Löw diz que fará mudanças na Alemanha e pede equipe mais ofensiva na decisão

Resultado de imagem para Joachim Löw Copa das Confederações

O técnico da Seleção da Alemanha, Joachim Löw, anunciou neste sábado que deverá fazer alterações na equipe para o duelo deste domingo contra o Chile, em São Petersburgo, na Rússia, na decisão da Copa das Confederações. “Farei algumas mudanças. Talvez também precisarei fazer algumas correções em relação ao duelo na primeira fase”, comentou durante a entrevista coletiva de imprensa. Alemanha e Chile se enfrentaram na primeira fase e ficaram no empate por 1 a 1, pela segunda rodada do Grupo B.

O treinador quer a sua seleção mais ofensiva do que no embate anterior. “No outro jogo perdemos o controle da partida nos 15 primeiros minutos. Depois reagimos e podíamos ter marcado dois gols no primeiro tempo. Na segunda parte, não criamos tanto. É importante ter o controle da partida. Por isso, temos que pressionar”, afirmou.

Sobre o adversário, Joachim Löw destacou o poder ofensivo e classificou o Chile como “equipe mais flexível do mundo”. “Eles são excelentes. Os jogadores estão acostumados a jogar juntos. É um time que mantém a posse de bola e também sabe infiltrar e criar situações de gol”, disse.

Por isso acha que não foi à toa campeã da Copa América, conseguindo superar seleções tradicionais como Brasil e Argentina. “O rendimento deles é espetacular. Têm nove, 10, 11 jogadores que atuam nas melhores equipes do mundo”, observou.

Entre todo o elenco chileno, ele destacou o atacante Alexis Sánchez e o meio-campista Arturo Vidal. Mas também sabe que Claudio Bravo é um grande goleiro e que pode ajudar a equipe em uma eventual disputa por pênaltis. O Chile eliminou Portugal na semifinal justamente nos pênaltis com o placar de 3 a 0, com três defesas do jogador do Manchester City.

“Ele pode ser um especialista nesse quesito, mas também temos jogadores em excelentes condições para cobrar e um grande goleiro para defender. Por isso não tenho o que temer. Depois de empatar com o Chile, a Alemanha venceu os dois jogos seguintes: 3 a 1 sobre Camarões no fechamento da fase de grupos e 4 a 1 em cima do México nas semifinais.

“Alemanha e Chile foram as melhores equipes do torneio. Amanhã veremos uma partida muito intensa, com muita entrega”, considerou Joachim Löw. “Se quisermos ganhar teremos que nos entregar 100% em campo”, finalizou.

 

Matéria originalmente publicada por:   http://istoe.com.br

São Paulo – Brasil – 01:05

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: