Archive for the ‘Futebol Inglês/Premier League’ Category

Parabéns, Michael Ballack

Resultado de imagem para Michael Ballack

26/9 – Michael Ballack (41), um dos jogadores de mais sucesso na história da Alemanha no século XXI. O ex-capitão da Nationalelf disputou 98 partidas pelo país e colecionou muitos títulos pelos clubes por onde passou, como Kaiserslautern, Bayern de Munique, Bayer Leverkusen e Chelsea.

Ballack foi o maestro da Alemanha em dois Mundiais e em ambos teve um excelente desempenho. O meio-campista levou o selecionado à segunda colocação na Copa do Mundo da FIFA Coreia do Sul/Japão 2002 e à terceira colocação na Copa do Mundo da FIFA Alemanha 2006. Além disso, o jogador também chegou à final da Eurocopa 2008 com a seleção alemã, mas foi derrotado juntamente com os companheiros pela Espanha na decisão.

Nascido na cidade de Görlitz, Ballack anunciou a sua aposentadoria do futebol no início de outubro de 2012 e em 05 de junho de 2013, fez o seu jogo de despedida,  na Arena Red Bull, na cidade de Leipzig. O ex-camisa 13, número sempre utilizado pelo atleta em todos os clubes que passou, convidou amigos, ex-companheiros e técnicos com quem trabalhou durante a sua carreira e realizou uma grande festa de despedida. Na ocasião o atleta declarou, ” fico com a recordação de uma longa e maravilhosa carreira como profissional que em criança nem me atrevia a sonhar. Foi um privilégio jogar com treinadores de primeira classe e com jogadores fantásticos”. Ballack, esteve no Brasil por ocasião da Copa do Mundo FIFA 2014 e atuou como comentarista do canal ESPN.

Happy Birthday!

Herzlinchen Glückwunsch!

Feliz Cumpleaños!

Feliz Aniversário!

 

 

#WeAreGermany

São Paulo – Brasil – 00:04

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Por Josy Galvão

Anúncios

Dortmund é a única equipe das cinco principais ligas europeias que ainda não sofreu gols nesta temporada

Resultado de imagem para Borussia Dortmund

Depois dos torcedores do Borussia Dortmund terem ‘construído’ a célebre Muralha Amarela nas arquibancadas do Signal Iduna Park – que tanto espetáculo dá nos jogos em casa – esta temporda o clube germânico viu chegar um treinador que, em pouco mais de três meses, conseguiu também erguer uma verdadeira muralha… dentro de campo. Bem cotado pela presença na final da última edição da Liga Europa, com o Ajax, e pela famosa capacidade de imprimir nas suas equipes um futebol atrativo e dominador, Peter Bosz assumiu o lugar de Thomas Tüchel e montou um grupo sólido que tem se destacado pela coesão defensiva. Ao final de cinco rodadas, o Borussia ainda não sofreu qualquer gol na Bundesliga, estabelecendo um recorde histórico no campeonato que só surpreende… “quem não conhece” o técnico holandês. 

Bosz ergue muralha

“Este bom rendimento defensivo começa sobretudo no ataque, na reação à perda da bola e na tentativa de recuperá-la o mais rápido possível, não permitindo posse nem transições aos adversários. Sempre foi um treinador que gosta que as suas equipes tenham a bola, controlem o tempo de jogo e não deixem o adversário ter posse, sobretudo no seu meio-campo defensivo”, explica Orlando Sá, atacante português, em declarações a Record, recordando a temporada 2015/16, época em que foi treinado por Peter Bosz nos israelitas do Maccabi Telavive: “Treinávamos constantemente a posse de bola e a reação à perda. Eram sempre sessões de trabalho com muita intensidade, até porque era ele que estabelecia o tempo e os toques que poderíamos dar.” 

Certo é que esta filosofia implementada por Bosz não só tem dado frutos no campeonato, como colocam o Borussia Dortmund nesta altura da temporada, como a única equipe das cinco principais ligas europeias que ainda não sofreu gols.

Mudança de paradigma
Além do sucesso esportivo, Orlando Sá acredita que Peter Bosz vai marcar uma era em Dortmund: “Não mais terá um futebol de transição ou contra-ataque, dependente das individualidades. Será, sim, uma equipe dominadora, sólida defensivamente e com futebol de ataque.” 

Orlanso Sá: “É um treinador muito metódico”
“É um treinador muito calmo e metódico, raramente se exalta e sabe como explicar a um jogador a melhor forma de tirar proveito das suas potencialidades. Mesmo nos momentos não muito bons é fiel às suas ideias e à sua forma de ver o futebol. Gosta que as suas equipes tenham a bola e controlem o tempo de jogo. No Maccabi Telavive treinávamos constantemente a posse de bola e a reação à perda. Eram sempre sessões de trabalho com muita intensidade. Ele precisava de um projeto de maior dimensão.”

#WeAreGermany

São Paulo – Brasil – 01:21

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Por Josy Galvão

The Best – Neymar concorre com Cristiano Ronaldo e Messi a melhor do mundo

The Best: Neymar concorre com Cristiano Ronaldo e Messi a melhor do mundo

Neymar mais uma vez vai concorrer com Cristiano Ronaldo e Messi ao prêmio de melhor jogador do mundo. Assim como aconteceu há dois anos, em 2015, o craque brasileiro é o intruso da vez entre os dois grandes astros desta geração na disputa pela principal premiação do futebol. O anúncio foi feito na manhã desta sexta-feira pela FIFA no anúncio dos três finalistas do “The Best”, e o vencedor será conhecido dia 23 de outubro, em cerimônia de gala, em Londres.

Assim, Neymar volta a ter a oportunidade de interromper a incrível sequência imposta por Messi e Cristiano Ronaldo, que se alternam entre os vencedores do prêmio da FIFA desde 2008. O último a ser eleito melhor do mundo antes da dupla foi Kaká, após levar o Milan ao título da Liga dos Campeões em 2007, e o atual dono do posto é o português do Real Madrid.
O camisa 10 do PSG concorre pelo que fez em campo pelo Barcelona e seleção brasileira. Diferentemente do que era feito até 2016, o prêmio será entregue em outubro, não em janeiro do ano posterior, e a disputa leva em conta apenas o que foi feito na temporada 2016/17, com período de avaliação entre 20 de novembro do ano passado até 2 de julho do atual.
 
– Neymar começou o ano ajudando a Seleção a se tornar a primeira equipe a se classificar para a Copa do Mundo da Rússia. Ele foi também decisivo para o Barcelona na última temporada, muito embora sua marca de 20 gols tenha sido inferior aos 31 da temporada anterior e aos 39 da outra. Em contrapartida, anotou um recorde de assistências: 21. O brasileiro foi também um dos heróis da famosa “remontada” contra o PSG nas quartas de final da Liga dos Campeões, contribuindo com dois gols e uma assistência num jogo de volta inesquecível – disse a FIFA, ao apresentar sua escolha pelo brasileiro.
Neymar disputou com Cristiano Ronaldo e Messi pelo prêmio de 2015, ocasião em que o argentino levou a melhor (Foto: Reprodução)
Neymar disputou com Cristiano Ronaldo e Messi pelo prêmio de 2015, ocasião em que o argentino levou a melhor (Foto: Reprodução)

Apesar do sonho do brasileiro, Cristiano Ronaldo é o favorito para levar o FIFA The Best após vencer a Liga dos Campeões, o Campeonato Espanhol e o Mundial de Clubes com o Real Madrid entre novembro e julho. Além disso, o português foi o artilheiro da Champions com 12 gols, superando Messi com 11. Neymar fez quatro apenas, mas foi o maior garçom da competição continental, com oito assistências – brasileiro e argentino, porém, foram até as quartas e jogaram menos que o português (compare abaixo os números do trio ao longo da temporada).

 

Os penetras na briga de Messi e CR7

De 2007 a 2017, o argentino esteve sempre entre os três finalistas. Cristiano Ronaldo ficou fora apenas em 2010. Desde então, o astro do Barcelona venceu cinco vezes, e o craque do Real Madrid levou outras quatro. Tirando Kaká, que faturou o primeiro troféu, outros seis jogadores além de Neymar tentaram quebrar a soberania da dupla na premiação da Fifa, sem sucesso: Fernando Torres (2008), Xavi (2009, 2010 e 2011), Iniesta (2010 e 2012), Ribéry (2013), Neuer (2014) e Griezmann.

Os três melhores do mundo na Era Messi/CR7

Ano Primeiro Segundo Terceiro
2007 Kaká Messi Cristiano Ronaldo
2008 Cristiano Ronaldo Messi Fernando Torres
2009 Messi Cristiano Ronaldo Xavi
2010* Messi Iniesta Xavi
2011* Messi Cristiano Ronaldo Xavi
2012* Messi Cristiano Ronaldo Iniesta
2013* Cristiano Ronaldo Messi Ribéry
2014* Cristiano Ronaldo Messi Neuer
2015* Messi Cristiano Ronaldo Neymar
2016 Cristiano Ronaldo Messi Griezmann
 * nesses anos, o prêmio foi dado em conjunto com a Bola de Ouro da France Football

Melhor goleiro e melhor técnico

A primeira lista divulgada nesta sexta-feira foi de goleiros, com o italiano Buffon, da Juventus, o costarriquenho Navas, do Real Madrid, e o alemão Neuer, do Bayern de Munique, na disputa pelo troféu que será destinado ao vencedor dia 23 de outubro, em Londres. Entre os treinadores, os concorrentes são Allegri, Conte e Zidane pelo que fizeram com Juventus, Chelsea e Real, respectivamente, ao longo da temporada 2016/17.

Definido com base em votos de técnicos e capitães de seleções, jornalistas e torcedores, o prêmio “The Best” foi criado no ano passado, depois de seis anos em que a FIFA e a revista France Football entregaram a Bola de Ouro conjuntamente. A publicação francesa continua entregando o prêmio, mas a maior entidade do futebol criou novo troféu para o melhor jogador do mundo.

 

Os finalistas

Melhor jogador

  • Cristiano Ronaldo (Portugal/ Real Madrid)
  • Lionel Messi (Argentina – Barcelona)
  • Neymar (Brasil – Barcelona/Paris Saint-Germain)

Melhor jogadora

  • Deyna Castellanos (Venezuela – Santa Clarita Blue Heat/Florida State Seminoles)
  • Carli Lloyd (EUA – Houston Dash/Manchester City)
  • Lieke Martens (Holanda – Barcelona)

Melhor técnico

  • Massimiliano Allegri (ITA – Juventus)
  • Antonio Conte (ITA – Chelsea)
  • Zinedine Zidane (FRA – Real Madrid)

Melhor técnico de equipe feminina

  • Nils Nielsen (Dinamarca – Seleção dinamarquesa)
  • Gerard Precheur (França – Lyon)
  • Sarina Wiegman (Holanda – Seleção holandesa)

Goleiro

  • Gianluigi Buffon (Itália – Juventus)
  • Keylor Navas (Costa Rica – Real Madrid)
  • Manuel Neuer (Alemanha – Bayern de Munique)
 

Prêmio Puskás

  • Kevin-Prince Boateng (Las Palmas)
  • Alejandro Camargo (Universidad de Concepcion)
  • Deyna Castellanos (Venezuela Sub-17)
  • Moussa Dembele (Celtic)
  • Olivier Giroud (Arsenal)
  • Aviles Hurtado (Tijuana Xolos)
  • Mario Mandzukic (Juventus)
  • Oscarine Masuluke (Baroka FC)
  • Nemanja Matic (Chelsea)
  • Jordi Mboula (Barcelona Sub-19)

Melhor torcida

  • Borussia Dortmund
  • Celtic
  • Copenhague

Materia originalmente publicada por: globoesporte.globo.com

São Paulo – Brasil – 00:14

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Disputado por gigantes de quatro países, jogador da seleção alemã está perto de definir seu futuro

False

Destaque do Schalke 04 e com boas passagens na seleção alemã, sobretudo na última Copa das Confederações, Leon Goretzka é alvo de gigantes europeus e deve se transferir em breve. No entanto, como sugere o jornal bávaro Sport Bild, o meia já teria em mente seus dois clubes de maior preferência e estaria dividido entre os mesmos, que seriam Barcelona e Bayern de Munique.

Aos 22 anos de idade, o valor de mercado do jogador equivale a 23 milhões de euros, como aponta o portal Transfermarket. Porém, o Schalke não pretende negociá-lo por valor muito menor do que 70 milhões de euros. O vínculo do alemão com o clube de Gelsenkirchen vai até junho de 2018, podendo se transferir de graça caso não tenha seu contrato renovado, algo que será difícil de acontecer. Outros clubes foram especulados como interessados no futebol da joia, como Liverpool, Manchester City, Manchester United e Chelsea.

Com 1,89 m de altura, Goretzka chama atenção pelo o seu estilo moderno de jogo. Pode atuar tanto como um tradicional meia de criação, quanto um meia de transição e chegada ao ataque. O meia soma 15 gols em 118 jogos pelo Schalke. Pela Alemanha, são 4 gols em 10 aparições na equipe principal.

 

#WeAreGermany

São Paulo – Brasil – 23:36

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Por Josy Galvão

Técnico do Dortmund se desespera com pancada em Götze: ‘Os dentes estão fora de lugar’

Gotze (dir) levou pancada feia de Vertonghen durante jogo da Champions
Götze (dir) levou pancada feia de Vertonghen durante jogo da Champions

O técnico do Borussia Dortmund, Peter Bosz, ficou desesperado com a pancada sofrida pelo meia Mario Götze durante a derrota por 3 a 1 para o Tottenham, na última quarta-feira, pela 1ª rodada da fase de grupos da UEFA Champions League.

No lance, o camisa 10, que havia entrado no segundo tempo no lugar de Kagawa, foi atingido no rosto por um forte golpe do Vertonghen e ficou com a boca sangrando. Ele deixou o campo e nem disputou os minutos finais da partida.

Após o duelo em Wembley, Bosz mostrou-se muito preocupado com a lesão de Götze. 

“Ele teve problemas graves em seus dentes e terá que ir ao médico amanhã. A situação não parece nada boa”, lamentou.

“Nem todos os dentes estavam no lugar correspondente. Sinto até dor em falar no assunto depois que vi como eles ficaram”, completou.

Götze foi reintegrado recentemente ao time principal do Borussia, depois de ser afastado em fevereiro deste ano para tratar problemas metabólicos que estavam impedindo que o meia ficasse em seu peso ideal.

Na atual temporada, ele jogou quatro vezes e ainda não marcou gols. 

A lesão de seu camisa 10 foi mais um ponto a se lamentar no time alemão depois da partida. Além disso, o treinador Aurinegro reclamou muito de sua defesa.

“Ficou claro hoje que não estávamos bem organizados atrás. Penso que começamos bem, dominamos e controlamos a partida com bom futebol. Mas, quando você joga mal na defesa desse jeito, deixando muito espaço atrás da última linha de quatro, acaba tendo problemas. Não fomos bem o bastante”, admitiu.

O Dortmund volta a campo no próximo domingo, quando jogará contra o Colônia, em casa, pela Bundesliga.

 

Matéria originalmente publicada por:    http://espn.uol.com.br

São Paulo – Brasil – 01:42

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Matthäus: “Acelotti tem de ter mão dura ou será um caos total”

Matthäus: «Ancelotti tem de ter mão dura ou será o caos total»

Não está fácil a vida de Carlo Ancelotti no Bayern de Munique. Com um início de temporada decepcionante – ocupando o 6.º lugar da Bundesliga -, os campeões germânicos têm sido alvo de muitas críticas e o principal visado é o treinador. A última voz a se juntar ao coro de críticas foi o de Lothar Matthäus. “Ancelotti tem de ter mão dura ou será o caos total”, afirmou a antiga lenda do futebol alemão.

“Há muito tempo que no Bayern de Munique não se vivia tanta agitação. Os mecanismos em campo não estão funcionando, não podemos estar satisfeitos com os jogos desta temporada”, disse Matthäus, apontando o dedo ao treinador: “Ancelotti deve ter mão dura com os jogadores ou será o caos total. Mas não sei se está disposto a fazê-lo. Ancelotti deve conversar com a equipe, deve disciplinar os jogadores e lutar contra tudo e todos os que se opõem ao sucesso da equipe. Se for necessário enviar um jogador para o banco.”

Este sábado o Bayern Munique recebe o 13.º classificado da Bundesliga, Mainz 05, em jogo da 4ª rodada.

 

 

São Paulo – Brasil – 201:11

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Por Josy Galvão

Nagelsmann evita polêmica com Ancelotti: “Tem mais troféus do que eu tenho cuecas”

Julian Nagelsmann tenta explicar polêmica com Ancelotti (Foto: Reprodução / Facebook)

Julian Nagelsmann tenta explicar polêmica com Ancelotti (Foto: Reprodução / Facebook)

 

“O Bayern ocupa um grande espaço nos meus sonhos”. Bastou falar essa frase que o treinador do Hoffenheim, Julian Nagelsmann, abriu uma polêmica na Alemanha e levou até Carlo Ancelotti, comandante bávaro, a se pronunciar. Agora, para se explicar, ele deu outra declaração no mínimo curiosa para encerrar o assunto.

– Essa frase teve um impacto maior do que eu esperava e desejava. Infelizmente, a entrevista criou problemas com um colega como Ancelotti, por quem tenho grande respeito. Ele tem mais troféus na prateleira do que eu tenho cuecas na gaveta. Enviei uma mensagem ao Ancelotti para explicar o que quis dizer com essas declarações. Ponto final no assunto.

A declaração do técnico do Hoffenheim não foi bem vista principalmente porque Ancelotti vem sendo contestado no Bayern, que sofre com uma crise interna. As especulações aumentaram ainda mais após Nagelsmann revelar que está construindo uma casa em Munique (a 300 km de Hoffenheim), onde sua mulher e filho irão morar. Mas ele garante que só pensa no Bayern a longo prazo.

– Minha declaração não era uma candidatura. A entrevista não fazia nenhuma referência ao momento atual. Falei sobre um projeto futuro.

Nagelsmann foi eleito o melhor treinador do último Campeonato Alemão, no qual levou o modesto Hoffenheim ao quarto lugar. A posição valeu uma posição nos playoffs da Liga dos Campeões, mas a vaga na fase de grupos não chegou em razão da derrota para o Liverpool.

 

Matéria originalmente publicada por:     https://globoesporte.globo.com

São Paulo – Brasil – 00:34

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão