Trata-se de um cidadão com nacionalidade alemã e russa, de 28 anos. A Procuradoria acredita que por trás do atentado estão questões econômicas.

Sergei W adquiriu no dia 11 de abril, mesmo dia do atentado, direitos de venda de ações do Dortmund que têm como data de vencimento o dia 17 de junho, e que pagou através de um crédito bancário efetuado, na semana anterior ao ataque. O objetivo seria, então, provocar uma queda significativa do valor das ações e lucrar com a venda dos títulos (direitos de venda) ao preço estabelecido previamente.

As três explosões  provocaram ferimentos no  zagueiro Marc Bartra, que passou por um cirurgia mas já está bem e em um policial.