Posts Tagged ‘Di Maria’

Alemanha – Beckenbauer afasta a possibilidade de Di Maria para substituir Ribéry

Beckenbauer

O presidente honorário do Bayern Munique, Franz Beckenbauer, afastou a possibilidade de o clube avançar para a contratação do argentino Angel Di María para substituir uma possível baixa do francês Franck Ribéry.

O jogador francês tem sofrido com sucessivas lesões, havendo notícias  de que poderia até anunciar o final de carreira dentro em breve, pese embora ter ainda mais dois anos de contrato com o Bayern Munique.

É certo, porém, que o clube bávaro não está pensando no argentino Di María como um possível substituto, segundo considerou Franz Beckenbauer.

“Acho que ninguém consegue substituir Ribéry e a sua forma de jogar. Além disso, vejo Di María como um médio-ofensivo para jogar no centro, não penso que seja um verdadeiro lateral”, declarou.

Fonte:    http://www.abola.pt/

São Paulo – Brasil – 22:49

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Di María diz que Real Madrid pressionou para que ele não jogasse a final da Copa

Ángel Di María sofreu uma lesão nas quartas de final da Copa do Mundo
Ángel Di María sofreu uma lesão nas quartas de final da Copa do Mundo

Angel Di María disse nesta sexta-feira que o Real Madrid o pressionou para que ele não jogasse a final da Copa do Mundo pela seleção argentina, em outro capítulo amargo após sua saída da equipe espanhola.

Di María deixou o Real Madrid há poucos dias e foi contratado pelo Manchester United, acusado pelo clube espanhol de pedir um valor impossível de pagar para renovar seu contrato.

“Teve uma carta do Madrid que chegou as 11 da manhã do dia da partida, nós jogaríamos as 4 da tarde (…) Eu estava colocando gelo na perna para estar na final”, disse Di María à rádio argentina América.

“A carta, quando me deram, rasguei, e não dei importância. Eu não me importava, mas foi decisão do (técnico) Alejandro (Sabella). Não queria colocar a ele nenhuma exigência, mas tampouco queria deixar a equipe com um a menos aos cinco minutos em uma partida muito importante”, completou.

Di María sofreu uma lesão muscular no jogo das quartas de final contra a Bélgica e não voltou a jogar no torneio. A Alemanha sagrou-se campeã após derrotar a Argentina por 1 a 0 na final, em 13 de julho, no Maracanã.

“Sofri muito naquela manhã, foi o pior que me aconteceu na vida porque futebolisticamente chegar a outra final de Mundial é muito difícil, se não impossível”, afirmou o meia-atacante do Manchester United.

“A carta foi entregue ao (falecido presidente da associação argentina) Julio (Grondona) e ele disse que se eu quisesse jogar, que jogasse. Pelo que entendo era algo de um seguro”, acrescentou.

O atleta, que comandou a vitória da Argentina nesta semana por 4 a 2 sobre a Alemanha com um gol e três assistências, negou ainda que quisesse deixar o Real Madrid.

Fonte: http://globoesporte.globo.com/

São Paulo – Brasil – 23:51

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Bayern pode atravessar negócio entre PSG e Real por Di María

O diário espanhol AS divulga em sua edição desta quarta-feira que o Bayern de Munique está atento às negociações envolvendo o meia Di María e o PSG. O clube alemão pode tentar atravessar o negócio, embora a novela com os franceses esteja em capítulos avançados.

Ainda segundo o AS, o clube do treinador Pep Guardiola chegou atrasado. Di María está propenso a dar prioridade ao PSG, clube que fez a primeira oferta e que se mostra bastante interessado em contratá-lo.

O meia está de férias na Argentina até o próximo dia 5 de agosto. Embora o técnico do Real Madrid, Carlo Ancelotti, diga que ainda conta com Di María, a própria diretoria do clube tenta convencê-lo do fato que o clube não pode perder a oportunidade de conseguir 75 milhões de euros (R$ 223,9 milhões) na negociação do jogador.

O Paris Saint-Germain subiu a proposta inicial, que era de 60 milhões de euros (R$ 179,1 milhões). Porém, antes de dar continuidade às negociações, precisa negociar jogadores para se enquadrar no Fair-Play Financeiro. As saídas mais prováveis deverão ser de Cavani e Lavezzi. É justamente por causa deste entrave que reside a esperança do Bayern em atravessar o negócio.

Fonte: http://esportes.terra.com.br/

São Paulo – Brasil – 22:42

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Brasil 2014 – Médico diz que Real Madrid vetou a participação de Di María na final da Copa

Médico diz que Real Madrid vetou a participação de Di María na final da Copa

A Argentina ficou próxima de conquistar o seu terceiro título mundial na Copa do Mundo de 2014, mas a derrota para a Alemanha, na prorrogação, deu fim ao sonho. Um dos jogadores que poderia mudar a história daquela partida seria Ángel Di María, que vinha de uma temporada fantástica, mas sofreu uma lesão muscular nas quartas de final, contra a Bélgica.

Praticamente cortado do Mundial, o argentino teve uma boa recuperação e passou a ser uma presença possível durante a semana da decisão, quando treinou com bola. Porém, ele ficou apenas no banco de reservas e, mesmo com o resultado ruim, não entrou em campo. E, como noticiou o UOL, o Real Madrid foi o responsável pela ausência do camisa 7.

Segundo um médico que acompanhou de perto o caso e foi entrevistado pelo UOL, Di María jogaria a final no sacrifício, já que estava fora das condições ideais, mas ele decidiu, junto à comissão técnica e à AFA, que iria para o jogo mesmo assim. Porém, o clube não autorizou.

O meia-atacante foi um dos destaques da Argentina, marcando gol nas oitavas de final contra a Suíça, até se machucar contra a Bélgica e não atuar mais. Além disso, o título da Champions League do Real Madrid teve grande participação do argentino, que foi eleito o melhor da decisão. Porém, o jogador não tem uma relação muito boa com o clube, e o episódio deixa isso transparecido.

Segundo o “Daily Mirror”, mesmo com a sua importância, o Real autorizou o jogador buscar um novo clube. Para o seu lugar, já foi apresentado James Rodríguez (ex-Monaco), além de Toni Kroos (ex-Bayern). Também ao UOL, um amigo confidenciou que Di María quer deixar o clube merengue.

Seu destino deve ser o PSG, que pode pagar 65 milhões de euros (R$ 194 milhões), o que seria um recorde na história do Real Madrid, já que a maior venda foi de Özil, ao Arsenal, por R$ 149 milhões. À reportagem do site, “o Real Madrid respondeu por e-mail que informações sobre os jogadores estão no site oficial do clube e não quis falar mais sobre a história da decisão da Copa.”

Fonte: http://www.goal.com

São Paulo – Brasil – 21:52

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Brasil 2014 – Di Maria tem lesão muscular e está fora da Copa do Mundo

A Argentina venceu a Belgica por 1 a 0 no Estádio Nacional de Brasília

A Argentina venceu a Belgica por 1 a 0 no Estádio Nacional de Brasília

Argentina venceu a Bélgica, neste sábado, por 1 a 0, no Estádio Nacional de Brasília, e garantiu a classificação. Porém, terá um importante desfalque para a semifinal do Mundial. Com uma lesão muscular na coxa direita, Angel Di María não terá condições de jogar no restante da competição e está fora da Copa.

A informação foi confirmada pelo diário argentino Olé. Na quarta-feira, na Arena Corinthains, em São Paulo, a Albiceleste enfrenta o vencedor de Holanda e Costa Rica, que jogam neste sábado. Di María se lesionou ainda no primeiro tempo. Ao UOL Esporte, o empresário do atleta, Eugênio Lopez, também confirmou a lesão.

O meia-atacante arrancou em velocidade pela direita, limpou para o pé esquerdo e chutou forte, acertando a marcação belga. Logo depois, caiu no gramado e o jogo foi paralisado. O argentino foi atendido fora de campo e ainda tentou continuar na partida, mas não conseguiu e precisou sair.

Um dia depois de Neymar ser cortado por uma frátura na vértebra, a Argentina perde também um dos seus principais jogadores. Di Maria foi substituido por Enzo Pérez, mas o técnico Sabella deverá estudar alternativas para o time titular sem o jogador do Real Madrid.

Fonte: http://esportes.br.msn.com/

São Paulo – Brasil – 22:06

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Real Madrid derrota o Barcelona e fatura a Copa do Rei

Casillas, que vem sendo reserva nesta temporada, teve a honra de levantar a taça da Copa do Rei.Sergio Perez/Reuters
Real Madrid faturou nesta quarta-feira sua 19.ª Copa do Rei na história e, de quebra, afundou o Barcelona em uma crise inimaginável há meses atrás. No Estádio Mestalla, em Valência, os madrilenhos foram superiores durante os 90 minutos, levaram um susto no segundo tempo, mas garantiram o título com a vitória por 2 a 1. A equipe ainda manteve vivo o sonho da “tríplice coroa”, já que está nas semifinais da Liga dos Campeões e é vice-líder do Campeonato Espanhol.
Mesmo sem o lesionado Cristiano Ronaldo, os comandados de Carlo Ancelotti aproveitaram-se do nervosismo do Barcelona e comandaram a partida. Abriram o placar cedo, com Di María, seguiram melhores, mas levaram o empate no segundo tempo, em lance de bola parada com Bartrá. Foi então que Bale, destaque do jogo, apareceu e mostrou porque custou 91 milhões de euros aos cofres do Real ao marcar um lindo gol, que definiu o título.
Torcedores do Real comemoram na Praça de Cibeles.Alberto Martín/EFE

Pelo lado do Barcelona, resta juntar os cacos de uma temporada para ser esquecida. Eliminado na Liga dos Campeões e com poucas chances de conquistar o Espanhol, o time catalão tinha na Copa do Rei a chance de minimizar o ano decepcionante. Neymar ainda teve a oportunidade de salvar a equipe da derrota, mas jogou na trave aos 44 do segundo tempo.

O JOGO
O começo de jogo foi todo do Real pressionando. Foram duas boas jogadas com Bale, que errou o alvo por pouco em ambas, até o primeiro gol. Aos 10 minutos, o galês tocou para Benzema, que, de primeira, achou Di María no limite da linha de impedimento da defesa do Barcelona. O argentino ameaçou tocar no meio, mas decidiu bater para o gol. Pinto não foi bem para ela e acabou deixando a bola entrar.

O gol logo no início tranquilizou o time madrilenho, enquanto o Barcelona tentou ir com tudo para cima, mas estava desorganizado. A equipe ficava com a bola, mas não encontrava formas de chegar à meta adversária. O melhor momento aconteceu já aos 41 minutos, quando Iniesta fez boa jogada pela esquerda, Messi aproveitou e tentou da entrada da área, mas jogou para fora.

O time catalão precisava reagir no segundo tempo, mas foi o Real quem tomou conta do jogo. Pressionando a saída do Barça, os madrilenhos sufocavam e aproveitavam os seguintes erros de passe do adversário, principalmente com Busquets para chegar. Aos três minutos, novamente Bale levou perigo em chute cruzado. Aos nove, o galês jogou por cima.

O jogo era todo do Real, que perdeu nova chance aos 21. Di María deu ótimo passe para Benzema, que bateu forte. Pinto mandou para escanteio. Na sequência, a bola foi cruzada na área, Bale subiu com o goleiro e marcou, mas o juiz já marcava falta.

O castigo para tantas chances perdidas veio na sequência. Em uma das poucas idas ao ataque no segundo tempo, o Barcelona empatou. Após escanteio da esquerda, Pepe bobeou e o zagueiro Bartrá subiu sozinho para cabecear no canto de Casillas e marcar, aos 23.

Foi apenas um susto para o Real, que seguiu melhor. Até que, depois de tanto insistir, Bale definiu a partida. Aos 39 minutos, ele recebeu um pouco atrás do meio de campo, pelo lado esquerdo. Com um toque colocou na frente de Bartrá, que ainda tentou tirá-lo da jogada no jogo de corpo. O galês até saiu de campo, mas não desistiu e chegou à bola muito antes do zagueiro adversário. Então, teve tranquilidade para entrar na área e tocar entre as pernas do goleiro.

Na base do desespero, o Barcelona foi para cima e Neymar teve a bola do jogo em seus pés. Aos 44 minutos, o brasileiro recebeu sozinho dentro da área, dominou e tirou de Casillas. Mas a bola caprichosamente tocou na trave e voltou nas mãos do goleiro, provando que o dia era mesmo do Real.

Fonte: http://www.estadao.com.br/

São Paulo – Brasil – 23:22

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão