Löw confirma Ter Stegen e promete rodízio na Alemanha contra o Chile

Joachim Löw promete mudanças na Alemanha diante do Chile (Foto: Getty Images)

Joachim Löw promete mudanças na Alemanha diante do Chile (Foto: Getty Images)

 

A Alemanha vem deixando claro desde a convocação para a Copa das Confederações: conquistar o título na Rússia é objetivo secundário. Além de ter escolhido uma equipe majoritariamente formada por jovens jogadores, o técnico Jöachim Löw quer fazer um rodízio entre os atletas, mesmo se tratando de uma competição de tiro curto – tudo visando à conquista de uma maior experiência para os próximos anos. E os planos não mudarão mesmo diante de um adversário de peso como o Chile, como apontou o treinador em entrevista coletiva nesta quarta-feira, véspera do confronto em Kazan, às 15h (de Brasília).  

– Bom, eu repito o que disse. Vou tentar o melhor possível, oferecer a oportunidade a todos os jogadores. Todos não podem jogar ao mesmo tempo. Então, dependerá de como será o jogo, dos resultados. Mas não há prioridade para ninguém. O mais importante é ganhar todos os jogos. Posso fazer mudanças amanhã (quinta-feira). É uma estrutura importante, podem jogar outros jogadores também. Os que não jogaram também somam experiência. Não tem sentido trocar sete ou oito posições antes do Chile, mas quatro ou cinco, por que não? – disse o técnico.

Desta forma, os torcedores podem esperar diversas mudanças com relação ao time que venceu, com certa dificuldade, a Austrália, por 3 a 2, na última segunda-feira, em Sochi. Löw confirmou que dará lugar a Ter Stegen entre os titulares – depois de fazer a estreia com Leno, que falhou no segundo gol australiano – e manterá os mais experientes da equipe, como Draxler, Mustafi e Kimmich.

No treinamento realizado na Arena Kazan nesta quarta, aberto à imprensa por apenas 15 minutos, Löw reuniu os atletas no centro do campo e teve uma longa conversa antes do início das atividades. Antes, o comandante rasgou elogios ao time chileno, a quem apontou como muito mais imprevisível que a Austrália. Exaltando a flexibilidade tática dos jogadores da atual seleção campeã sul-americana, o técnico comemorou poder oferecer um teste de bom nível para o jovem elenco. 

– O importante é que todos os jogadores tenham chance de jogar nesse nível, é muito importante para o desenvolvimento de nossos jogadores. Temos que tentar aproveitar as oportunidades que temos para ir à frente. Não vamos tratar apenas de defender, mas temos que estar concentrados em tentar para-los. Temos que tentar marcar gols, porque senão não teremos nenhuma chance contra o Chile. Temos que tentar recuperar a bola e ter uma superioridade numérica diante do gol adversário. Está claro que o Chile vai criar oportunidades, e se possível temos que impedir. Eles são tranquilos e estão há muitos anos jogando juntos. Não será fácil, mas creio que o jogo será bom para meus jogadores – completou.

 

Matéria originalmente publicada por:   http://globoesporte.globo.com

São Paulo – Brasil – 22:47

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: