Posts Tagged ‘joachim löw’

Schweinsteiger fará sua estreia como capitão contra a Geórgia

Bastian Schweinsteiger  vai fazer sua estreia como capitão da Alemanha contra a Geórgia: será pela primeira vez que o jogador de 30 anos vai liderar a “Nationalelf” desde o começo de uma partida. Foi o que confirmou neste sábado o técnico Joachim Löw. Será também a primeira partida de Schweinsteiger desde a final da Copa do Mundo contra a Argentina no Maracanã.

“Claro, Bastian vai estar em campo desde o começo”, declarou o técnico. Na partida contra a Austrália (2 a 2) quarta-feira passada, Löw poupou intencionalmente o atleta do Bayern Munique por conta dos últimos jogos que fez pelo clube bávaro e também porque o meio campista vinha de um longo período de contusões.

Além de Schweinsteiger, mais cinco campeões mundiais deverão começar jogando, entre eles Manuel Neuer que por causa de uma inflamação na mucosa do joelho não atuou contra a Austrália.

Löw informou ainda que “…vamos jogar no ataque. Precisamos de jogadores na frente que possam causar perigo constante para a defesa adversária.” De outro lado, o técnico ainda deixou em aberto se na defesa vai novamente jogar com três zagueiros.

Fonte: http://www.bundesliga.com.br/

Por: Gerd Wenzel

São Paulo – Brasil –00:18

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Joachim Löw admite ter ficado incomodado com empate da Alemanha diante da Austrália

Joachim Löw admite ter ficado incomodado com empate da Alemanha diante da Austrália

Na última quarta-feira (25), a Alemanha fez seu primeiro jogo em 2015. Em amistoso realizado no Fritz Walter Stadion em Kaiserslautern, os campeões do mundo empataram em 2 a 2 contra a Austrália, com gols marcados por Reus e o contestado Podolski.

O técnico Joachim Löw colocou uma equipe mista para enfrentar os Socceroos e poupou boa parte do time para o jogo do próximo domingo (29), contra a Geórgia válido pelo Grupo D das Eliminatórias da Euro 2016. O jogo será realizado em Tbilisi.

Após a partida, o comandante da Mannschaft se sentiu incomodado com o empate: “Fizemos um bom primeiro tempo, foi uma partida equilibrada e tivemos oportunidades de marcar gols, mas a falta de objetividade nos atrapalhou. A seleção da Austrália mostrou personalidade e nos incomodou em boa parte do jogo e tiveram também chances de gol e se mostraram que tem uma equipe competitiva e com futebol vistoso de se jogar”.

“Agora o nosso foco é para o jogo do final de semana contra a Geórgia que será importante para a equipe alavancar, a vitória será fundamental para as pretensões da equipe. Não começamos bem as eliminatórias e daqui para frente não podemos mais nos acomodar, e a nossa missão será a classificação para a França”.  

No final de semana, Löw vai colocar os principais jogadores e pode ter o retorno de Manuel Neuer ao gol, o novo capitão Schweinsteiger, o volante Toni Kroos e os zagueiros Hummels e Boateng que não atuaram nesta partida.

Fonte: http://www.vavel.com/

São Paulo – Brasil –23:25

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Podolski se defende das ácidas críticas da mídia

Com seu gol na noite de ontem (quarta-feira), Lukas Podolski garantiu o empate da Alemanha com a Austrália (2 a 2) e, de quebra, superou Klinsmann e Völler na lista de artilheiros da seleção alemã. Ao todo, já marcou 48 gols pela Alemanha. Logo depois do jogo ele partiu para a ofensiva contra os seus críticos contumazes.

“A mídia alemã repete tudo o que os jornais italianos publicam”, declarou irritado o jogador que, após sua transferência do Arsenal para a Inter de Milão, está sendo alvo de pesadas críticas por conta da imprensa italiana.

Klinsmann e Völler eram ídolos na Itália, mas Podolski diariamente sofre críticas humilhantes. O Corriere dello Sport, por exemplo, escreveu que “Podolski foi a pior aquisição de todos os tempos da Inter”. Pelo menos até agora, Podolski ainda não mostrou a que veio no clube italiano, mas ele está disposto a lutar e mostrar o seu valor:

“O que querem que eu faça? Me esconder por aí e encerrar minha carreira? Sempre fiz parte  da seleção e espero continuar sendo por mais algum tempo”, declarou o atacante de 29 anos que costuma ser utilizado por Joachim Löw como eventual substituto no segundo tempo, exatamente como aconteceu contra a Austrália.

“Sempre fico feliz quando sou convocado, me esforço ao máximo durante os treinos e a decisão de me escalar ou não fica por conta do técnico” disse ainda o jogador e acrescentou: “Quanto ao jogo, não foi o que esperávamos, mas nosso foco é a Georgia. Precisamos jogar mais.”

Joachim Löw, por sua vez, não deixou dúvidas: “Tenho a impressão que tem gente interessada na sua aposentadoria, mas fato é que ele agrega muito valor à seleção e os números falam por si”, referindo-se claramente aos gols que Podolski marcou pela Alemanha até agora: foram 48 em 122 jogos. Sem esquecer que, se ele é considerado na sua cidade natal “O príncipe de Colonia”, no Brasil, durante a Copa do Mundo, ele acabou sendo “O rei da simpatia”.

Fonte: http://www.bundesliga.com.br/

Por: Gerd Wenzel

São Paulo – Brasil –23:12

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Com time alternativo, Alemanha empata em casa com a Austrália

A campeã do mundo Alemanha ficou apenas no empate em 2 a 2 contra a Austrália nesta quarta-feira, em amistoso disputado na cidade de Kaiserslautern. O técnico Joachim Löw deixou estrelas como Schweinsteiger, Müller, Hummels e Schurrle, e contou com um gol de Podolski aos 36 minutos do segundo tempo para sair com a igualdade no placar.

Joachim Löw escalou um time alternativo, com o lateral-esquerdo Hector, do Colônia, e o meia-atacante Bellarabi, do Bayer Leverkusen, entre os titulares. Os retornos de Gundogan, que não atuava pela seleção desde agosto de 2013, e Badstuber, que passou muito tempo lesionado e voltou a campo somente nesta temporada, também merecem ser destacados.

Sem um atacante de ofício, Reus era o jogador mais avançado. O jogador do Borussia Dortmund abriu o placar após completar chute de Khedira, mas o gol foi anulado por impedimento. Aos 17 minutos, contudo, a parceria deu certo, com o volante do Real Madrid lançando Reus para marcar o primeiro gol do jogo.

Reus quase ampliou aos 22 minutos, ao roubar bola no campo de ataque, mas finalizou para fora. Aos 39 minutos, os australianos empataram com Troisi, que completou cruzamento de Burns de cabeça.

Após o intervalo, Rudy, do Hoffenheim, entrou no lugar de Badstuber. Aos quatro minutos, contudo, Jedinak bateu falta com precisão e Zieler, goleiro que substituiu o lesionado Neuer, não conseguiu alcançar.

As equipes então começaram a fazer alterações e dois jogadores que vieram a campo na segunda etapa proporcionaram o empate. Schurrle fez grande jogada pelo lado esquerdo e cruzou para Podolksi, que finalizou com precisão.

A Alemanha enfrenta a Geórgia no próximo domingo, fora de casa, pelas Eliminatórias para a Eurocopa. Os germânicos estão na segunda posição do grupo D, três atrás da líder Polônia. Já a Austrália entra em campo um dia depois, em amistoso contra a Macedônia.

Fonte: http://espn.uol.com.br/

São Paulo – Brasil – 22:59

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

A última chance de Podolski

Joachim Löw ainda deposita sua confiança em Lukas Podolski, mas isto certamente não durará para sempre. Quando o jogador chegou em Frankfurt ontem (segunda-feira) ao sair da Van, apenas comentou: “Está tudo bem comigo, mais não há nada para dizer.” Em seguida, se recolheu aos seus aposentos no hotel. Falar muito não adianta mesmo para Podolski. Ele vai precisar mostrar serviço em campo, caso contrário os seus dias na seleção alemã estarão contados. Em julho do ano passado, o jogador de 29 anos, conquistou a Copa do Mundo, mas já naquela ocasião não fazia parte do time titular. 

