Archive for the ‘Mamãe & Bebê’ Category

A primeira foto de Cristiano Ronaldo com os gêmeos

Cristiano Ronaldo já está junto dos seus dois filhos gêmeos. O jogador de futebol publicou uma fotografia esta tarde, na qual aparece com os bebês no colo.

Depois de deixar a a Seleção de Portugal, em acordo com a Federação Portuguesa de Futebol, para “poder, finalmente”, estar com os bebês recém-nascidos, CR7 mostrou-os  em sua página oficial do Instagram.

“Tão feliz por poder abraçar os dois novos amores da minha vida”, escreveu o futebolista madeirense, de 32 anos.

Cristiano Ronaldo já é pai de Cristianinho, de sete anos. Eva e Mateo se juntam agora ao clã Aveiro, que já reagiu ao aumento da família.

View this post on Instagram

My man ❤️️

A post shared by Cristiano Ronaldo (@cristiano) on

A mãe de Cristiano Ronaldo, Dolores Aveiro, e a irmã, Kátia Aveiro, mostram alegria e deram graças a Deus pela chegada dos gêmeos.

Esta manhã, Georgina Rodríguez publicou uma fotografia na sua conta de Instagram, falando do “dia feliz” que está vivendo, o mesmo dia em que o namorado, Cristiano Ronaldo, confirmou ser pai de gêmeos.

 

 

São Paulo – Brasil – 23:09

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Por Josy Galvão

Decoração para quartos de bebês e crianças-IV

Tonalidades claras, móveis retrô e papéis de parede trazem graça ao ambiente das crianças

Mudar a decoração do quarto das crianças é sempre uma boa ideia. O novo visual deve valorizar aspectos como praticidade, organização e, claro, beleza. Tonalidades claras, estampas reduzidas, muita geometria, painéis em tecido e até luminárias recicladas conseguem trazer um aspecto diferente ao espaço. Para se inspirar, confira a seleção abaixo, você vai adorar.

36

O quarto decorado por Maithiá Guedes apresenta beleza no papel de parede texturizado da Wallpaper e na disposição dos móveis. Foto: Divulgação

37

O papel de parede listrado conferiu descontração ao ambiente de Marcelo Rosset. Destaque ainda para a mesa com papel acoplado. Foto: Divulgação

38

A praticidade do quarto de Gabriel Garbin e Nathalia della Manna foi garantida com a presença de cabideiros e estantes. Foto: Divulgação

39

O quarto ainda recebeu caixas organizadoras e um papel de parede com estampas diversas. Foto: Divulgação

40

A decoração de Marina Linhares valorizou a cor azul em pontos específicos e foi ousada na escolha das estampas. Foto: Divulgação

41

O papel de parede trançado conferiu delicadeza ao ambiente planejado por Luciano Dalla Marta. Foto: Divulgação

42

O cantinho do quarto com a poltrona e mesa de apoio transmite a sensação de conforto e aconchego. Foto: Divulgação

43

O quarto planejado por Daniela Berardinelli abusa da cor azul marinho na decoração e da presença de madeira. Foto: Divulgação

44

Para meninos: ele já cresceu um pouquinho, está na hora de sair do berço. Assim ele vai adorar a mudança. Vanessa Guimarães. Foto: Divulgação

45

A madeira presente no piso e nos móveis confere aconchego ao quarto do bebê. Foto: Divulgação

Fonte:    http://delas.ig.com.br/

São Paulo – Brasil – 00:31

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Decoração para quartos de bebês e crianças-III

Tonalidades claras, móveis retrô e papéis de parede trazem graça ao ambiente das crianças

Mudar a decoração do quarto das crianças é sempre uma boa ideia. O novo visual deve valorizar aspectos como praticidade, organização e, claro, beleza. Tonalidades claras, estampas reduzidas, muita geometria, painéis em tecido e até luminárias recicladas conseguem trazer um aspecto diferente ao espaço. Para se inspirar, confira a seleção abaixo, você vai adorar.

24

O ar romântico do quarto foi garantido na cor amarela. Christy Carvalho usou móveis práticos e de estilo clássico. Foto: Divulgação

25

O espaço das gêmeas conta ainda com papel de parede e um bonito criado-mudo. Foto: Divulgação

26

Cama e berço ocupam o mesmo espaço no ambiente planejado por Luciano Dalla Marta. O pé direito alto pode ser dividido sem afetar a sensação de amplitude. Foto: Divulgação

27

As prateleiras e as caixas ajudam a manter o ambiente organizado. Foto: Divulgação

28

Que tal um espaço de recreação para as crianças? O lugar foi decorado por Carmen Mansor, Fernando Azevedo e Tiza Kann. Foto: Divulgação

29

O quarto feito por Andrezza Alencar valoriza o espaço com prateleiras, nichos e futons. Foto: Divulgação

30

O quarto de Ana Cristina Tavares e Claudia Krakowiack mescla itens recreativos com peças tradicionais. Foto: Divulgação

31

O frescor da praia é transmitido por meio das cores verde e azul em tonalidades pastel. Foto: Divulgação

32

O quarto planejado por Zize Zink conta com estantes forradas em tecido e itens práticos como pufes e bancos. Foto: Divulgação

33

A delicadeza do quarto feito por Silvana Lara Nogueira é mostrada na escolha do papel de parede. A cor rosa aparece em estampas e móveis. Foto: Divulgação

34

A decoração de Silvana ganhou ares modernos com o espelho atrás da prateleira. Foto: Divulgação

35

Outro diferencial do ambiente é o nicho na cabeceira da cama e a iluminação indireta. Foto: Divulgação

Fonte:    http://delas.ig.com.br/

São Paulo – Brasil – 23:39

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Decoração para quartos de bebês e crianças-II

Tonalidades claras, móveis retrô e papéis de parede trazem graça ao ambiente das crianças

Mudar a decoração do quarto das crianças é sempre uma boa ideia. O novo visual deve valorizar aspectos como praticidade, organização e, claro, beleza. Tonalidades claras, estampas reduzidas, muita geometria, painéis em tecido e até luminárias recicladas conseguem trazer um aspecto diferente ao espaço. Para se inspirar, confira a seleção abaixo, você vai adorar.

14

Abusar de cores na decoração de quartos infantis é uma saída para conseguir deixar o espaço mais alegre. Armários e nichos invadem ainda a parte superior da parede. Foto: Divulgação

15

Toalhas, sabonetes e outros objetos podem ser guardados em caixas, baús e até pequenas mesinhas. Projeto das arquitetas Mara Chap Chap e Ni Barreto. Foto: Divulgação

16

Listras espaçadas também marcam presença no quarto decorado pelo trio de arquitetas do escritório Prado Zogbi Tobar para a mostra da Q&E. Foto: Divulgação

17

Com estilo provençal, o quarto da arquiteta Marta Calazans esbanja doçura com itens brancos no mobiliário. O revestimento palhinha deixa o berço mais bonito. Foto: Divulgação

18

O painel de madeira no quarto da Maria Brasil Arquitetura traz aconchego. Destaque ainda para a mistura de estampas presentes nos móveis, tapetes e objetos decorativos. Foto: Divulgação

19

A combinação azul e amarelo traz leveza ao quarto de Silvana Nogueira. Repare mais uma vez na presença de formas geométricas espalhadas pelo ambiente. Foto: Divulgação

20

O papel de parede geométrico da Orlean, usado por André Leite e Bruna Ximenes, deixa o quarto mais dinâmico. A organização do ambiente é facilitada com as estantes. Foto: Divulgação

21

O cabideiro instalado na parede deixa tudo mais lúdico no quarto decorado por Andrezza Alencar. O romantismo também ganha ajuda do espelho ornamentado. Foto: Divulgação

22

A arquiteta Aline Curvello abusa da combinação azul e marrom no quarto feito para meninos. Destaque para o móvel em laca e os nichos na parede. Foto: Divulgação

23O quarto pode ficar ainda mais personalizado com a presença de um quadro de fotografias do bebê. Aposte na ideia. Foto: iG São Paulo

Fonte:    http://delas.ig.com.br/

São Paulo – Brasil – 01:23

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

Hulk apresenta filha adotiva

Hulk tem motivos para sorrir. Conseguiu concretizar o sonho de adotar uma criança. Alice, de dois anos, é o novo membro da família do futebolista, que partilhou nas redes sociais a primeira fotografia da menina, com a seguinte mensagem: 

“Amigos, quero compartilhar com vocês uma das maiores bênçãos da minha vida: o desfecho da ação que constituiu legalmente os laços de paternidade com a minha filha – um Anjo lindo, que Deus nos presenteou, a mim e à minha família – a nossa filha, Alice! A ansiedade para apresentá-la era grande, e hoje posso realizar esse sonho! Sou o homem mais feliz do mundo! Minha família – meu bem mais precioso – agora está completa com a chegada da minha Princesa, que durante aproximadamente um ano, vem me ensinando, como nunca, a capacidade e grandeza de amar além de nós mesmos! Alice, Papai te ama!”, escreveu.

Fonte:  http://www.vip.pt

São Paulo – Brasil – 00:51

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

David Beckham é criticado por deixar a filha usar chupeta

Pais e mães de criança pequena sabem o quanto é chato sair na rua e receber todo tipo de palpite sobre a criação de seus filhos, de “Assim, ele vai passar frio” a “Que maldade brigar com a criança”. Imagine, então, se você é David Beckham e tem nada menos que 10,2 milhões de seguidores no Instagram, para citar uma única vitrine onde se pode ver o ex-jogador de futebol inglês. Nesta terça-feira, Beckham se tornou alvo de críticas por uma foto em que sua filha, Harper, de 4 anos, é vista chupando… chupeta.

Sem cerimônia, o tabloide Daily Mail saiu questionando Beckham logo em uma nota dedicada a criticar o hábito de Harper — e a, como toda alma bem intencionada das ruas, alertar para os riscos corridos pela pequena. “Por que Harper, de 4 anos, ainda usa chupeta? Especialistas alertam que a menina de David e Victoria Beckham pode acabar com ‘problemas de fala ou dentários’ se continuar a utilizar uma”, diz o enorme título do texto. Que irritou David Beckham.

Em seu perfil no Instagram, o ex-jogador rebateu o Daily Mail no mesmo estilo: com uma pergunta iniciada por um “Why”. “Por que as pessoas se sentem no direito de criticar um pai sobre a criação de seus filhos sem ter quaisquer fatos a respeito?? Todo mundo que tem filhos sabe que, quando eles não estão se sentindo bem ou têm febre, se faz o possível para confortá-los, e na maior parte das vezes a solução é uma chupeta”, escreveu Beckham. “Pense duas vezes sobre o que você diz a respeito do filho dos outros, porque, na verdade, você não tem nenhum direito de me criticar como um pai…”

David Beckham, 40, é casado com a ex-Spice Girls Victoria, com quem tem quatro filhos: Brooklyn Joseph, 16, Romeo James, 12, Cruz David, 10, e Harper Seven, 4.

Fonte:     http://veja.abril.com.br/

São Paulo – Brasil – 22:30

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™ – Ajude a encontrar “bebês Brazuca” pelo Brasil

Faltam 196 dias para o início da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014™, 12 de junho a 13 de julho de 2014. Já temos as seleções classificadas e os respectivos cabeças de chave, e no próximo dia 06 de dezembro teremos o sorteio dos grupos. Mas antes, a adidas tem uma surpresa para alguns brasileiros sortudos, e o Batom e Futebol traz diretamente esta novidade para os seus seguidores. Confira abaixo!

Seleções classificadas – Foto: FIFA

Na próxima terça-feira (03/12) será o nascimento oficial da bola da Copa do Mundo, a Brazuca. Para comemorar essa data tão importante a adidas está buscando os “bebês Brazuca”, ou seja, TODOS os brasileiros nascidos no País no dia 03 de dezembro de 2013 terão direito a bola oficial do torneio.

Para simbolizar a iniciativa, a maternidade que mais entrega bebês no Brasil ganhará um berçário especial, com Brazucas à espera de seus novos pequenos donos. O Amparo Maternal, em São Paulo, referência em saúde da gestante pela Organização Mundial da Saúde (OMS), tem uma média diária de 20 partos e, no dia 3/12, todos que ali nascerem serão os primeiros do mundo a terem uma Brazuca.

Além das crianças do Amparo Maternal, todo brasileiro que nascer no dia 03 de dezembro de 2013, em qualquer lugar do Brasil, estará apto a ter um exemplar da bola. A distribuição será feita em 12 postos de troca espalhados pelo Brasil (um em cada cidade-sede) e, para a retirada, bastará apresentar a certidão de nascimento do bebê (e uma cópia). Os endereços estarão disponíveis em www.adidas.com.br/eusoubrazuca e a troca acontecerá nos dias 06 e 07 de dezembro, sexta-feira e sábado.

E aí, gostou? Então divulgue esta campanha e ajude a encontrar os “bebês Brazuca” por este Brasil a fora!

* A página com os endereços só estará disponível no dia 03/12.

São Paulo – Brasil – 14:17

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Por Josy Galvão

Quartos de bebê: 8 ambientes para você se inspirar

Funcionais, modernos e sofisticados… Confira diferentes estilos de quartos de bebê e fique cheia de ideias para decorar o cantinho do seu filho.

Fofo e funcional

A arquiteta Karin Heinzen, do Ateliê de Arquitetura, assina este ambiente romântico. Os móveis em marcenaria têm linhas retas, contrastando com o berço e poltronas em estilo clássico, enquanto os acessórios trazem alegria ao espaço.

Foto: Divulgação

Contemporêneo

Este quartinho, assinado pelas arquitetas Andrea Lacerda e Kika Guzzo, tem decoração contemporânea, em bege e branco, que atende tanto a meninos quanto a meninas.

Foto: Divulgação

Futurista

Com tons de branco, rosa, cinza e preto, a dupla Mariana Albuquerque e Guilherme Ommundsen, criaram uma proposta futurista, com peças e obras da artista Lina Bo Bardi. A praticidade vem de forma inovadora: os brinquedos das crianças são organizados no teto e suspensos, tornando a circulação do ambiente livre

Foto: Divulgação

Atemporal

Ao elaborar este projeto, a arquiteta e urbanista Camila Braga refletiu sobre o rápido crescimento de um bebê e criou um ambiente atemporal, no qual os pais podem proporcionar à criança um espaço amplo, agradável e sem a necessidade de reformas em um futuro próximo.

Foto: Divulgação

Lúdico

A decoração montada por Afrodite Sakkás Bueno e Tânia Benin agrega nichos de leitura, mesas de atividades, TV e DVD. Ao tablado é também dada a função de ser um palco, onde os gêmeos possam brincar, cantar e dançar. As cores alegres reforçam a intensão de quarto lúdico e a mesa giratória quando recolhida amplia o espaço para as brincadeiras.

Foto: Divulgacão

Moderno

Com estilo moderno característico, a arquiteta Mayra Lopes imprimi um novo conceito ao quarto do bebê. O ousado projeto transformou o ambiente em uma suíte aliando a contemporaneidade urbana, à delicadeza do bebê e o neoclassicismo da homenageada Daniela Albuquerque.

Foto: Divulgação

Aconchegante

A arquiteta Aline Facanali projetou o quarto de bebê em estilo moderno com um toque de clássico, usando muita madeira. O ambiente foi pensado com foco na mãe e na criança de forma bastante funcional. A iluminação foi projetada para dar conforto durante os cuidados com o pequeno.

Foto: Divulgação

Quarto da bagunça

Presente na maioria das casas de quem tem filhos, o cantinho da bagunça é o espaço de refúgio dos sonhos dos pequenos. E essa foi a inspiração do ambiente assinado pela arquiteta Camila Rosa. O projeto mostra um quarto lúdico e funcional cheio de mini detalhes.

Foto: Divulgação

Fonte: http://mdemulher.abril.com.br

São Paulo – Brasil –  18:47

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

JGalvão

Príncipe William e Kate deixam hospital após mostrarem bebê ao público

O casal posa para os fotógrafos antes de deixar o hospital

Lefteris Pitarakis/AP
Príncipe William segura o filho em frente ao hospital
Os duques de Cambridge, Kate Middleton e príncipe William, deixaram o hospital St. Mary´s, em Londres, nesta terça-feira, 23, com o filho recém-nascido e devem seguir para o Palácio de Kensington.
Príncipe William e Catherine, duquesa de Cambridge, mostra seu filho recém-nascido para a imprensa, do lado de fora do Hospital de Santa Maria, em LondresPríncipe William e Catherine, duquesa de Cambridge, mostra seu filho recém-nascido para a imprensa, do lado de fora do Hospital de Santa Maria, em Londres – Ben Stansall/AFP

“É um momento muito especial”, disse o príncipe William, enquanto segurava o bebê, em uma aparição antes de deixarem o local. O casal saiu do hospital, Kate segurando a criança, e foi muito aplaudido pela multidão que aguardava para ver o terceiro na linha de sucessão ao trono britânico.

Antes de passar o filho para os braços de William, Kate acenou para o público e disse que “qualquer família sabe como estamos nos sentindo, conhece esse sentimento.”

Príncipe William e Catherine, Duquesa de Cambridge mostra seu filho recém-nascido para a mídia do mundo, do lado de fora do Hospital de Santa Maria, em Londres

O nome do bebê ainda não foi divulgado. “Ainda estamos pensando em um nome”, afirmou o duque de Cambridge antes de deixar o local com a família.

Mais cedo, ele agradeceu as pessoas que trabalham no hospital “pelo cuidado extraordinário que nós três temos recebido”. “Nós sabemos que tem sido um período conturbado para o hospital e gostaríamos de agradecer a todos – funcionários, pacientes e visitantes – pela compreensão durante esse momento”, disse o duque de Cambridge em comunicado.

Filho recém-nascido do Príncipe William e Catherine, Duquesa de Cambridge é visto em um assento de carro fora do Hospital de Santa Maria, em Londres

Filho recém-nascido do Príncipe William e Catherine, Duquesa de Cambridge é visto em um assento de carro fora do Hospital de Santa Maria, em Londres

Filho recém-nascido do Príncipe William e Catherine, Duquesa de Cambridge é visto em um assento de carro fora do Hospital de Santa Maria, em Londres – AP

Kate deu à luz um menino de 3,8 quilos às 16h24 (horário local) na segunda-feira. Nesta terça-feira, o palácio já havia dito que “mãe, filho e pai passam bem”. O menino vai assumir o terceiro lugar na linha de sucessão ao trono britânico, seguindo o pai, William, e o avô, príncipe Charles./ AP

Fonte: http://www.estadao.com.br

São Paulo – Brasil –  17:50

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

JGalvão

Kate Middleton dá à luz ao primeiro filho com o príncipe William

Príncipe William e Kate Middleton anunciam o noivado em Londres, 16 de novembro de 2010

Príncipe William e Kate Middleton anunciam o noivado em Londres, 16 de novembro de 2010 – Chris Jackson/Getty Images

Pouco mais de dois anos após o casamento com o príncipe William, Kate Middleton deu à luz o primeiro filho do casal nesta segunda-feira às 16h24 (horário local, 12h24 no horário de Brasília). Ao confirmar a notícia, o Palácio de Buckingham encerrou também o mistério em torno do sexo do bebê, mantido em segredo durante toda a gravidez. O nome da criança, porém, só será revelado nos próximos dias, conforme protocolo da família real britânica. Especula-se que William e Kate optem por um nome bastante tradicional – e que remeta a outros personagens históricos da realeza. O menino nasceu com 3,7 quilos e receberá o título de príncipe de Cambridge.

O hospital escolhido por Kate para o parto, St. Mary’s de Paddington, no centro de Londres, é o mesmo em que a princesa Diana, morta em 1997, deu à luz os príncipes William e Harry. Desde o dia 2 de julho pelo menos sessenta fotógrafos estão acampados em frente ao local na tentativa de registrar a primeira imagem de William e Kate com a criança.

Como seu pai, o príncipe Charles, fez no dia de seu nascimento, em 1982, William quebrou o protocolo e assistiu ao parto, que durou mais de 10 horas. Até o nascimento de William, há 31 anos, os pais da realeza costumavam ficar do lado de fora da sala de parto.

Em março, um ato falho de Kate chegou a ser considerado uma pista de que a duquesa esperava uma menina. Presenteada por uma admiradora com um urso de pelúcia branco, Kate teria respondido: “Obrigada, vou levar para minha fi…”. Imediatamente, ela se corrigiu: “Para o meu bebê”.

Efeito bebê – Analistas estimam que o frisson em torno do nascimento do bebê real possa injetar na economia inglesa até 240 milhões de libras (380 milhões de dólares), fortuna derivada da venda de produtos licenciados, do aumento no fluxo de turistas e do bookmakers, mercado de apostas, que movimenta milhões na Inglaterra com palpites sobre o nome do bebê, a cor dos seus cabelos e até a idade em que ele vai ser fotografado pela primeira vez dentro de um clube noturno. Em entrevista à agência de notícias France-Presse, o especialista Gary Burton revelou que os palpites já ultrapassaram o montante de 750 000 libras (equivalente a 2,5 milhões de reais) na empresa de apostas Coral, a qual dirige.

Os números se justificam tendo em vista que sobre a cabecinha coroada do bebê de William e Kate repousa a responsabilidade da manutenção de uma instituição milenar, a monarquia britânica. Segundo um estudo divulgado em junho do ano passado pela consultoria britânica Brand Finance – especializada em avaliação e gestão de marcas -, o valor comercial da realeza britânica já supera 44,5 bilhões de libras (mais de 139 bilhões de reais). A pesquisa sugere que, se fosse colocada à venda como qualquer outro negócio, a monarquia valeria mais do que as redes de supermercado locais Tesco (33 bilhões de libras) e Marks & Spencer (7,4 bilhões de libras) juntas, por exemplo. O bebê de William torna-se o terceiro na linha de sucessão ao trono, atrás do avô e do pai. Os herdeiros são a forma de perpetuação da monarquia. Logo, ao presentear a rainha Elizabeth II com uma bisneta, William e Kate cumprem o papel que se esperava deles: contribuem para garantir a longevidade do reinado dos Windsor.

William é hoje uma das mais populares figuras da família real. Ele herdou da mãe, a princesa Diana, a beleza, a simpatia e a naturalidade no trato com os plebeus. Cumpre à risca todos os compromissos oficiais e está sempre sorrindo em público. Ele sabe que é a maior aposta do Palácio de Buckingham para garantir a popularidade da monarquia inglesa junto aos súditos – o futuro do negócio familiar do qual é o herdeiro depende em grande medida de seu sucesso nessa missão. A escolha de Kate, uma plebeia, para caminhar ao seu lado nessa empreitada tem se mostrado cada dia mais acertada.

Ao longo dos oito anos de namoro que antecederam o casamento, ocorrido em abril de 2011, Kate foi submetida a vários testes. No escaneamento feito pela rainha das qualidades da duquesa, as que mais contaram foram a discrição e a compostura. Desde que se passou a integrar a família real, Kate segue à risca seu papel – inclusive o de garantir à rainha um bisneto. O charme, o carisma e, acima de tudo, a vocação para servir de exemplo reservam ao casal um lugar cativo em meio aos súditos. Até no teste da fotografia em topless o casal passou. A crise provocada pela divulgação de fotos da duquesa em momentos íntimos com o marido durante uma viagem à França, em 2012, foi enfrentada com profissionalismo e disciplina. Kate mostrou que tem autocontrole para enfrentar situações de emergência.

Fora do palácio – Ao contrário de Diana, filha de condes, Kate é a primeira plebeia de verdade a entrar para a realeza. Foi na família da mulher que William finalmente encontrou um ambiente doméstico estruturado: os pais de Kate, Carole e Michael, não moram em palácios, não se traem publicamente e não têm mordomos como maiores confidentes. Ou seja, um bebê da realeza inglesa pela primeira vez vai ser criado também por uma família “comum” – os novos papais, aliás, passarão os primeiros dias após a chegada do bebê na casa da família da duquesa.

Tragicamente órfão de mãe aos 15 anos, William chegou a experimentar um modelo de criação menos formal. Ao invés de delegar a educação e os cuidados com os filhos aos empregados, como era praxe nos domínios de Buckingham, Diana fazia questão de levá-los à escola e cumprir trajetos a pé com os dois pelas ruas de Londres, apesar do constante assédio dos paparazzi. Ela e Charles também fizeram muitas viagens de férias com os filhos, algo que raramente acontecia com os antepassados da rainha Elizabeth II, deixados na companhia de babás enquanto os pais se ausentavam. A exemplo do pai, William e Harry recusaram a tradição de receber educação circunscrita aos limites do palácio. William formou-se na Universidade de St. Andrews, na Escócia, onde conheceu Kate. Espera-se que o filho do casal siga pelo mesmo caminho.

A criação do herdeiro real

Parto

Tradicionalmente, os herdeiros reais nasciam diante de uma plateia de testemunhas da realeza, como forma de garantir que a criança era mesmo legítima e não havia sido trocada na hora do parto. O pai, por outro lado, tinha de ficar do lado de fora da sala aguardando. O príncipe Charles foi o primeiro a quebrar o protocolo, ao assistir ao nascimento do primogênito, William. O parto do príncipe, aliás, foi considerado ‘inovador’ porque Lady Di deu à luz em um hospital, longe dos limiter do palácio.

Babás

Nas gerações anteriores de herdeiros reais, a criança era criada por quatro pessoas: uma babá, uma assistente de babá, uma empregada e um mordomo. As babás eram contratadas para trabalhar em tempo integral. Os herdeiros passavam pouco tempo com os pais. Diana e Charles revolucionaram essa prática. Eles sempre eram vistos com William e Harry em viagens de férias. William e Kate já deram sinais de que também vão ser pais em tempo integral e vão aceitar apenas ajuda das babás, em vez de delegar totalmente os cuidados do bebê.

Educação

A educação formal de um herdeiro real, de acordo com a tradição, era circunscrita aos limites do palácio e nem sempre incluía um curso superior. A rainha Elizabeth II, no entanto, foi a última a ser educada nesses moldes. Seu filho Charles foi para a escola (onde, aliás, sofreu bullying) e para a universidade. E os príncipes William e Harry seguiram o mesmo caminho, assim como deve acontecer com o bebê real.

Assédio

Ser alvo do assédio dos paparazzi é uma sina enfrentada por qualquer membro da família real. Por isso, já se cogitou a possibilidade de o palácio real assinar um acordo com a imprensa britânica para preservar a criança do assédio até ela completar 18 anos, semelhante ao que se fez com relação a William e Harry.

Vida social

Diferente de antigamente, o filho de Kate e William não será privado da convivência com outras crianças fora do círculo da realeza, mesmo porque a própria mãe tem origem plebeia e não deve querer que a infância do primogênito seja muito distante da sua. O modelo é o oposto da criação da rainha Elizabeth II e de seus antepassados, que raramente deixavam o palácio e, quando o faziam, tinham de respeitar regras minuciosamente estipuladas.

Instituição milenar – Um dos motivos que explica a longevidade da monarquia britânica é ter-se afastado das decisões políticas. Essa separação começou a ser moldada no século XIV, quando surgiram as duas Câmaras parlamentares, a dos comuns e a dos lordes. Mas o rei manteve a supremacia até 1689. Naquele ano, durante uma grave crise de sucessão, uma lei definiu o Parlamento como autoridade máxima. O poder político foi gradativamente transferido para as mãos do povo, sem que fosse preciso decapitar o monarca, como fizeram os franceses no século XVIII. Atualmente, o monarca chefia o estado e (sempre) aprova a indicação do primeiro-ministro feita pela Câmara dos Comuns. Desde o fim do século XIX ficou acertado que o monarca tem três direitos – “o direito de ser consultado, o direito de aconselhar e o direito de advertir”.

Há 61 anos no trono, Elizabeth II é alvo da branda, porém crescente, pressão da opinião pública para que abdique do trono devido à idade avançada. Em pesquisa realizada pelo jornal Sunday Times em maio, 53% dos entrevistados responderam sim ao serem perguntados se a rainha deveria permanecer no trono até o fim de sua vida. A porcentagem representa a maioria, porém, é menor do que a registrada no mês de março, quando 64% das pessoas disseram pensar dessa forma.

Abrir mão do reinado tem sido cada vez mais comum em monarquias europeias. Só neste ano,dois monarcas aposentaram a coroa: o rei da Bélgica, Alberto II, e a rainha Beatrix na Holanda. Pela linha sucessória, o príncipe Charles é o próximo a ser entronado. Há algum tempo, ele já vem representando a mãe em compromissos de peso, como na reunião de cúpula da Commonwealth, a ser realizada em Colombo, no Sri Lanka, no mês de novembro. Será a primeira vez que a rainha vai se ausentar da reunião desde 1971. Segundo fontes ouvidas pela agência de notícias France-Presse, isso é indício de que o Palácio de Buckingham quer poupar Elizabeth de viagens ao exterior. A última viagem da rainha para fora da Inglaterra, para Austrália e Nova Zelândia, ocorreu em novembro de 2011. Em março passado, ela precisou cancelar uma viagem a Roma devido a uma hospitalização de 24 horas, a primeira em mais de dez anos.

O que você provavelmente não sabia sobre o herdeiro real

Bebê tecnológico

Como manda a tradição, o anúncio do nascimento do bebê real será feito através de um ofício de papel afixado em um cavalete de madeira na frente do palácio de Buckingham. Mas, pela primeira vez, a notícia será dada também nas redes sociais, pelo perfil oficial da monarquia inglesa (@BritishMonarchy, no Twitter). Inicialmente, serão divulgados apenas o sexo, a hora do nascimento e as medidas da criança. O nome pode demorar até uma semana para sair.

A capacidade de resistência e de adaptação da monarquia britânica, além da relação primal que os britânicos têm com ela, é explicada mais pela narrativa mitológica do que pela lógica política. Imperadores, reis, rainhas e princesas continuam a fascinar a humanidade muitíssimo tempo depois que o sistema de um único governante hereditário, mais ou menos contemporâneo da emergência dos estados nacionais, deixou de ter utilidade como fator unificador.

Fonte: http://veja.abril.com.br

São Paulo – Brasil – 17:04

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

JGalvão