Alemanha passa o Brasil e retoma a liderança no ranking mundial da FIFA

Campeã da Copa das Confederações, Alemanha está de volta à liderança do ranking da Fifa (Foto: REUTERS/Maxim Shemetov)

Campeã da Copa das Confederações, Alemanha está de volta à liderança do ranking da FIFA (Foto: REUTERS/Maxim Shemetov)

Apesar de seguir invicta sob o comando de Tite nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, a seleção brasileira perdeu a ponta do ranking mundial da FIFA após as últimas partidas do torneio. A entidade máxima do futebol divulgou a edição de setembro da lista, que passa a ter a Alemanha como líder mais uma vez, empurrando o Brasil para a segunda colocação.

Como o ranking leva em conta não só as últimas partidas, mas o retrospecto desde 2014, o Brasil teve uma ligeira diminuição em sua quantidade de pontos, que caiu de 1604 para 1590. O time comandado por Joachim Löw, por sua vez, teve uma ascensão de 1549 para 1606 pontos – o suficiente para voltar a ser líder do ranking, como em outras oportunidades nos últimos anos.

Duas equipes menos badaladas tiveram boa ascensão e entraram no top 5 do ranking. Portugal ganhou três posições e chegou à terceira colocação, deixando para trás a Argentina, que passa a ser a quarta. A Bélgica, por sua vez, subiu quatro colocações e agora ocupa o quinto lugar na lista. Completam o top 10 Polônia, Suíça, França, Chile e Colômbia.

Com boa campanha na reta final das eliminatórias, a seleção peruana ganhou três colocações nesta edição do ranking e está na 12ª posição, atrás da Espanha e à frente de Gales, que subiu cinco posições. Times tradicionais como Inglaterra e Itália tiveram quedas: os ingleses perderam duas posições e agora estão na 15ª posição, enquanto os italianos caíram cinco colocações e foram para o 17º lugar.

 

Confira os 10 primeiros*

  1. Alemanha (1606)
  2. Brasil (1590)
  3. Portugal (1386)
  4. Argentina (1325)
  5. Bélgica (1265)
  6. Polônia (1250)
  7. Suíça (1210)
  8. França (1208)
  9. Chile (1195)
  10. Colômbia (1191)

pontuação entre parêntesis

 

O ranking da FIFA foi utilizado como critério para estabelecer os cabeças de chave nas duas últimas Copas do Mundo, em 2010 e 2014 – mas a entidade ainda não definiu se voltará a utilizá-lo para o mesmo objetivo no Mundial de 2018. Um porta-voz da organização afirmou que o critério de definição dos cabeças de chave “será comunicado no devido tempo”.

No regulamento da Copa do Mundo de 2018, a FIFA afirma que levará em consideração “fatores esportivos e geográficos” na hora de definir os cabeças de chave da competição.

A única certeza é que a Rússia, por ser o país-sede, ocupará o posto do Grupo A. Na prática, a FIFA quer atrasar o quanto pode a divulgação dos critérios, para poder “acomodar” o sorteio de acordo com as conveniências – “esportivas e geográficas”. O Brasil, pentacampeão mundial e atual líder do ranking da FIFA certamente será cabeça de chave.

 

 

Matéria originalmente publicada por:     https://globoesporte.globo.com

São Paulo – Brasil – 00:26

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: