Archive for the ‘Futebol Inglês/Premier League’ Category

Bayern de Munique segue Manchester City e fecha com Vejo

Foto: Reprodução / Site (fcbayern.com)

 

Em poucos dias, a Vejo, marca responsável por criar o primeiro liquidificador do mundo baseado em cápsulas, começou a ganhar força no futebol europeu. Na última segunda-feira (14), fechou acordo com o Manchester City e, nesta quarta-feira (16), anunciou que é a nova parceira oficial de “dispositivos de mistura inteligente” para nutrição esportiva do Bayern de Munique.

Diferentemente do clube inglês, cujo contrato estipula uma parceria global, o acerto com o clube alemão é válido para alguns países específicos: Estados Unidos, Canadá, Áustria e Suíça, além da própria Alemanha. Os valores e a duração exata do acordo não foram revelados.

Pelo contrato, a marca usará seus profissionais para, em conjunto com os especialistas do Bayern, desenvolver produtos especializados no que chama de pilares do bem-estar (sono, falta de estresse, movimento e nutrição). O clube ainda ganhará uma linha personalizada de liquidificadores em esquema de cobranding.

“A Vejo é uma marca de nutrição excitante, com inovação em seu núcleo. O sucesso que obtiveram, aliado à ambição global, está alinhado com os valores e objetivos do clube. Desde a abertura do escritório nos EUA em 2014, o interesse e a acessibilidade ao clube cresceram significativamente e, em casos como esse, desempenham uma grande parte da parceria”, afirmou Jörg Wacker, membro do conselho executivo do Bayern de Munique para estratégias de internacionalização.

“O FC Bayern é sem dúvida um dos maiores clubes do mundo. Seu imenso alcance na Europa e na América do Norte o torna o parceiro perfeito para nós nessas regiões”, acrescentou Christoph Bertsch, fundador e executivo-chefe da Vejo.

Matéria originalmente publicada por:  https://maquinadoesporte.uol.com.br

São Paulo – Brasil – 16:31

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Equipe da Alemanha entra na briga e pode atrapalhar permanência de Gabigol no Flamengo, afirma TV italiana

Resultado de imagem para Equipe da Alemanha entra na briga e pode atrapalhar permanência de Gabigol no Flamengo, afirma TV italiana

Depois do Crystal Palace, da Inglaterra, mais uma equipe europeia teria o interesse em Gabigol, de acordo com a imprensa italiana. Segundo informações da emissora “MediaSet”, o Schalke 04, da Alemanha, também teria entrado na briga pelo atacante do Flamengo.
As informações seriam de que o clube alemão estaria disposto a desembolsar 30 milhões de euros por Gabigol. Na cotação atual, a quantia equivale a R$ 138,5 milhões. Caso essa oferta aconteça, dificilmente o Flamengo teria como concorrer.
Gabigol é um dos principais destaques do Flamengo na temporada, ele já marcou 33 gols, sendo 19 pelo Campeonato Brasileiro e é o maior goleador do futebol nacional na atual temporada.

Matéria originalmente publicada por:  https://istoe.com.br

São Paulo – Brasil – 16:24

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Eriksen em Munique? Lenda alemã desaprova: ‘Se não é bom o suficiente para o Tottenham, não é para o Bayern’

Resultado de imagem para Eriksen em Munique? Lenda alemã desaprova: 'Se não é bom o suficiente para o Tottenham, não é para o Bayern'

Eriksen atuando pelo Tottenham contra a Inter de Milão na International Champions Cup Getty Images

A emissora alemã Sport1 apontou que Christian Eriksen pode reforçar o Bayern de Munique em 2020, mas tal possibilidade não agrada a Lothar Matthäus, lenda do futebol alemão e do clube bávaro.

“Se ele não é bom o suficiente para o Tottenham, então ele não é bom o suficiente para o Bayern”, disse o ex-jogador à emissora.

“Eriksen é tecnicamente bom, mas para mim ele é muito lento, e Niko Kovac gosta de jogadores rápidos”, declarou Matthäus. “Para mim, Eriksen não é esse tipo de jogador que faz a diferença no mais alto nível, assim que deveriam se concentrar na contratação de Kai Havertz (do Bayer Leverkusen) no próximo verão e ainda têm o Coutinho, que joga bem de ’10.’”

Vinculado aos Spurs até o fim da temporada, o dinamarquês já rejeitou proposta de renovação e, assim, pode assinar um pré-contrato com outro clube a partir de janeiro. Na atua campanha, ele foi titular em seis dos 11 jogos do Tottenham na temporada.

 

Matéria originalmente publicada por:  http://www.espn.com.br/

São Paulo – Brasil – 16:18

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Bastian Schweinsteiger, o Grande

Após começo de carreira atribulado, meio-campista decolou na Copa de 2006 e se consagrou na de 2014, quando literalmente deu o sangue pela Seleção Alemã na final no Maracanã. O herói vai deixar saudades entre torcedores.

Bastian Schweinsteiger

Após pendurar as chuteiras, Schweinsteiger comentará na TV jogos da Alemanha na Eurocopa de 2020 e na Copa de 2022

Contam as más línguas que, depois de ter visto Bastian Schweinsteiger atuando pela primeira vez, no time juvenil do Bayern em 2000, Franz Beckenbauer teria profetizado para os seus colegas de diretoria: “Esse aí não vai dar em nada.”

Outro que não botou muita fé nele foi Felix Magath, técnico do Bayern de 2004 a 2007. Logo após ter se recuperado de uma contusão, o jovem Schweinsteiger, então com 20 anos, ficou sabendo que passaria a treinar com o time das categorias de base, o Bayern II. Foi uma humilhação. Afinal, naquele mesmo ano de 2004, ele tinha vestido pela primeira vez a camisa da Seleção Alemã.    

Dois anos antes, mais precisamente no dia 13 de novembro de 2002, “Schweini”, como era apelidado carinhosamente na época, fazia sua estreia no time profissional do Bayern, comandado então por Ottmar Hitzfeld. Foi num jogo da Champions League contra o RC Lens. Ele entrou no lugar de Mehmet Scholl. Outro estreante naquela noite fria de inverno foi Philipp Lahm, que também passaria a desempenhar um papel importante na história do clube bávaro.   

A primeira partida de Schweinsteiger na Bundesliga se deu um mês depois, na vitória sobre o Stuttgart por 3 a 0.  Lembro-me bem desse confronto, porque meu colega na transmissão pela ESPN teve algumas dificuldades iniciais para pronunciar adequadamente o nome do jogador. Nada que algumas dicas de pronúncia correta não pudessem resolver.

O grande divisor de águas da carreira de Bastian Schweinsteiger foi a Copa do Mundo realizada na Alemanha em 2006. O eixo formado com ele no meio campo, Philipp Lahm na defesa, Lukas Podolski e Miroslav Klose no ataque, deixou marcas indeléveis na forma de jogar da seleção alemã durante quase uma década.

A consagração final só viria oito anos mais tarde, na Copa realizada no Brasil, mas é sabido que as grandes lendas do futebol se constroem também com derrotas. É a partir do fracasso que se molda o caráter do herói, que mais tarde ressurge em triunfo, e fracassos não faltaram na vida de Bastian.

Basta lembrar a final da Champions League de 2012 em Munique, contra o Chelsea. Na decisão por pênaltis, o Fussballgott da torcida bávara desperdiçou sua cobrança, para logo em seguida Drogba converter sem chance para Neuer, decretando a derrota do Bayern na sua própria sala de estar.

Um ano mais tarde, Schweinsteiger, Robben e companhia renasciam das cinzas em Londres. Eles triunfaram ao vencer o título pela quinta vez e, de quebra, ainda conquistar a tríplice coroa.

Também na seleção alemã, as grandes vitórias foram precedidas por grandes derrotas. Na hora H, a Mannschaft amarelava. Foi assim no Mundial de 2010 e na Euro de 2012. A opinião pública alemã suspeitava fortemente que a geração surgida em 2006 não estava à altura de gloriosas conquistas. Para muitos, era uma geração de fracassados.

Até que veio o ano de 2014.

Schweinsteiger machucado durante a final da Copa do Mundo de 2014, no Maracanã

Schweinsteiger deu literalmente o sangue na final da Copa do Mundo de 2014, no Maracanã

Um mês antes da Copa, estive na Alemanha para entrevistar Schweinsteiger. Foi muito divertido, à beira do campo do CT do Bayern na Säbener Strasse 51, em Munique. Durante o bate-papo, de repente passa o Dante, brincalhão como sempre. Pergunto para o Bastian se ele está preparado para eventualmente encarar o Brasil numa final em pleno Maracanã, e ele, sorrindo, responde: “Preparados para vencer, claro!” Dante, meio sem jeito, sai de mansinho.

Em 2014, Schweinsteiger comprovou de qual matéria-prima são feitos os heróis: basicamente do desejo inquebrantável de vencer. Inesquecível a cena com ele sangrando à beira do campo já na prorrogação da final contra a Argentina.

Durante o jogo, Schweinsteiger não evitou nenhuma dividida, teve câimbras, sofreu meia dúzia de faltas, deu literalmente o sangue, comeu a grama que o diabo amassou com o rabo e aguentou o tranco até o fim.

Caído em campo, a cada vez que se levantava, voltava mais forte, mais determinado a vencer. Com seu desempenho no Maracanã, tornou-se o ícone do triunfo da seleção alemã.

Bastian Schweinsteiger, o Grande, entra na história do futebol alemão como um dos seus maiores protagonistas. Os torcedores ainda vão sentir saudades dele por muito tempo. Eu também.

P.S. Schweinsteiger encerrou sua carreira como jogador profissional, mas continuará ligado ao esporte. Foi contratado pela TV pública ARD para comentar os jogos da Alemanha na Eurocopa de 2020 e na Copa do Mundo de 2022.   

Gerd Wenzel começou no jornalismo esportivo em 1991 na TV Cultura de São Paulo, quando pela primeira vez foi exibida a Bundesliga no Brasil. Desde 2002, atua nos canais ESPN como especialista em futebol alemão. Semanalmente, às quintas, produz o Podcast “Bundesliga no Ar”. A coluna Halbzeit sai às terças. Siga-o no TwitterFacebook e no site Bundesliga.com.br

 

 

Matéria originalmente publicada por:  https://www.dw.com/pt-br

São Paulo – Brasil – 15:28

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Futebol Alemão – Segundo jornal, Inter estaria de olho em Mario Götze

A Inter estaria analisando a situação de Mario Götze, que está em seu último ano do seu contrato com o Borussia Dortmund.

De acordo com o «Tuttomercatoweb», o Dortmund ainda não conseguiu garantir a renovação com Götze, de 27 anos, e assim o jogador poderá a partir do mercado de inverno começar a negociar com outra equipe.

#WeAreGermany

São Paulo – Brasil – 16:08

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Por Josy Galvão

Schweinsteiger anuncia seu novo emprego, após aposentadoria

Resultado de imagem para Schweinsteiger anuncia seu novo emprego, três dias depois de ter pendurado as chuteiras

Bastian Schweinsteiger Getty Images

 

Acabou a “aposentadoria” de Bastian Schweinsteiger. Três dias depois de ter pendurado as chuteiras, o ex-meio-campista informou em sua conta no Twitter que já tem um novo emprego.

O campeão do mundo de 2014 será um comentarista de futebol do programa Sportschau, da emissora alemã ARD.

O anúncio foi feito por meio de um vídeo em que um pequeno Schweisnteiger faz anotações sobre futebol, enquanto rodam as imagens da carreira dele como atleta.

Revelado pelo Bayern de Munique, o ex-jogador de 35 anos virou um dos principais nomes da história do clube, conquistando oito títulos da Bundesliga, sete da Copa da Alemanha, um da Champions League.

Após ter começado a atuar mais ofensivamente, ele virou um dos melhores volantes do mundo, sendo crucial também na Seleção Alemã sendo titular no título da Copa do Mundo de 2014 e nos terceiros lugares em 2006 e 2010.

Schweinsteiger deixou o Bayern no meio de 2015 e defendeu, sem brilho, o Manchester United até o começo de 2017. Seu último estágio como jogador de futebol profissional foi no Chicago Fire, que defendeu nas duas últimas campanhas. Como a equipe não se classificou aos playoffs da Major League Soccer, a vitória por 5 a 2 sobre o Orlando City, no domingo, foi a partida final de sua carreira.

 

 

Matéria originalmente publicada por:  http://www.espn.com.br/

São Paulo – Brasil – 14:25

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

 

 

Futebol Alemão – Klopp conta sobre convite para voltar ao Borussia Dortmund: ‘Você andou bebendo?’

Resultado de imagem para Klopp conta sobre convite para voltar ao Borussia Dortmund: 'Você andou bebendo?'

Hans-Joachim Watzke e Jürgen Klopp conversam antes de partida entre Borussia Dortmund e Liverpool Getty Images

Diretor-geral do Borussia Dortmund desde 2005, Hans-Joachim Watzke lançou sua biografia ‘Amor Vedadeiro: Uma Vida com o BVB’, escrita em parceria com o autor Michael Horeni. Entre as histórias do livro de 288 páginas, destaca-se um envolvendo Jürgen Klopp.

Depois de uma temporada sem brilho do clube Aurinegro em 2017-18, em que Peter Bosz foi demitido e Peter Stöger comandou a equipe até o fim da campanha sem brilho, Watzke foi atrás de ninguém menos do que Jürgen Klopp, que tinha acabado de ser vice-campeão da Champions League com o Liverpool.

“Em determinado ponto, meu telefone tocou quando estava no avião e era Aki (Hans-Joachim Watzke): ‘Jürgen, você precisa voltar’. Eu ri, eu achei que ele estava brincando”, conta o treinador na biografia. “Você é estúpido? Você andou bebendo? Como teve essa ideia? Eu tenho mais alguns anos no Liverpool”. No momento, ele tem vínculo até o meio de 2022.

“Eu sabia que Jürgen diria não e que ele cumpriria seu contrato com o Liverpool”, afirma Watzke, que começou no Dortmund como tesoureiro no fim da década de 90.

“Mas, se você quer ir em uma nova direção, e queríamos seguir um novo caminho no Borussia Dortmund naquele ponto, então eu tinha que pelo menos perguntar ao Jürgen se tinha a possibilidade”, disse. “Eu não esperava por isso, mas eu nunca me perdoaria se eu não tivesse pelo menos tentado naquele momento”.

Klopp dirigiu o Borussia Dortmund entre 2008 e 2015, conquistando dois títulos da Bundesliga, um da Copa da Alemanha e alcançou um vice da Champions League.

 

Matéria originalmente publicada por:  http://www.espn.com.br/

São Paulo – Brasil – 18:37

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão