Liga dos Campeões da Europa.

Ao balançar as redes por duas vezes, o português fez história como primeiro jogador a atingir a marca de 100 gols em competições europeias de clubes, sendo que 98 destes gols foram feitos em jogos da Liga dos Campeões – os outros dois foram pela Supercopa Europeia.

O astro precisou de apenas 143 jogos oficiais para atingir esta marca centenária em competições europeias, sendo que ele também ultrapassou Lionel Messi, do Barcelona, que ostenta 98 gols em torneios de clubes organizados pela UEFA. Raúl, outro que fez história pelo Real, é o terceiro nesta lista de goleadores, com 76 pelo time merengue.

Por ter marcado dois gols fora de casa nesta quarta, o Real poderá até perder por 1 a 0 na partida de volta do mata-mata, na próxima terça-feira, no Santiago Bernabéu, que mesmo assim garantirá vaga nas semifinais. Já o Bayern precisará fazer ao menos dois gols no duelo de volta para poder avançar.

O JOGO – Atual campeão e algoz do Bayern na edição 2013/2014 da competição continental, no qual venceu o time alemão por 1 a 0 e 4 a 0 nos confrontos das semifinais, o Real Madrid agora viu o técnico Carlo Ancelotti como seu adversário. Naquela temporada de três anos atrás, o treinador dirigiu a equipe espanhola rumo ao título do importante torneio. Na época, Zinedine Zidane, hoje técnico do Real, era auxiliar do italiano no time merengue.

Agora à frente do Bayern, Ancelotti tentou fazer o time alemão sufocar o Real no início da partida, mas a equipe madrilenha segurou bem o ímpeto dos donos da casa nos primeiros minutos e chegou com perigo pela primeira vez ao gol adversário aos 15 minutos, em cobrança de falta de Cristiano Ronaldo.

E pouco depois, aos 17, o Real esteve ainda mais perto de marcar quando Kroos, outro ex-Bayern, cruzou para o francês Benzema cabecear e obrigar Neuer a praticar grande defesa. Após espalmar com a ponta dos dedos, o goleiro ainda viu a bola tocar no travessão e depois voltar para as suas mãos.

Entretanto, o Bayern seguia perigoso em suas investidas ofensivas e acabou abrindo o placar aos 24 minutos. Após escanteio batido pela direita, a bola passou por Müller, mas não por Vidal, que apareceu livre de marcação e cabeceou com força para vencer o goleiro Navas.

Após o gol, o Real passou a sofrer mais para segurar a pressão do Bayern e ainda viu Casemiro começar a sofrer por causa de problemas físicos e cair no gramado por mais de uma vez, precisando receber atendimento médico.

Com volante brasileiro “baleado” e a marcação no meio-campo mais enfraquecida, o Real quase levou o segundo gol aos 39 minutos. Robben fez boa jogada pela direita e cruzou para Vidal, mais uma vez de cabeça, finalizar com perigo à direita de Navas.

E o Bayern ficou ainda mais perto do segundo gol no finalzinho do primeiro tempo. Aos 44 minutos, Ribéry deu um corte seco em Sergio Ramos na entrada da grande área e bateu colocado visando o canto esquerdo de Navas. No caminho da bola, Carvajal fez o corte com o peito. Porém, pressionado pelo próprio Ribéry, que pedia um toque no braço do adversário, o árbitro marcou erroneamente o pênalti.

Aos 45, Vidal foi para a cobrança, mas isolou a bola por cima do gol de Navas e desperdiçou a ótima oportunidade de fazer o seu time ir para o intervalo com uma vantagem de dois gols.

REAL VOLTA COM TUDO – E o pênalti perdido parece ter tido um efeito psicológico altamente prejudicial para o Bayern, pois o Real voltou para o segundo tempo muito melhor e já empatou a partida logo no primeiro minuto. Carvajal recebeu passe pela direita e cruzou para Cristiano Ronaldo, que bateu de primeira, pelo alto, no canto direito de baixo de Neuer para marcar um golaço.

O gol significou o fim de um jejum de três jogos sem marcar do português nesta Liga dos Campeões. E também o começo de uma reação avassaladora do Real, que passou a mandar no jogo e por pouco já não virou o placar aos 10 minutos. Após bela tabela com Carvajal, Modric cruzou para Gareth Bale cabecear e obrigar Neuer a realizar mais uma grande defesa.

E a pressão do Real começou a ficar ainda maior depois que Javi Martínez, que havia levado um cartão amarelo no início do segundo tempo, foi expulso aos 15 após uma falta dura sobre Cristiano Ronaldo.

Com um a menos em campo, Ancelotti sacou o veterano Xabi Alonso do meio-campo e colocou Bernat para dar mais pegada ao setor defensivo. Pouco depois, o também já cansado Ribéry deu lugar ao atacante brasileiro Douglas Costa, já que o Bayern precisava buscar a vitória em casa.

Entretanto, quem chegou ao segundo gol foi o Real. O jovem Asensio, que havia substituído um aparentemente lesionado Bale na etapa final, cruzou da esquerda para Cristiano Ronaldo, que completou com a sola do pé para a bola entrar entre as pernas de Neuer, aos 31 minutos.

Foi um duro castigo para o goleiro alemão, que poucos minutos antes havia feito duas grandes defesas, primeiro em finalização de Benzema, aos 27, e depois em chute à queima-roupa de Cristiano Ronaldo, aos 29, no qual exibiu extremo reflexo ao impedir o gol com uma das mãos.

Mesmo após o gol, o Real manteve a carga ofensiva com o objetivo de liquidar o mata-mata já na partida de ida e esteve muito próximo de fazer o terceiro gol. Aos 35, depois de receber cruzamento da direita de Cristiano Ronaldo, Marcelo ajeitou com espaço e chutou com perigo à esquerda de Neuer.

O time de Madri ainda balançaria as redes por mais duas vezes, com Benzema e no finalzinho com Sergio Ramos, mas em ambas as oportunidades o francês e o espanhol estavam impedidos e os gols foram acertadamente impugnados.

 

 

Matéria originalmente publicada por:  http://istoe.com.br

São Paulo – Brasil – 23:57

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: