Posts Tagged ‘clube londrino’

Drogba não pensa em aposentadoria e faz mistério sobre futuro

Drogba com a medalha do título da Liga dos Campeões vencido pelo Chelsea em 2012. Foto: Getty Images.

Aos 37 anos, o atacante marfinense Didier Drobga deixou claro que não pretende pendurar as chuteiras ao final desta temporada, mas seu futuro com o Chelsea continua incerto.

“Já tomei minha decisão, e tudo que posso dizer é que esta não é minha última temporada”, afirmou o veterano depois da vitória de domingo sobre o Queens Park Rangers (1-0).

Ao ser perguntado se pensa em continuar no Chelsea apesar de não ser titular, o marfinense foi enigmático. “É difícil entrar nesses jogos nesse tipo de situação, mas sempre procuro dar meu melhor”, ressaltou.

Na semana passada, o técnico do Chelsea, José Mourinho, disse que ainda não conversou com Drogba sobre o futuro. “Temos muita coisa para conversar, mas não sei o que ele quer”, despistou o português.

Drogba voltou ao clube londrino nesta temporada, depois de uma primeira passagem brilhante, de 2004 a 2012, com 157 gols em oito temporadas, e uma atuação heroica na final da Liga dos Campeões de 2012, vencida nos pênaltis diante do Bayern de Munique.

Mesmo sem ser titular, o veterano marfinense anotou seis gols em 35 jogos nesta temporada.

Fonte: http://esporteinterativo.com.br/

São Paulo – Brasil – 22:30

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Chelsea está bem próximo de vender Hazard

Foto: Divulgação

Os torcedores do Chelsea que só tem o costume de ler as manchetes dos jornais tomaram um susto na manhã desta quarta-feira, último dia de 2014. De acordo com o Daily Mail, os Blues estão bem próximos de selar a transferência de Hazard para o Borussia Mönchengladbach. Mas não se trata do camisa 10, Eden Hazard, que vem fazendo enorme sucesso no clube, e sim de Thorgan Hazard, irmão mais novo do craque, de apenas 21 anos.

Thorgan chegou ao Chelsea em 2012, junto com o irmão. Porém, por ser muito novo, não teve chances na equipe principal, sendo emprestado para o Zulte Waregem, da Bélgica. No início desta temporada, o mais novo dos Hazard foi emprestado novamente, desta vez para o Borussia Mönchengladbach.

E os alemães gostaram do potencial do jovem meia. Ele se adaptou rapidamente ao país e já deu quatro assistências no Campeonato Alemão, sendo parte importante da boa campanha que o clube faz no torneio, ocupando a quarta posição.

Ainda de acordo com o jornal inglês, o Borussia Mönchengladbach está disposto a pagar 6,3 milhões de libras (aproximadamente 26 milhões de reais) para ficar com o Thorgan Hazard em definitivo. E a proposta parece ser mais que suficiente para uma resposta positiva do clube londrino.

Fonte: http://esporteinterativo.com.br/

São Paulo – Brasil – 21:59

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Wenger quer segurar Podolski no Arsenal

O técnico do Arsenal, Arsene Wenger, confirmou que pretende manter Lukas Podolski no elenco do clube londrino: “Ele é jogador do Arsenal e eu quero que ele fique”, declarou o técnico dos “Gunners” durante uma coletiva de imprensa antes do jogo na próxima quinta-feira contra o Southampton.

Há meses que rolam boatos na mídia europeia sobre uma eventual transferência do jogador alemão que no Arsenal curte um banco de reservas desde sua volta da Copa do Mundo. A última informação é de que Podolski estaria prestes a assinar um contrato com a Inter de Milão.

Wenger acha que isto é uma piada: “Só pode ser. Não é sério. É apenas fofoca”, disse o técnico francês. De acordo com o jornal italiano “Gazzetta dello Sport” o Arsenal quer dois milhões de Euros (aproximadamente R$ 7 milhões) pelo empréstimo do jogador até o final da temporada, mas o diretor de esportes da Inter, Piero Ausilio, teria oferecido apenas 1,7 milhões de Euros (aprox. R$ 6 milhões).

Fonte: http://www.bundesliga.com.br/

São Paulo – Brasil – 23:56

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Futebol Feminino – Líderes seguem em alta pelo mundo

Líderes seguem em alta pelo mundo

Por um lado, a Copa do Mundo Feminina Sub-20 da FIFA Canadá 2014 começa lentamente a ocupar o centro das atenções. Por outro, alguns dos grandes campeonatos nacionais seguem agitados e com muita emoção. Na Liga Americana de Futebol Feminino (NWSL), as equipes estão lentamente caminhando para o seu objetivo e começam a pensar nos mata-matas. Na Inglaterra, o Chelsea igualou o número de pontos do líder e na Finlândia a situação segue sem alterações.

Confira um resumo dos acontecimentos mais importantes nas principais ligas nacionais femininas do planeta.

EUA: Seattle segue imbatível
O Seattle Reign é sem dúvidas o clube a ser vencido no momento na NWSL. A equipe da treinadora Laura Harvey não deixou dúvidas disso no domingo, diante de 5.957 espectadores. O líder do Campeonato Americano goleou o Portland Thorns por 5 a 0. Sydney Leroux, Megan Rapinoe, Kim Little e Nahomi Kawasumi (duas vezes) foram as autoras dos gols dos visitantes. A vitória foi um passo a mais do Seattle para ter a vantagem de jogar em casa nos mata-matas. Apenas os quatro melhores da fase de pontos corridos se classificam para as semifinais.

O Kansas City é outro que está determinado a chegar às etapas decisivas. O clube derrotou o Sky Blue por 2 a 1 com gols de Amy Rodriguez e Lauren Holiday e manteve o seu retrospecto invicto em casa.

Os quatro primeiros: Seattle Reign (46 pontos), Kansas City (37), Portland Thorns (30) e Washington Spirit (28)

Inglaterra: Chelsea iguala número de pontos do Birmingham
Depois da vitória por 2 a 1 sobre o Bristol Academy, o Chelsea empatou em pontos com o líder do Campeonato Inglês. Yuki Ogimi e Eniola Aluko fizeram os gols que garantiram os três pontos ao clube londrino, que superaria o Birmingham também em saldo de gols se tivesse balançado as redes mais uma vez. “Estou decepcionada com a minha equipe”, afirmou a treinadora do Chelsea, Emma Hayes, pouco impressionada com o desempenho das comandadas. “Faltou a elas profissionalismo e em outro dia o Bristol teria conseguido mais neste jogo. Ainda temos muito a aprender para garantir que não soframos nenhum retrocesso.”

Por outro lado, o Liverpool perdeu a oportunidade de se aproximar dos dois primeiros. O clube foi derrotado por 1 a 0 pelo Manchester City e tem cinco pontos a menos que os líderes. O Liverpool só se mantém na terceira colocação porque tem um saldo de gols melhor que o do Manchester.

Os três primeiros: Birmingham City e Chelsea (ambos com 17), Liverpool (12)

Finlândia: Situação inalterada no topo
No Campeonato Finlandês, a situação permaneceu sem alterações, pelo menos na parte de cima da tabela. O líder Aland United enfatizou as suas ambições de título com uma vitória por 2 a 1 sobre o Merilappi United. Cynthia Uwak marcou os dois gols do triunfo. Já o PK-35 venceu o Kokkola F10 também pelo placar de 2 a 1. Apenas o terceiro colocado do campeonato, o Honka, não conquistou pontos na 16ª rodada. O clube foi derrotado por 3 a 1 pelo Turun Palloseura, que subiu para sexto com o resultado positivo.

Os três primeiros: Aland United (37), PK-35 (36) e Honka (30)

Japão: Leonessa se recupera
No Japão, o INAC Kobe Leonessa está em clara ascensão. Depois de uma goleada por 6 a 0 sobre o Kibi International University na penúltima rodada, o clube agora venceu o Kunoichi por 2 a 1. O tricampeão japonês chegou a 26 pontos e está na quarta colocação, mas com o olhar firme direcionado para os três primeiros, que somaram apenas um ponto na última rodada. O encontro entre o líder Urawa Red Diamonds e o terceiro colocado NTV Beleza terminou sem gols, enquanto o Okayama Yunogo Belle também não passou de um empate por 1 a 1 com o Vegalta Sendai.

Os três primeiros: Urawa Red Diamonds (33), Okayama Yunogo Belle (30) e NTV Beleza (28)

Fonte: http://pt.fifa.com/

São Paulo – Brasil – 23:14

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Brasil 2014 – Os jogadores que podem surpreender na Copa

Thibaut Courtois, da Bélgica

Posição: goleiro
Clube: Chelsea (emprestado ao Atlético de Madri)
Idade: 21 anos

Se muitos apostam na seleção da Bélgica como uma possível surpresa na Copa, isso muito se deve ao ótimo goleiro Thibaut Courtois. O camisa 1 vive grande fase no Atlético de Madri e já é considerado um dos melhores jogadores do mundo em sua posição, com apenas 21 anos. Revelado pelo Genk, de seu país, Courtois foi contratado pelo Chelsea há duas temporadas – o clube londrino decidiu emprestá-lo ao clube espanhol para ganhar experiência – e, se depender da vontade do técnico José Mourinho, será o sucessor de Petr Cech em Stanford Bridge. No Mundial, ele terá a companhia de Hazard, Fellaini e outros talentosos atletas que podem levar a Bélgica até as fases mais avançadas.

Koke, da Espanha

Posição: meio-campista
Clube: Atlético de Madri
Idade: 22 anos

“Koke é extraordinário. Ele tem tudo: talento, porte físico… É um jogador do presente e do futuro. Deve ser um dos principais nomes da Espanha nos próximos dez anos.” Os elogios rasgados ao atleta do Atlético foram feitos recentemente por Xavi, dono da camisa 8 da Fúria e uma referência na posição. Jorge Merodio, conhecido pelo apelido Koke, tem sido um dos destaques da equipe da capital na excelente temporada de 2014. Com passes precisos e boa visão de jogo, tornou-se o cérebro da equipe que lidera o Campeonato Espanhol. Pela forte concorrência na seleção, o jovem talento deve ser um reserva de luxo, mas pode substituir o próprio Xavi, que não tem o mesmo fôlego de antes.

Marco Verratti, da Itália

Posição: meio-campista
Clube: PSG
Idade: 21 anos

Marco Verratti não chama atenção por sua presença física: com apenas 1,65 metro, é um dos atletas mais franzinos de sua posição. No entanto, compensa a baixa estatura com ótima movimentação e passes precisos, dando uma dinâmica diferente ao jogo das equipes que defende. Se Koke deve ser o sucessor de Xavi na Espanha, o volante do PSG tem tudo para herdar a batuta de Andera Pirlo no meio-campo da Azzurra. Cria do modesto Pescara, Verratti foi levado à França pelo compatriota Carlo Ancelotti e, após duas temporadas, virou titular absoluto, ao lado do brasileiro Thiago Motta, colega de seleção italiana. Deverá ser uma ótima opção para o técnico Cesare Prandelli durante o Mundial.

Paul Pogba, da França

Posição: volante
Clube: Juventus
Idade: 21 anos

Cheio de personalidade, o volante Paul Pogba deu à seleção francesa que virá ao Brasil um ar de frescor que havia muito não se via. Volante forte e elegante – lembra o estilo do compatriota Patrick Vieira, uma referência da posição – Pogba foi fisgado pela Juventus após passagem pela base do Manchester United e rapidamente se tornou o xodó do técnico Antonio Conte. Na Juve, o francês pediu passagem e ganhou espaço em um meio-campo que conta com os consagrados Pirlo, Vidal e Marchisio. No ano passado, o promissor atleta comandou a França na conquista do Campeonato Mundial Sub-20, na Turquia e logo virou titular da equipe principal, a cargo de Didier Deschamps.

 

Andre Schürrle, da Alemanha

Posição: atacante
Clube: Chelsea
Idade: 24 anos

Um dos destaques do Chelsea nesta temporada, o veloz atacante Andre Schürrle é o menos badalado dos jogadores de frente da favorita Alemanha, mas pode ser muito útil para a equipe na Copa do Mundo, principalmente porque todas as atenções dos marcadores deverão estar voltadas para nomes como Müller, Klose e Özil. Revelado pelo Mainz, teve ótima passagem pelo Bayer de Leverkusen antes de ser contratado pelo clube inglês, onde vem sendo usado em diferentes posições do ataque pelo técnico português José Mourinho. Schürrle foi titular da seleção alemã de Joachim Löw nos últimos amistosos e brigará com Klose, Podolski e Mario Gómez pela vaga no comando do ataque.

 

Marcos Rojo, da Argentina

Posição: lateral-esquerdo ou zagueiro
Clube: Sporting Lisboa
Idade: 24 anos

Há varios anos a Argentina vem buscando acertar seus problemas defensivos para que Messi, Agüero e companhia possam brilhar no setor ofensivo. E, pelo menos no lado esquerdo da defesa, o técnico Alejandro Sabella parece enfim ter garantido o presente e o futuro da seleção. Revelado pelo Estudiantes, o versátil e aguerrido Marcos Rojo se destacou no título da Copa Libertadores de 2009, antes de transferir ao futebol europeu. Defensor de muito vigor físico, o atleta de 1,84 metro vem sendo peça fundamental do Sporting, de Portugal, nas últimas duas temporadas e já despertou o interesse do Manchester United, da Inglaterra. Pode ser uma das chaves para o sucesso argentino.

 

Jack Wilshere, da Inglaterra

Posição: meio-campista
Clube: Arsenal
Idade: 22 anos

Jack Wilshere pode ainda ser um coadjuvante em um meio-campo que conta com Frank Lampard e Steven Gerrard, mas não há dúvida de que será peça essencial no futuro da seleção inglesa. Meia de estilo clássico, Wilshere conseguiu se recuperar de problemas físicos e atualmente é o camisa 10 e queridinho da torcida do Arsenal. Ele entrou para a história do futebol da Inglaterra como o jogador mais jovem a participar de uma partida do campeonato nacional, com apenas 16 anos e 256 dias. Na Copa, Wilshere deve ser titular na equipe que terá uma primeira fase duríssima no “grupo da morte”.

 

Xherdan Shaqiri, da Suíça

Posição: atacante
Clube: Bayern de Munique
Idade: 22 anos

No habilidoso pé esquerdo de Shaqiri recaem as esperanças da Suíça de avançar ao menos às oitavas de final da Copa. O meia-atacante nasceu no Kosovo, mas se mudou ainda garoto para a Basiléia, onde se destacou com a camisa do Basel. Suas arrancadas em velocidade e finalizações precisas logo atraíram o interesse das principais equipes do planeta e, no ano passado, o Bayern fechou com o atleta. No clube bávaro, Shaqiri passou a maior parte do tempo na reserva – a concorrência com Robben, Ribéry, Mandzukic e Müller o prejudicou -, mas levantou seis taças em menos de duas temporadas. Em um grupo com França, Honduras e Equador, a Suíça, de Shaqiri, tem boas chances.

Miralem Pjanic, da Bósnia

Posição: meio-campista
Clube: Roma
Idade: 24 anos

Estreante em Copas, a Bósnia-Herzegovina conta com jogadores interessantes, sobretudo do meio para frente. O badalado atacante Edin Dzeko será a grande referência do time, mas o matador terá o habilidoso Miralem Pjanic como seu principal aliado. Meia de muita técnica e visão de jogo, ele se destacou com a camisa do Lyon (foi uma espécie de discípulo de Juninho Pernambucano e herdou a camisa 8 do craque brasileiro), antes de assinar com a Roma, em 2011. Pjanic chegou a jogar pelas seleções de base de Luxemburgo, país onde passou parte da infância, mas optou por defender a Bósnia e tentará surpreender os adversários argentinos, nigerianos e iranianos na primeira fase.

 

Jackson Martínez, da Colômbia

Posição: atacante
Clube: Porto
Idade: 27 anos

A torcida colombiana sofreu um duro baque no início deste ano com a lesão de seu principal craque, Radamel Falcao Garcia. O artilheiro do Mônaco ainda mantém alguma esperança de vir ao Brasil (sua recuperação tem sido melhor do que se previa). Caso sua ausência seja confirmada, porém, Jackson Martínez deverá seu o substituto. O artilheiro do Porto já não é mais tão garoto, mas só se tornou conhecido ao chegar à equipe portuguesa, após vários anos defendendo o Independiente de Medellín, da Colômbia, e o Jaguares, do México. Forte e rápido, Martínez terá a companhia de outros jovens valores, como James Rodríguez e Juan Cuadrado na seleção que volta à Copa após dezesseis anos.

São Paulo – Brasil – 23:02

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Por Josy Galvão