Archive for the ‘Especiais’ Category

Tradicional trança de Páscoa alemã

Na Alemanha, café da manhã do domingo de Páscoa costuma incluir uma Hefezopf. Com ou sem recheio, pão doce trançado pode ser apreciado com manteiga e geleia e costuma ser decorado com ovos coloridos.

Osterzopf Hefezopf pode ser coberta de açúcar, amêndoas ou nozes

Na Alemanha, a Páscoa é um acontecimento quase tão grande quanto o Natal. Mais de um mês antes da data, os supermercados se enchem de coelhos, ovos e ovelhas de chocolate, e lojas vendem artigos de decoração com os mesmos motivos. Além da Sexta-feira Santa, há mais um dia de feriado por aqui, a Ostermontag (segunda-feira de Páscoa), o que significa que as famílias têm mais tempo de se reunir e, é claro, sentar à mesa juntas.

A Sexta-feira Santa é dia de comer peixe, assim como no Brasil. No domingo de Páscoa é comum preparar pratos com cordeiro, e muitas famílias fazem um longo café da manhã ou brunch antes de distribuir os ovos de chocolate.

Além da tradição de pintar ovos cozidos – aqui há uma tinta específica para isso – e da Osterlamm (cordeiro pascoal), um bolo em formato de cordeiro, é tradicional servir pela manhã uma Hefezopf ou Osterzopf – um pão doce em forma de trança.

A receita básica, coberta de açúcar, pode ser comida com manteiga ou geleia. Há variações com cobertura de amêndoas ou recheio de passas, chocolate, marzipã, damasco, entre outros. Por causa do fermento biológico fresco, a massa fica fofa e aerada. Ela é pincelada com ovo antes de ir ao forno, o que lhe dá um belo aspecto dourado.

A Hefezopf costuma ser preparada no dia antes da Páscoa, assim como os ovos cozidos e coloridos, que são muitas vezes usados para decorar a trança. O pão doce também é muitas vezes servido no Ano Novo. Aprenda a receita clássica:

Ingredientes

250 ml de leite

20 g de fermento biológico fresco

75 g de açúcar

1 ovo

1,5 colher (chá) de sal

500 g de farinha de trigo

75 g de manteiga

2 colheres (sopa) de açúcar cristal

Modo de preparo

Aquecer o leite até ficar morno. Despedaçar o fermento numa tigela pequena e misturar bem com um pouco do leite morno e o açúcar. Bater o ovo. Levar 3 colheres de sopa do ovo batido à geladeira num recipiente coberto.

Hefezopf
Trança pode ser recheada com passas, nozes ou frutas

Acrescentar o restante do ovo batido, o restante do leite, o sal e a farinha à mistura de fermento e bater na batedeira em velocidade baixa por cerca de 3 minutos. Aumentar a velocidade e bater por mais cinco minutos. Acrescentar a manteiga em cubos aos poucos e bater por mais cinco minutos até obter uma massa homogênea. Se desejar, acrescentar passas ou gotas de chocolate à massa.

Cobrir a tigela com a massa com um pano de prato úmido e deixar descansar em temperatura ambiente por uma hora.

Trabalhar a massa sobre uma superfície levemente enfarinhada. Dividi-la em três e deixar descansar coberta por mais dez minutos.

Com os três terços de massa formar três rolos de cerca de 40 cm de comprimento cada. Trançá-los sem apertar muito. Colocar a trança sobre uma fôrma coberta com papel-manteiga, cobri-la e deixar descansar por mais 45 minutos.

Pincelar a trança com o ovo resfriado. Polvilhar com o açúcar cristal (e com lascas de amêndoas, se desejar) e assar em forno preaquecido a 200 °C por 25 minutos. Se estiver ficando dourado muito rapidamente, cobrir com papel alumínio nos últimos dez minutos.

 

 

Matéria originalmente publicada por: http://www.dw.com/pt-br

São Paulo – Brasil – 23:15

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Anúncios

Oito coisas para comer e beber ao visitar Hamburgo

Gastronomia da cidade portuária no norte da Alemanha é marcada por peixe. Folhado de açúcar e canela e compota de frutas vermelhas também são pedidas certas num passeio por Hamburgo.

Fischbrötchen

Fischbrötchen: típico sanduíche na versão com peixe empanado

 

Se você chegar a Hamburgo pela manhã ou no meio da tarde, aproveite para fazer um lanche e experimentar um dos itens mais típicos da gastronomia local: o franzbrötchen.  Nas padarias da cidade, o cheiro do pãozinho folhado saindo do forno, recheado de açúcar e canela, é simplesmente irresistível.

O doce lembra um croissant. Além do tradicional franzbrötchen recheado de açúcar e canela, há versões com passas, chocolate, nozes ou maçã.

Franzbrötchen

Franzbrötchen, delícia das padarias de Hamburgo

 

Para acompanhar, um café vai muito bem. E Hamburgo é um lugar especial para isso. A primeira cafeteria hamburguesa de que se tem notícia data de 1677. Mais de três séculos depois, a cidade no norte da Alemanha continua sendo a principal porta de entrada para o café no país e um local onde a qualidade dos grãos é bastante valorizada.

Vale provar um café torrado na hora na Speicherstadt, antigo complexo de armazéns de que é Patrimônio da Unesco. Num dos prédios de fachadas de tijolos, construído em 1888, fica a cafeteria Kafferösterei, onde também é possível assistir ao processo de torra dos grãos.

Saindo da Speicherstadt – onde também se pode visitar o famoso museu de miniaturas Miniatur Wunderland –, dá para dar uma olhada na fachada da impressionante Filarmônica do Elba e seguir para a área portuária, símbolo da cidade.

LabskausLabskaus: combinação de carne curada, batata, beterraba, pepino e arenque

Ali, não se pode deixar de provar um fischbrötchen, um sanduíche de peixe. O recheio do pãozinho, parecido com o nosso francês, pode ser o tradicional arenque ou camarão, peixe empanado, salmão defumado, entre outros. O lanche costuma conter cebola, picles, molho remoulade e alface. O sabor ficará ainda melhor se você der sorte de pegar um dia de sol. Uma das lanchonetes mais famosas para comer o fischbrötchen é a Brücke 10.

Ainda no tema comida de rua, Hamburgo também é um bom lugar para se pedir uma currywurst – salsicha branca com molho picante de tomate e curry, acompanhada de batatas fritas ou pão branco. Apesar de ser mais conhecida a versão que atribui a origem da iguaria a Berlim, Hamburgo também reivindica a invenção. Seja como for, vale a pena comer uma currywurst em qualquer uma das duas cidades.

Birne, Bohnen und SpeckBirne, Bohnen und Speck: cozido de pera, bacon e vagem é tradicional de Hamburgo

Se quiser provar pratos de maior sustância, um dos mais tradicionais é o labskaus. A especialidade culinária do norte da Alemanha consiste numa espécie de hambúrguer de carne bovina curada, batata e beterraba, coberto com ovo frito e geralmente acompanhado de arenque, beterraba e pepino em conserva. Parece estranho, mas não é.

Para quem torce o nariz para peixe, mais especificamente para arenque, outra opção da culinária local é birnen, bohnen und speck – pera, vagem e bacon cozidos. Eu prefiro este prato ao labskaus. Adoro a combinação de pera com comidas salgadas. Antes de provar o prato típico de Hamburgo, eu só conhecia a fruta com queijo, mas não é que fica boa com bacon também?

Rote Grütze

Rote Grütze: compota de frutas vermelhas com chantilly. Também pode ser servida com calda ou sorvete de baunilha.

Para a sobremesa, uma boa pedida é o rote grütze. A compota de frutas vermelhas é geralmente servida com calda ou sorvete de baunilha ou chantilly. Para mim, é a combinação perfeita de doce e azedo.

Para comer as comidas típicas, há uma série de restaurantes na cidade, como o Alt Hamburger Aalspeicher e o Bordersen. É claro que, como numa boa cidade alemã, também não faltam opções de cerveja em Hamburgo. A mais popular é a Astra. Vale visitar uma das cervejarias da cidade, como a Blockbräu e a Hopper Bräu.

 

 

Matéria originalmente publicada por:   http://www.dw.com

São Paulo – Brasil – 21:53

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Tênis como passagem de metrô em Berlim

Promoção leva dezenas de pessoas a acamparem dias em frente às lojas para conseguir um dos 500 pares disponíveis, vendidos por 180 euros. Mais uma inovação da criativa empresa de transporte público da capital.

Tênis da BVG

Estampa de tênis é inspirada em bancos do metrô berlinense

 

Já imaginou usar um tênis que vale como passagem do transporte público? A ideia, meio absurda, acaba de ser lançada pela empresa pública que administra os ônibus, metrôs e bondes de Berlim, a BVG.

No ano passado, já havia escrito sobre a eficiência do transporte público na capital alemã e a criatividade da empresa na busca por novos usuários. Mas a cada ano que passa a BVG parece se superar na irreverência. Para comemorar seu aniversário de 90 anos, a queridinha de Berlim inovou mais uma vez, com uma campanha lançada em parceria com a Adidas.

A empresa criou um tênis, com a mesma estampa dos bancos dos metrôs berlinenses, que vale como um bilhete anual nas dez linhas de metrô, 22 de bonde e mais de 150 de ônibus. A passagem é bordada na língua do calçado. Enquanto a passagem anual custa entre 728 e 761 euros, dependendo da forma de pagamento, o tênis sai por 180 euros.

Há, porém, uma condição meio adversa nesta promoção: o proprietário tem que estar usando o tênis para que a passagem seja válida. Apenas levá-lo na mochila e mostrar no controle não vale.

Além disso, o usuário tem que usar ambos os pés. Essa regra foi imposta para evitar que espertinhos fiquem com um pé só e vendam o outro, possibilitando que duas pessoas andem com o mesmo o bilhete. Ou seja, se a pessoa precisa do transporte público diariamente, terá que usar o mesmo sapato o ano todo.

A promoção também foi limitada. Apenas 500 pares foram colocados à venda, em duas lojas na cidade, o que levou à formação de filas três dias antes do início das vendas, na terça-feira passada. Nem temperaturas negativas nem o frio impediram dezenas de interessados de acamparem em frente aos estabelecimentos comerciais.

A campanha fez mais sucesso do que o lançamento de iPhones na cidade. Na véspera do início das vendas, centenas de pessoas passaram a noite no meio da neve esperando a abertura da loja. O produto se esgotou em poucas horas.

Tênis com ticket do transporte público de Berlim

Ticket anual é bordado na aba

 

Mas nem todos estavam interessados no bilhete de transporte público. Alguns esperavam revender o sapato por um valor bem maior, devido à edição limitada da peça. No ebay, o tênis está sendo vendido por mais de mil euros. 

Segundo a porta-voz da BVG, a campanha visava atrair a atenção dos jovens e ganhá-los como novos usuários do transporte público e talvez como futuros funcionários.

Com a campanha, a BVG mostrou novamente que é uma das empresas de transporte mais inovadoras do mundo. A aproximação com seu clientes começa pelo slogan: “Porque nós te amamos!” e segue com propagandas criativas nas quais faz piada dos próprios problemas ou destaca que tudo é permitido em seus veículos, só não pode deixar de pagar a passagem.

Outra ação que deu o que falar ocorreu em dezembro. A empresa ofereceu um pequeno show da banda irlandesa U2 numa estação de metrô da linha U2. Alguns passageiros foram pegos de surpresa. Os músicos chegaram à estação, onde o show acústico foi transmitido ao vivo nas redes sociais da BVG, usando o metrô.

O tênis não é o primeiro produto pessoal lançado pela BVG. Além de passagens, em sua loja virtual, a empresa vende uma coleção de roupas com a estampa dos bancos de metrô, capas para celulares e xícaras. Só mais um porém sobre o tênis: ele não vale como passagem para o S-Bahn, os trens que são operados pela Deutsche Bahn (DB).

 

 

Matéria originalmente publicada por:   http://www.dw.com/pt-br

São Paulo – Brasil – 12:56

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

 

Globo de Ouro: preto total contra o abuso sexual

Não é desfile de moda: na entrega do importante prêmio de cinema e TV, atrizes e produtoras americanas se vestem de negro em apoio à iniciativa “Time’s Up”, pelas vítimas de assédio e violência – não só em Hollywood.

Symbolbild - Golden Globes (Getty Images/K. Winter)

O Globo de Ouro é apreciado como uma alegre festa de troféus e barômetro para os filmes mais promissores do ano. Em 2018, porém, a entrega do troféu entrará para a história do cinema por outro motivo: neste domingo (07/01) numerosos astros e estrelas de Hollywood desfilarão vestidos de negro pelo famoso tapete vermelho.

Um verdadeiro presente para os fotógrafos, mas também um sinal para o mundo contra o abuso sexual. Desse modo o setor de show-business se coloca publicamente do lado das dezenas de milhares de mulheres que sofreram assédio ou violência e protestam nas redes sociais – e no mundo real. Segundo a atriz Eva Longoria (Desperate Housewives), em entrevista ao jornal New York Times, “este é momento de solidariedade, não de moda”.

Na sequência de #MeToo

Meryl Streep transformou Globo de Ouro 2017 em momento político

Meryl Streep transformou Globo de Ouro 2017 em momento político

 

Levando adiante o espírito da campanha #MeToo, recentemente mais de 300 famosas atrizes e produtoras cinematográficas americanas lançaram o plano de ação “Time’s Up” (Acabou o tempo). Entre as signatárias estão Meryl Streep, Emma Stone, Natalie Portman, Reese Witherspoon e Cate Blanchett, que também apoiam financeiramente a iniciativa.

Indignação não basta, enfatiza o site da “Time’s Up”: a intenção é também oferecer ajuda prática às mulheres atingidas. Para tal se criará um fundo de 15 milhões de dólares, como “caixa de guerra” a fim de ajudar, não só atrizes, mas também camareiras, garçonetes, enfermeiras ou secretárias, a fazer valer seus direitos diante da Justiça americana.

Estopim dos movimentos #MeToo e “Time’s Up” foram as revelações de abusos sexuais praticados ao longo de décadas pelo produtor hollywoodiano Harvey Weinstein. Na esteira desse escândalo, numerosos outros casos vieram à tona, em vários setores culturais, do balé e teatro à música erudita.

No Globo de Ouro de 2017, a premiada Meryl Streep teve a coragem de aproveitar o discurso de agradecimento para criticar severamente o recém-empossado presidente republicano Donald Trump, embora sem citar nomes. A expectativa é que algo semelhante ocorra este ano, em relação à campanha antiassédio.

Alemã Diane Kruger estrela Em pedaços, de Fatih Akin

Alemã Diane Kruger estrela “Em pedaços”, de Fatih Akin

 

Candidato da Alemanha e os suspeitos de sempre

O Globo de Ouro, além de constar entre as distinções mais cobiçadas do cinema e da televisão, é considerado no setor uma espécie de sismógrafo para os Oscars do ano. Os troféus também têm se mostrado eficazes em lançar carreiras de diretores e atores estreantes.

Eles são concedidos num total de 25 categorias pela Hollywood Foreign Press Association. Pelo menos uma vencedora já está certa: a atriz e apresentadora de TV Oprah Winfrey receberá o prêmio de honra Cecil B. Milles pelo conjunto de sua obra.

O ano 2018 também traz um candidato auspicioso da Alemanha: o drama político Em pedaços, do turco-alemão Fatih Akin, que enfoca os crimes da célula terrorista de extrema direita NSU (Clandestinidade Nacional-Socialista) e também concorrerá ao Oscar em março.

Consta que a ambiciosa produção estrelada por Diane Kruger (Troia) teria chances de vários Globos de Ouro, inclusive o de Melhor Filme Estrangeiro. Na categoria, porém, a favorita é a sátira The Square: A arte da discórdia, do sueco Ruben Östlund, ganhadora do Prêmio do Filme Europeu.

Nas categorias Melhor Atriz e Melhor Ator, as maiores chances ficam mesmo com os nomes já badalados: Tom Hanks e Meryl Streep (The post: A guerra secreta), Gary Oldman (O destino de uma nação), Michelle Williams (Todo o dinheiro do mundo) e Emma Stone (A guerra dos sexos). O evento em Beverly Hills será apresentado pelo humorista e comentarista político Seth Meyers.

 

 

Matéria originalmente publicada por:  http://www.dw.com/pt-br

São Paulo – Brasil – 01:14

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Confira os 15 lugares mais incríveis e inusitados para jogar futebol pelo mundo

Tem estádio em lugar inóspito, campos em localizações incríveis e até árvores plantadas no meio do gramado

O futebol é um dos esportes mais populares do mundo e praticado por milhões de pessoas. A maioria dos torcedores está acostumado com os grandes  estádios e arenas modernas, mas existem muitos lugares bem diferentes em que a bola pode rolar.

Confira abaixo os lugares mais curiosos e inusitados do planeta onde é possível jogar futebol , seja pela sua localização ou arquitetura usada na construção.

Estádio Marina Bay, em Singapura

Estádio de futebol Marina Bay, em Singapura
Reprodução – Estádio de futebol Marina Bay, em Singapura

O gramado fica em cima das águas da baía de Singapura, em uma espécie de plataforma flutuante, com as arquibancadas localizadas em terra firme – a capacidade é de até 30 mil pessoas.

Campo Ottmar Hitzfeld, na Suíça

Campo Ottmar Hitzfeld, na Suíça
Reprodução – Campo Ottmar Hitzfeld, na Suíça

O local tem esse nome em homenagem ao ex-jogador e treinador suíço. É o campo de futebol com a localização mais alta da Europa, na montanha de Zermatt, cerca de 2 mil metros acima do nível do mar.

Estádio Svangaskard, em Ilhas Faroe

Estádio de Svangaskard, em Ilhas Faroe
Reprodução – Estádio de Svangaskard, em Ilhas Faroe

A pequena ilha da Europa não tem lá muita tradição no esporte, mas os locais onde acontecem os jogos são bem curiosos.

Estádio Eidi, em Ilhas Faroe 

Estádio Eidi, em Ilhas Faroe
Reprodução – Estádio Eidi, em Ilhas Faroe

Outro lugar bem diferente em Ilhas Faroe.

Estádio de Pyeongchang, na Coreia do Sul

Estádio de Pyeongchang, na Coreia do Sul
Divulgação – Estádio de Pyeongchang, na Coreia do Sul

A equipe sul-coreana do Gangwon manda suas partidas no estádio que tem uma pista de salto de esqui embutida. Ela é usada para esportes de inverno.

Campo de Modro Jezero, na Croácia

Campo de Modro Jezero, na Croácia
Reprodução – Campo de Modro Jezero, na Croácia

O lago de Modro Jezero, localizado na cidade de Imotski, no sul da Croácia, costuma secar em algumas épocas do ano, ficando sem uma gota de água sequer. E é justamente neste período de seca que os habitantes não perdem tempo para jogar uma bola esperta.

Quadra em plataforma de petróleo, no Brasil

Quadra em plataforma de petróleo, no Brasil
Divulgação – Quadra em plataforma de petróleo, no Brasil

Obviamente que neste local não é possível jogar profissionalmente, mas os trabalhadores de uma plataforma petrolífera brasileira deram um jeito para fazer uma quadra e se divertir nas horas vagas. A rede não pode furar, senão a bola cai no Oceano Atlântico.

Complexo Esportivo Gagarin, na Noruega

Complexo Esportivo Gagarin, na Noruega
Twitter/Reprodução – Complexo Esportivo Gagarin, na Noruega

Localizada no arquipélago de Svalbarg, na Noruega, Pyramiden tem seu complexo esportivo. O problema é que a inóspita ilha está abandonada e virou um local fantasma, mas o campo de futebol está intacto, com as traves e tudo mais – só que jogar em cima de pedras não deve ser legal.

Campo de Ko Panyi, na Tailândia

Campo de Ko Panyi, na Tailândia
Divulgação – Campo de Ko Panyi, na Tailândia

Os meninos da pequena vila tailandesa improvisaram uma quadra numa plataforma flutuante e o futebol rola solto. O problema é que a bola quase sempre cai na água.

Campo em Tóquio, no Japão

Campo de futebol em Tóquio, no Japão
Divulgação – Campo de futebol em Tóquio, no Japão

Este não é um campo de um clube específico, mas a imagem do gramado verde no meio da selva de pedra da capital japonesa impressiona.

Adidas Futsal Park, no Japão

Adidas Futsal Park, no Japão
Adidas/Divulgação – Adidas Futsal Park, no Japão

O local fica no topo de um edifício, em Tóquio, no Japão, mais precisamente no distrito de Shibuyu. Já dá para fazer o aquecimento subindo as escadas do prédio.

Campo de Tasiilaq, na Groenlândia

Campo de Tasiilaq, na Groenlândia
Twitter/Reprodução – Campo de Tasiilaq, na Groenlândia

O campo, a vila e as montanhas ficam na nação autônoma localizada no Reino da Dinamarca e que ocupa a maior ilha do mundo. Jogar com esse visual deve ser inspirador demais.

Estádio Municipal de Braga, em Portugal

Estádio Municipal de Braga, em Portugal
Divulgação – Estádio Municipal de Braga, em Portugal

A construção moderna e extremamente bonita fica na cidade Braga. O estádio foi feito praticamente dentro de uma rocha e é conhecido popularmente como “Pedreira” por lá.

O campo da árvore, no Brasil

O famoso campo da árvore, em São Paulo
Reprodução/Alexandre Battibugli/Placar – O famoso campo da árvore, em São Paulo

O campo com uma árvore no meio localizado no bairro do Brás, na cidade de São Paulo, ficou tão famoso na década de 90 que até virou um mini-documentário. Ele já não existe mais, uma pena.

Campo inclinado, localização desconhecida

Campo inclinado
Reprodução – Campo inclinado

A localização deste campo de futebol à beira de uma estrada é desconhecida, mas imaginem jogar bola num gramado inclinado desse jeito. A vontade de marcar um gol é tão grande que isso fica em segundo plano, é só calçar as chuteiras e ir para o duelo. 

 

Matéria originalmente publicada por:   http://esporte.ig.com.br

São Paulo – Brasil – 23:57

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

 

Primeiro remédio em 40 anos para câncer de partes moles ganha registro da Anvisa

Imagem relacionada

A droga é administrada por meio de uma infusão intravenosa

 

Aprovado nos EUA e Europa em tempo recorde, trazendo esperança para um tipo de tumor que não tinha tratamentos disponíveis até então, o remédio foi registrado pela Anvisa em 26 dezembro de 2017 e já é uma realidade no Brasil.

Metade do peso de seu corpo está distribuída em músculos, gordura, tendões, nervos periféricos… E, assim como acontece no resto do organismo, as células que compõem essas estruturas podem ficar doentes e originar um câncer. Trata-se do sarcoma de partes moles, um tumor relativamente raro, mas que provoca cerca de 5 mil mortes só nos Estados Unidos por ano — infelizmente, faltam dados sobre a incidência dele aqui no Brasil.

“Até agora, não existia uma droga específica para combatê-lo”, declarou o oncologista Rodrigo Munhoz, do Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, em junho de 2017. Quando a droga olaratumab, da farmacêutica Eli Lilly, foi liberada pelas agências regulatórias dos Estados Unidos e da Europa.

Seus resultados preliminares foram tão positivos que o remédio ganhou o selo de terapia inovadora e teve o processo de aprovação acelerado, uma vez que ele pode beneficiar um grande número de pacientes.  A experiência, que foi relatada num artigo científico publicado no prestigiado periódico The Lancet, envolveu 133 voluntários, que foram divididos em dois grupos.

O primeiro ganhou doses do olaratumabe e de doxorrubicina, um quimioterápico convencional. A segunda turma recebeu apenas a tal doxorrubicina. Os indivíduos que se valeram do tratamento duplo tiveram uma sobrevida média sem progressão da doença de 11,8 meses, o que não foi obtido apenas com a químio.
O olaratumabe integra a classe das terapias-alvo, drogas que agem como um míssil teleguiado e atacam com precisão uma parte específica do câncer. “Ele interfere numa proteína chamada PDGFR-alfa, que está envolvida no desenvolvimento do tumor. Assim, impede que as células cresçam e causem mais incômodos”, explicou Munhoz, que também é médico do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo.

O novo medicamento já passa a ser a primeira opção de tratamento junto com a químio no sarcoma de partes moles com metástase.

Além do olaratumab a Anvisa aprovou também na mesma data, mais três novos medicamentos para o tratamento de câncer.

Os novos medicamentos são a lenalidomida, o durvalumabe e o netupitanto associado com a palonosetrona. Os produtos chegarão ao mercado de acordo com a programação de cada fabricante.

Confira abaixo os novos tratamentos para o câncer aprovados pela Anvisa, indicações e características.

Lartruvo (olaratumabe)

Indicado para pacientes com sarcoma de tecido mole avançado, que não podem fazer radioterapia ou passar por cirurgia e que não foram previamente tratados com antraciclínicos.

O produto foi registrado pela Eli Lilly do Brasil Ltda.

Como funciona o olaratumabe

O medicamento é um anticorpo monoclonal que reconhece e liga-se especificamente a uma proteína conhecida como receptor-a do fator de crescimento derivado das plaquetas (PDGFR-a). O PDGFR-a encontra-se em grandes quantidades em algumas células cancerígenas, nas quais estimula o crescimento e divisão das células. Quando olaratumabe se liga ao PDGFR-a, pode impedir o crescimento e a sobrevivência das células cancerígenas.

Revlimid® (Lenalidomida)

O medicamento é indicado, em combinação com a dexametasona, para o tratamento de pacientes com mieloma múltiplo refratário ou recidivado que já tenham recebido pelo menos um tratamento anterior. A lenalidomida também é indicada para pacientes com anemia dependente de transfusões decorrentes de síndrome mielodisplásica.

O Revlimid foi registrado na forma de cápsulas nas concentrações de 2,5mg, 5 mg, 10 mg e 25mg. O produto será fabricado pela empresa Celgene International, localizada na Suiça. O dono do registro no Brasil é a Celgene Brasil Produtos Farmacêuticos Ltda.

Controle especial

Antes de registrar a lenalidomida, a Anvisa definiu regras específicas para o seu controle, pois este medicamento pode provocar malformação congênita grave. Ou seja, o uso pode levar ao nascimento de bebês malformados e também à morte dos recém-nascidos. Esses efeitos são chamados de teratogênicos.

Akynzeo (netupitanto + palonosetrona)

O netupitanto + palonosetrona foi registrado com o nome comercial de Akynzeo. Este novo medicamento é indicado para a prevenção de náuseas e vômitos agudos ou tardios em pacientes que estão passando por quimioterapia.

As náuseas e vômitos são efeitos colaterais comuns que dificultam o tratamento do câncer. Entre os problemas estão a deficiência nutricional, ansiedade e depressão, redução da dose do medicamento e até mesmo interrupção do tratamento. Por isso, a eliminação de náuses e vômitos durante tratamentos quimioterápicos é fundamental para que o paciente tenha melhores chances de cura.

Indicação do Akynzeo

Prevenção de náusea e vômitos agudos ou tardios associados com quimioterapia antineoplásica altamente emetogênica baseada em cisplatina ou associados com quimioterapia antineoplásica moderadamente emetogênica.

O medicamento será fabricado pela empresa Helsinn Birex Pharmaceuticals Ltda, localizada em Damastown, na Irlanda, e a detentora do registro do medicamento no Brasil é a empresa Mundipharma Brasil Produtos Médicos e Farmacêuticos LTDA.

Imfinzi (durvalumabe)

O durvalumabe foi aprovado com indicação para o tratamento de pacientes com carcinoma urotelial localmente avançado ou metastático que tiveram prograssão da doença durante ou após a quimoterapia à base de platina. O produto também é indicado para pacientes que tiveram progressão da doenças em até 12 meses de tratamento neoadjuvante ou adjuvante com quimioterapia contendo platina.

O Imfinzi foi registrado com o produto biológico novo pelo laboratório farmacêutico Astrazeneca do Brasil Ltda.

Como funciona o durvalumabe

O medicamento é um imunoterápico constituído por anticorpo monoclonal humano (mAb) que se liga ao PD-L1 e bloqueia sua interação com o PD-1 nas células T e CD80 nas células imunes. Tal mecanismo antagoniza o efeito inibitório de PD-L1 nas células T humanas primárias, resultando na proliferação restaurada e liberação da interferona gama. A expressão de PD-L1 é uma resposta adaptativa que ajuda os tumores a evitar a detecção e eliminação pelo sistema imunológico, visto que a ligação de PD-L1 ao PD-1 nas células T ativadas libera um sinal inibitório às células T, protegendo assim o tumor da eliminação imunológica. PD-L1 também pode inibir as células T através da ligação ao CD80.

 

 

Fonte: Anvisa, http://pfarma.com.br  e http://saude.abril.com.br

São Paulo – Brasil – 14:51

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Os dez vilarejos mais bonitos da Alemanha

Um site de viagens comparou mil lugarejos alemães no Instagram e elaborou um ranking segundo o número de citações em hashtags. Confira.

Ponte de Heiligenhafen

#10 Heiligenhafen

Em décimo lugar, com 28 mil hashtags, aparece Heiligenhafen, uma estância balneária na costa do Mar Báltico, com 9 mil habitantes. Uma de suas atrações é a ponte (foto) de 400 metros de comprimento mar adentro.

Cais do Lago de Constança em Meersburg

#9 Meersburg

A referência ao vilarejo de Meersburg, que tem mais de 5 mil habitantes, aparece 34 mil vezes. Também pudera, a idílica cidade fica às margens do Lago de Constança, no sul da Alemanha.

Cidade balneária Kühlungsborn e sua praia

#8 Kühlungsborn

Embora tenha apenas 16 quilômetros quadrados e pouco mais de 7 mil habitantes, a cidade balneária Kühlungsborn, junto ao Mar Báltico, aparece 37 mil vezes.

Cais de Cochem, junto ao rio Mosela

#7 Cochem

Esta cidadezinha milenar junto ao rio Mosela aparece 38 mil vezes “hashtageada” no Instagram. Uma de suas principais atrações é o castelo Reichsburg (foto).

Ruela em Rothenburg ob der Tauber com casas enxaimel

#6 Rothenburg no Tauber

A cidade conhecida pelo seu centro histórico e muro medievais fica na Baviera. A sexta colocada no ranking aparece 43 mil vezes como #rothenburgobdertauber. Mas, se a busca for por apenas #rothenburg, ela salta para 91 mil menções, o que bem que poderia valer a primeira posição.

Cabine de salva-vidas no balneário alemão de Borkum

#5 Borkum

Com 30 quilômetros quadrados, Borkum é a maior das sete ilhas habitadas da Frísia Oriental, no norte da Alemanha. Ela ficou em quinto lugar no ranking, com 49 mil referências. Na foto, uma cabine de salva-vidas junto à praia.

Competição de mountain-bike em Winterberg

#4 Winterberg

A região montanhosa em torno da pequena Winterberg faz jus ao nome (Winterberg quer dizer “montanha de inverno”, em alemão), por isso é mais conhecida no inverno, como estação de esqui. Mas, graças a um parque para competições de ciclismo, ela atrai também no verão, especialmente muitos amadores e profissionais de mountain-bike. Isso lhe valeu 75 mil referências em hashtags no Instagram.

Centro histórico de Füssen

#3 Füssen, nos Alpes

Este romântico lugarejo no sul da Alemanha tem 84 mil citações no Instagram. Füssen, de 14 mil habitantes, é um famoso centro turístico não só pelo belo centro histórico (foto), mas também pelo castelo Neuschwanstein.

Ponte na praia da ilha de Fehmarn

#2 Fehmarn

A terceira maior ilha da Alemanha, localizada no Mar Báltico, na costa do estado de Schleswig-Holstein, por pouco não ficou em primeiro lugar. Ela aparece com 96 mil hashtags no ranking do site de viagens Travelcircus.

Pessoas sentadas na praia de Norderney

#1 Norderney

Norderney, uma ilha no Mar do Norte com pouco mais de 5 mil habitantes, ficou em primeiro lugar no ranking de hashtags no Instagram, com mais de 97 mil citações.

 

 

Matéria originalmente publicada por:  http://www.dw.com/pt-br

São Paulo – Brasil – 14:10

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão