Archive for the ‘Futebol Espanhol/La Liga’ Category

Dortmund é a única equipe das cinco principais ligas europeias que ainda não sofreu gols nesta temporada

Resultado de imagem para Borussia Dortmund

Depois dos torcedores do Borussia Dortmund terem ‘construído’ a célebre Muralha Amarela nas arquibancadas do Signal Iduna Park – que tanto espetáculo dá nos jogos em casa – esta temporda o clube germânico viu chegar um treinador que, em pouco mais de três meses, conseguiu também erguer uma verdadeira muralha… dentro de campo. Bem cotado pela presença na final da última edição da Liga Europa, com o Ajax, e pela famosa capacidade de imprimir nas suas equipes um futebol atrativo e dominador, Peter Bosz assumiu o lugar de Thomas Tüchel e montou um grupo sólido que tem se destacado pela coesão defensiva. Ao final de cinco rodadas, o Borussia ainda não sofreu qualquer gol na Bundesliga, estabelecendo um recorde histórico no campeonato que só surpreende… “quem não conhece” o técnico holandês. 

Bosz ergue muralha

“Este bom rendimento defensivo começa sobretudo no ataque, na reação à perda da bola e na tentativa de recuperá-la o mais rápido possível, não permitindo posse nem transições aos adversários. Sempre foi um treinador que gosta que as suas equipes tenham a bola, controlem o tempo de jogo e não deixem o adversário ter posse, sobretudo no seu meio-campo defensivo”, explica Orlando Sá, atacante português, em declarações a Record, recordando a temporada 2015/16, época em que foi treinado por Peter Bosz nos israelitas do Maccabi Telavive: “Treinávamos constantemente a posse de bola e a reação à perda. Eram sempre sessões de trabalho com muita intensidade, até porque era ele que estabelecia o tempo e os toques que poderíamos dar.” 

Certo é que esta filosofia implementada por Bosz não só tem dado frutos no campeonato, como colocam o Borussia Dortmund nesta altura da temporada, como a única equipe das cinco principais ligas europeias que ainda não sofreu gols.

Mudança de paradigma
Além do sucesso esportivo, Orlando Sá acredita que Peter Bosz vai marcar uma era em Dortmund: “Não mais terá um futebol de transição ou contra-ataque, dependente das individualidades. Será, sim, uma equipe dominadora, sólida defensivamente e com futebol de ataque.” 

Orlanso Sá: “É um treinador muito metódico”
“É um treinador muito calmo e metódico, raramente se exalta e sabe como explicar a um jogador a melhor forma de tirar proveito das suas potencialidades. Mesmo nos momentos não muito bons é fiel às suas ideias e à sua forma de ver o futebol. Gosta que as suas equipes tenham a bola e controlem o tempo de jogo. No Maccabi Telavive treinávamos constantemente a posse de bola e a reação à perda. Eram sempre sessões de trabalho com muita intensidade. Ele precisava de um projeto de maior dimensão.”

#WeAreGermany

São Paulo – Brasil – 01:21

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Por Josy Galvão

Anúncios

The Best – Neymar concorre com Cristiano Ronaldo e Messi a melhor do mundo

The Best: Neymar concorre com Cristiano Ronaldo e Messi a melhor do mundo

Neymar mais uma vez vai concorrer com Cristiano Ronaldo e Messi ao prêmio de melhor jogador do mundo. Assim como aconteceu há dois anos, em 2015, o craque brasileiro é o intruso da vez entre os dois grandes astros desta geração na disputa pela principal premiação do futebol. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira pela FIFA no anúncio dos três finalistas do “The Best”, e o vencedor será conhecido dia 23 de outubro, em cerimônia de gala, em Londres.

Assim, Neymar volta a ter a oportunidade de interromper a incrível sequência imposta por Messi e Cristiano Ronaldo, que se alternam entre os vencedores do prêmio da FIFA desde 2008. O último a ser eleito melhor do mundo antes da dupla foi Kaká, após levar o Milan ao título da Liga dos Campeões em 2007, e o atual dono do posto é o português do Real Madrid.
O camisa 10 do PSG concorre pelo que fez em campo pelo Barcelona e seleção brasileira. Diferentemente do que era feito até 2016, o prêmio será entregue em outubro, não em janeiro do ano posterior, e a disputa leva em conta apenas o que foi feito na temporada 2016/17, com período de avaliação entre 20 de novembro do ano passado até 2 de julho do atual.
 
– Neymar começou o ano ajudando a Seleção a se tornar a primeira equipe a se classificar para a Copa do Mundo da Rússia. Ele foi também decisivo para o Barcelona na última temporada, muito embora sua marca de 20 gols tenha sido inferior aos 31 da temporada anterior e aos 39 da outra. Em contrapartida, anotou um recorde de assistências: 21. O brasileiro foi também um dos heróis da famosa “remontada” contra o PSG nas quartas de final da Liga dos Campeões, contribuindo com dois gols e uma assistência num jogo de volta inesquecível – disse a FIFA, ao apresentar sua escolha pelo brasileiro.
Neymar disputou com Cristiano Ronaldo e Messi pelo prêmio de 2015, ocasião em que o argentino levou a melhor (Foto: Reprodução)
Neymar disputou com Cristiano Ronaldo e Messi pelo prêmio de 2015, ocasião em que o argentino levou a melhor (Foto: Reprodução)

Apesar do sonho do brasileiro, Cristiano Ronaldo é o favorito para levar o FIFA The Best após vencer a Liga dos Campeões, o Campeonato Espanhol e o Mundial de Clubes com o Real Madrid entre novembro e julho. Além disso, o português foi o artilheiro da Champions com 12 gols, superando Messi com 11. Neymar fez quatro apenas, mas foi o maior garçom da competição continental, com oito assistências – brasileiro e argentino, porém, foram até as quartas e jogaram menos que o português (compare abaixo os números do trio ao longo da temporada).

 

Os penetras na briga de Messi e CR7

De 2007 a 2017, o argentino esteve sempre entre os três finalistas. Cristiano Ronaldo ficou fora apenas em 2010. Desde então, o astro do Barcelona venceu cinco vezes, e o craque do Real Madrid levou outras quatro. Tirando Kaká, que faturou o primeiro troféu, outros seis jogadores além de Neymar tentaram quebrar a soberania da dupla na premiação da Fifa, sem sucesso: Fernando Torres (2008), Xavi (2009, 2010 e 2011), Iniesta (2010 e 2012), Ribéry (2013), Neuer (2014) e Griezmann.

Os três melhores do mundo na Era Messi/CR7

Ano Primeiro Segundo Terceiro
2007 Kaká Messi Cristiano Ronaldo
2008 Cristiano Ronaldo Messi Fernando Torres
2009 Messi Cristiano Ronaldo Xavi
2010* Messi Iniesta Xavi
2011* Messi Cristiano Ronaldo Xavi
2012* Messi Cristiano Ronaldo Iniesta
2013* Cristiano Ronaldo Messi Ribéry
2014* Cristiano Ronaldo Messi Neuer
2015* Messi Cristiano Ronaldo Neymar
2016 Cristiano Ronaldo Messi Griezmann
 * nesses anos, o prêmio foi dado em conjunto com a Bola de Ouro da France Football

Melhor goleiro e melhor técnico

A primeira lista divulgada nesta sexta-feira foi de goleiros, com o italiano Buffon, da Juventus, o costarriquenho Navas, do Real Madrid, e o alemão Neuer, do Bayern de Munique, na disputa pelo troféu que será destinado ao vencedor dia 23 de outubro, em Londres. Entre os treinadores, os concorrentes são Allegri, Conte e Zidane pelo que fizeram com Juventus, Chelsea e Real, respectivamente, ao longo da temporada 2016/17.

Definido com base em votos de técnicos e capitães de seleções, jornalistas e torcedores, o prêmio “The Best” foi criado no ano passado, depois de seis anos em que a FIFA e a revista France Football entregaram a Bola de Ouro conjuntamente. A publicação francesa continua entregando o prêmio, mas a maior entidade do futebol criou novo troféu para o melhor jogador do mundo.

 

Os finalistas

Melhor jogador

  • Cristiano Ronaldo (Portugal/ Real Madrid)
  • Lionel Messi (Argentina – Barcelona)
  • Neymar (Brasil – Barcelona/Paris Saint-Germain)

Melhor jogadora

  • Deyna Castellanos (Venezuela – Santa Clarita Blue Heat/Florida State Seminoles)
  • Carli Lloyd (EUA – Houston Dash/Manchester City)
  • Lieke Martens (Holanda – Barcelona)

Melhor técnico

  • Massimiliano Allegri (ITA – Juventus)
  • Antonio Conte (ITA – Chelsea)
  • Zinedine Zidane (FRA – Real Madrid)

Melhor técnico de equipe feminina

  • Nils Nielsen (Dinamarca – Seleção dinamarquesa)
  • Gerard Precheur (França – Lyon)
  • Sarina Wiegman (Holanda – Seleção holandesa)

Goleiro

  • Gianluigi Buffon (Itália – Juventus)
  • Keylor Navas (Costa Rica – Real Madrid)
  • Manuel Neuer (Alemanha – Bayern de Munique)
 

Prêmio Puskás

  • Kevin-Prince Boateng (Las Palmas)
  • Alejandro Camargo (Universidad de Concepcion)
  • Deyna Castellanos (Venezuela Sub-17)
  • Moussa Dembele (Celtic)
  • Olivier Giroud (Arsenal)
  • Aviles Hurtado (Tijuana Xolos)
  • Mario Mandzukic (Juventus)
  • Oscarine Masuluke (Baroka FC)
  • Nemanja Matic (Chelsea)
  • Jordi Mboula (Barcelona Sub-19)

Melhor torcida

  • Borussia Dortmund
  • Celtic
  • Copenhague

Materia originalmente publicada por: globoesporte.globo.com

São Paulo – Brasil – 00:14

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Disputado por gigantes de quatro países, jogador da seleção alemã está perto de definir seu futuro

False

Destaque do Schalke 04 e com boas passagens na seleção alemã, sobretudo na última Copa das Confederações, Leon Goretzka é alvo de gigantes europeus e deve se transferir em breve. No entanto, como sugere o jornal bávaro Sport Bild, o meia já teria em mente seus dois clubes de maior preferência e estaria dividido entre os mesmos, que seriam Barcelona e Bayern de Munique.

Aos 22 anos de idade, o valor de mercado do jogador equivale a 23 milhões de euros, como aponta o portal Transfermarket. Porém, o Schalke não pretende negociá-lo por valor muito menor do que 70 milhões de euros. O vínculo do alemão com o clube de Gelsenkirchen vai até junho de 2018, podendo se transferir de graça caso não tenha seu contrato renovado, algo que será difícil de acontecer. Outros clubes foram especulados como interessados no futebol da joia, como Liverpool, Manchester City, Manchester United e Chelsea.

Com 1,89 m de altura, Goretzka chama atenção pelo o seu estilo moderno de jogo. Pode atuar tanto como um tradicional meia de criação, quanto um meia de transição e chegada ao ataque. O meia soma 15 gols em 118 jogos pelo Schalke. Pela Alemanha, são 4 gols em 10 aparições na equipe principal.

 

#WeAreGermany

São Paulo – Brasil – 23:36

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Por Josy Galvão

Alemanha passa o Brasil e retoma a liderança no ranking mundial da FIFA

Campeã da Copa das Confederações, Alemanha está de volta à liderança do ranking da Fifa (Foto: REUTERS/Maxim Shemetov)

Campeã da Copa das Confederações, Alemanha está de volta à liderança do ranking da FIFA (Foto: REUTERS/Maxim Shemetov)

Apesar de seguir invicta sob o comando de Tite nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, a seleção brasileira perdeu a ponta do ranking mundial da FIFA após as últimas partidas do torneio. A entidade máxima do futebol divulgou a edição de setembro da lista, que passa a ter a Alemanha como líder mais uma vez, empurrando o Brasil para a segunda colocação.

Como o ranking leva em conta não só as últimas partidas, mas o retrospecto desde 2014, o Brasil teve uma ligeira diminuição em sua quantidade de pontos, que caiu de 1604 para 1590. O time comandado por Joachim Löw, por sua vez, teve uma ascensão de 1549 para 1606 pontos – o suficiente para voltar a ser líder do ranking, como em outras oportunidades nos últimos anos.

Duas equipes menos badaladas tiveram boa ascensão e entraram no top 5 do ranking. Portugal ganhou três posições e chegou à terceira colocação, deixando para trás a Argentina, que passa a ser a quarta. A Bélgica, por sua vez, subiu quatro colocações e agora ocupa o quinto lugar na lista. Completam o top 10 Polônia, Suíça, França, Chile e Colômbia.

Com boa campanha na reta final das eliminatórias, a seleção peruana ganhou três colocações nesta edição do ranking e está na 12ª posição, atrás da Espanha e à frente de Gales, que subiu cinco posições. Times tradicionais como Inglaterra e Itália tiveram quedas: os ingleses perderam duas posições e agora estão na 15ª posição, enquanto os italianos caíram cinco colocações e foram para o 17º lugar.

 

Confira os 10 primeiros*

  1. Alemanha (1606)
  2. Brasil (1590)
  3. Portugal (1386)
  4. Argentina (1325)
  5. Bélgica (1265)
  6. Polônia (1250)
  7. Suíça (1210)
  8. França (1208)
  9. Chile (1195)
  10. Colômbia (1191)

pontuação entre parêntesis

 

O ranking da FIFA foi utilizado como critério para estabelecer os cabeças de chave nas duas últimas Copas do Mundo, em 2010 e 2014 – mas a entidade ainda não definiu se voltará a utilizá-lo para o mesmo objetivo no Mundial de 2018. Um porta-voz da organização afirmou que o critério de definição dos cabeças de chave “será comunicado no devido tempo”.

No regulamento da Copa do Mundo de 2018, a FIFA afirma que levará em consideração “fatores esportivos e geográficos” na hora de definir os cabeças de chave da competição.

A única certeza é que a Rússia, por ser o país-sede, ocupará o posto do Grupo A. Na prática, a FIFA quer atrasar o quanto pode a divulgação dos critérios, para poder “acomodar” o sorteio de acordo com as conveniências – “esportivas e geográficas”. O Brasil, pentacampeão mundial e atual líder do ranking da FIFA certamente será cabeça de chave.

 

 

Matéria originalmente publicada por:     https://globoesporte.globo.com

São Paulo – Brasil – 00:26

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

 

CR7 faz dois e Real estreia com triunfo; Tottenham vence Dortmund

O Real Madrid recebeu o Apoel, do Chipre, nesta quarta-feira, na estreia dos times no Grupo H da Liga dos Campeões, e fez seu dever de casa ao vencer por 3 a 0, iniciando a competição continental com o pé direito. Grande nome da equipe, Cristiano Ronaldo foi mais uma vez decisivo ao anotar dois gols. Sergio Ramos completou o placar.

Com o resultado, o Real Madrid chegou aos três pontos e assumiu a liderança do Grupo H. O segundo colocado é o Tottenham, que venceu o Borussia Dortmund por 3 a 1 e tem a mesma pontuação. Os ingleses perdem apenas pelo menor saldo de gols. Os aurinegros alemães aparecem na terceira posição, enquanto o Apoel é o lanterna, ambos sem pontos somados.

O Grupo H terá nova rodada somente no próximo dia 26 de setembro, uma terça-feira, com ambos os jogos acontecendo às 15h45(de Brasília). O Real Madrid vai ao Signal Iduna Park visitar o Borussia Dortmund. Já o Apoel recebe o Tottenham, no Estádio GSP.

O jogo – A partida teve início e a primeira boa chance foi do Apoel, em chute de Igor de Camargo desviado pelo goleiro Navas, aos nove minutos.

A partir daí, porém, só deu Real Madrid, que logo saiu na frente. Aos 12 minutos, Gareth Bale avançou pela esquerda e cruzou rasteiro. A bola atravessou a área e chegou a Cristiano Ronaldo, que só teve o trabalho de empurrar para a rede para deixar os Merengues em vantagem.

O Real ainda teve outras boas chances no primeiro tempo. Aos 14, em jogada parecida, Cristiano Ronaldo quase ampliou, mandando na rede pelo lado de fora. Já aos 33, foi a vez do português novamente receber em passe de Bale e mandar de carrinho para fora.

Aos 41, Rueda quase complicou o Apoel ainda mais ao desviar cruzamento de Casemiro e por pouco não marcar um gol contra. O placar, porém, foi para o intervalo com vantagem de 1 a 0 para o Real Madrid.

Logo no início do segundo tempo, o Real Madrid conseguiu a tranquilidade na partida. Aos quatro, Bale fez cruzamento para a área, a bola desviou em Carlão e bateu na mão do lateral esquerdo Lago. O árbitro viu infração na jogada e assinalou o pênalti. Cristiano Ronaldo foi para a cobrança aos cinco e mandou no cantinho para fazer o segundo dos Merengues no jogo.

A partir daí o Real Madrid deslanchou e fez mais um gol. Aos 16, Marcelo cruzou para a área, Bale desviou e Sergio Ramos emendou uma bicicleta para marcar um golaço e ampliar.

Após o terceiro gol, os Merengues seguiram a pressão buscando ampliar ainda mais a vantagem. Aos 22, Cristiano Ronaldo recebeu de frente para Waterman, mas o goleiro fez uma grande defesa para evitar o gol. Já aos 23, foi a vez de Isco arriscar da entrada da área e mandar para fora.

O Apoel também teve sua chance, aos 29, em chute perigoso de Igor de Camargo após sobra de bola na área. A rede só voltou a balançar em dois gols do Real Madrid bem anulados por impedimento de Cristiano Ronaldo, aos 37 e 47.

Apesar dos gols anulados, o Real Madrid não sentiu falta e garantiu uma tranquila vitória por 3 a 0 na estreia na Liga dos Campeões.

Kane tem partida inspirada e Tottenham vence o Borussia Dortmund

Kane teve atuação inspirada, com dois gols e uma assistência (Foto: Ian Kington/Ikimages/AFP)

Na outra partida do Grupo H, o Tottenham deu um grande passo ainda no início da briga direta por vaga nas oitavas de final contra o Borussia Dortmund. Em jogo inspirado de Harry Kane, que marcou dois gols e deu uma assistência, os Spurs conseguiram se sobressair e vencer os alemães por 3 a 1.

Quem saiu na frente do placar foi o Tottenham. Logo aos quatro minutos, Harry Kane deu uma grande enfiada de bola para Son Heung-Min no campo de ataque. O sul-coreano invadiu a área pela lateral e bateu por cima do goleiro para fazer o primeiro.

O Borussia, porém, empatou logo na sequência em um golaço. Aos 11, o japonês Kagawa fez o passe como pivô para Yarmolenko. O meia ucraniano acertou um lindo chute colocado no ângulo e deixou tudo igual no Estádio Wembley.

Assim como os alemães, o Tottenham aproveitou para responder na mesma moeda, balançando a rede poucos minutos depois. Aos 15, Harry Kane recebeu a bola no meio de campo, levou a jogada na raça ao ganhar de dois jogadores na força e bateu no cantinho, tirando do goleiro, para recolocar os Spurs na frente.

O jogo perdeu ritmo depois do início eletrizante. Com isso, o Tottenham voltou a marcar apenas no segundo tempo. Após boa troca de passes, aos 15, Eriksen encontrou grande passe para Harry Kane, que invadiu a área e finalizou para marcar o terceiro e garantir uma importante vitória aos Spurs.

Confira o resultado dos jogos desta quarta-feira pela fase de grupos da Liga dos Campeões:

Grupo E
Liverpool 2×2 Sevilla
Maribor 1×1 Spartak Moscow

Grupo F
Feynoord 0x4 Manchester City
Shakhtar 2×1 Napoli

Grupo G
Porto 1×3 Besiktas
RB Leipzig 1×1 Monaco

Grupo H
Real Madrid 3×0 Apoel
Tottenham 3×1 Borussia Dortmund

 

 

Matéria originalmente publicada por:    https://www.gazetaesportiva.com

São Paulo – Brasil – 00:06

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Timo Werner é hipótese para o Real Madrid

Timo Werner é hipótese para o Real Madrid

Timo Werner, atacante alemão de 21 anos que atua no Leipzig, tem sido um dos grandes destaques da Alemanha, depois da grande apresentação na Copa das Confederações, mas também do grande início de temporada no Campeonato Alemão.

Com as grandes exibições, começam a surgir os clubes interessados em contratar o jovem jogador. Segundo o ‘Jugones’, o Real Madrid já colocou o jogador na lista para a temporada 18/19, enviando olheiros para assistir ao confronto da Alemanha frente à Noruega, onde Timo Werner marcou dois gols e foi considerado o melhor jogador da partida. 

No entanto, o fato de o alemão participar na Liga dos Campões pelo Leipzig, impossibilita o clube espanhol de avançar já para a contratação do jogador no mercado de transferências de Janeiro.

Apelidado de ‘missíl’ pelo técnico alemão Joachim Löw, Timo Werner foi uma das sensações da última Copa das Confederações, onde marcou 6 gols em 8 jogos e soma 4 pelo clube alemão, 3 na Bundesliga e 1 na Copa da Alemanha.

São Paulo – Brasil – 22:47

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Por Josy Galvão

Para Rummenigge: “Real Madrid é a estrela mais brilhante no firmamento”

Rummenigge: «Real Madrid é a estrela mais brilhante no firmamento»

Em entrevista ao «Bild» para uma edição especialmente dedicada à Liga dos Campeões 2017/18, Karl-Heinz Rummenigge coloca o Real Madrid num patamar superior a todos os adversários.

“Diria que o Real Madrid é a estrela mais brilhante no firmamento. Seguido por alguns clubes a curta distância, como o Barcelona, Manchester United e o Bayernde Munique. Neste momento ninguém tem uma opinião diferente: o Real está acima dos outros. Estarmos ainda no top 4 da UEFA é um prêmio para o Bayern”, declarou o diretor executivo do clube alemão..

Rummenigge assume o objetivo de encurtar a distância entre os títulos europeus (o Bayern venceu em 1976, 2001 e 2013), mas reconhece que “isso não será fácil neste mundo irracional do futebol”.

“O importante é que temos uma filosofia diferente, própria. Não podemos e não queremos dar 222 milhões por um único jogador”, afirmou o executivo.

 

São Paulo – Brasil – 23:27

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Por Josy Galvão