Mesmo nos clubes, o “príncipe de Colônia”, vai curtindo um banco de reservas – primeiro no Arsenal e agora na Inter de Milão. E mesmo assim, Joachim Löw o convocou para os jogos contra a Austrália e a Georgia: “Lukas sempre se engajou muito pela “Nationalelf” e fez muito pelo nosso time. Neste momento vou lhe dar todo apoio que ele precisa”, declarou o técnico na TV.

Löw conhece Podolski desde 2004. Ambos tem um relacionamento profissional e pessoal muito especial, mas apesar disso, o técnico foi claro: “Não existe cadeira cativa na seleção. O que conta é o desempenho. Ele tem o potencial e foi por isto que o convoquei. Ele precisa sentir que as pessoas confiam nele para poder render bem.”

Fonte: http://www.bundesliga.com.br/

Por: Gerd Wenzel

São Paulo – Brasil –23:31

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Primeiro treino da Alemanha conta com apenas oito jogadores

O primeiro treino da atual campeã mundial em Frankfurt contou com apenas oito jogadores. Para começar, o goleiro Manuel Neuer foi autorizado a chegar apenas nesta noite na capital financeira da Alemanha, o que efetivamente aconteceu. Em vez de participar do treino com seus colegas de seleção, Neuer passou por uma sessão de regeneração física em Munique.

Dos 23 jogadores convocados por Joachim Löw para partida desta quarta feira contra a Austrália em Kaiserslautern e contra a Georgia pelas eliminatórias da Euro 2016 no próximo fim de semana, 15 ficaram descansando no hotel. Entre outros, o próprio capitão recém-nomeado Bastian Schweinsteiger, assim  como Holger Badstuber e Ilkay Gündogan.

Löw e sua comissão técnica programaram apenas um leve treino para os outros, a saber: os goleiros Weidenfeller e Zieler, os zagueiros Hector, Höwedes e Mustafi, os meio campistas Khedira e Özil, além do atacante Kruse.

Fonte: http://www.bundesliga.com.br/

Por: Gerd Wenzel

São Paulo – Brasil –22:59

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Alemanha é convocada para amistoso e Eliminatórias da Euro 2016 com algumas ausências

Alemanha é convocada com Reus e Khedira

O técnico Joachim Löw anunciou nesta sexta-feira a lista de jogadores convocados da seleção alemã para o amistoso contra a Austrália (dia 25) e o jogo contra a Geórgia (dia 29), pelas Eliminatórias da Eurocopa de 2016.

As novidades são as voltas de Marco Reus, jogador do Borussia Dortmund e Sami Khedira, do Real Madrid, além do novato Jonas Hector, zagueiro de 24 anos do Colônia. Dos 23 convocados, 15 estiveram na Copa do Mundo.

O setor defensivo também ganhou novidades. O zagueiro Badstuber e volante Gundogan voltaram a ser chamados depois de longo período de ausência por conta de lesão.

Os principais desfalques são Schweinsteiger, Ozil, Hummels e Draxler, lesionados.

Veja a lista de convocados:

Goleiros: Manuel Neuer (Bayern de Munique), Roman Weidenfeller (Borussia Dortmund), Ron-Robert Zieler (Hannover)

Defensores: Jonas Hector (Colônia), Benedikt Höwedes (Schalke), Jerome Boateng (Bayern de Munique), Erik Durm (Borussia Dortmund), Matthias Ginter (Borussia Dortmund), Shkodran Mustafi (Valencia-ESP), Antonio Rüdiger (Stuttgart) e Sebastian Rudy (Hoffenheim)

Meio-campistas: Marco Reus (Borussia Dortmund), Sami Khedira (Real Madrid/ESP), Lars Bender (Bayer Leverkusen), Karim Bellarabi (Bayer Leverkusen), Christoph Kramer (Borussia Mönchengladbach), Toni Kroos (Real Madrid/ESP), Thomas Müller (Bayern de Munique), Lukas Podolski (Arsenal/ING), Andre Schurrle (Chelsea/ING) e Mario Gotze (Bayern de Munique)

Atacantes: Kevin Volland (Hoffenheim) e Max Kruse (Borussia Mönchengladbach)

Fonte: http://www.goal.com/

São Paulo – Brasil – 00:19

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Löw renova com seleção alemã até 2018

Com decisão, técnico campeão de 2014 busca o bicampeonato mundial na Rússia e pode repetir o feito do italiano Vittorio Pozzo, vencedor em 1934 e 1938. “Queremos continuar no topo do mundo”, diz federação.

O técnico Joachim Löw renovou o seu contrato com a seleção da Alemanha até o fim da Copa do Mundo de 2018, anunciou o próprio treinador em coletiva de imprensa realizada pela Federação Alemã de Futebol (DFB), nesta sexta-feira (13/03).

“Foi uma decisão em que tanto meu coração como minha mente disseram sim”, disse Löw. “Esperamos por muito tempo pelo sucesso que tivemos no Brasil e todos nós queremos vivenciar isso de novo. Nós temos os pré-requisitos para alcançá-lo mais uma vez.”

2015 Getty Images

Com a renovação, o treinador campeão mundial de 2014 busca o bicampeonato na Rússia e, assim, repetir o feito do italiano Vittorio Pozzo, que comandou a Azzurra nos títulos mundiais de 1934 e 1938.

Oficialmente, o novo contrato de Löw vai até o dia 31 de julho de 2018. O assistente, Thomas Schneider, e o treinador de goleiros, Andreas Köpke, também estenderem seus vínculos com a DFB até 2018.

O presidente da DFB, Wolfgang Niersbach, comemorou o desfecho. “Estou realmente muito feliz que Joachim Löw continuará sendo o treinador da Alemanha até a Copa do Mundo de 2018”, disse. “Com suas habilidades, sua ambição e classe, Jogi [como é chamado no país] faz um grande bem à seleção nacional e à Federação Alemã de Futebol. Queremos continuar no topo do mundo. Este é o nosso objetivo.”

Os valores do novo contrato não foram divulgados. No entanto, a imprensa alemã especula que ele, antes da renovação, já recebia aproximadamente 3,3 milhões de euros por ano. Löw assumiu o cargo em 2006, após dois anos como assistente de Jürgen Klinsmann e o terceiro lugar no Mundial daquele ano.

Fonte: http://www.dw.de/

São Paulo – Brasil – 00:31

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Alemanha está perto de renovar o contrato de Joachim Low

Joachim Low durante coletiva da seleção alemã
Joachim Low deve ter seu contrato ampliado até 2018
A Federação Alemã de futebol está em negociações avançadas para estender o contrato de Joachim Löw até a Copa do Mundo de 2018, que será disputada na Rússia, segundo informações publicadas pelo jornal alemão Bild nesta quinta-feira.

O treinador tem, atualmente, acordo para comandar a seleção alemã – atual campeã mundial – até a Eurocopa de 2016, na França. O presidente da Federação Alemã, Wolfgang Niersbach, e o secretário geral, Helmut Sandrock, comandam a negociação por meio de Harun Arslan, empresário de Joachim Löw.

“Estou tão motivado agora quanto em meu primeiro dia”, disse o técnico, que começou sua trajetória na seleção como assistente técnico de Jürgen Klinsmann, em 2004, antes de assumir o posto principal, depois da Copa do Mundo de 2006.

“A Copa do Mundo no Brasil foi um grande sucesso. Mas agora queremos alcançar novos objetivos. O Mundial de 2014 foi o auge, mas não a conclusão desse projeto”, completou.

A primeiro competição de Joachim Löw à frente da seleção foi a Eurocopa de 2008, quando a Alemanha chegou à final, mas foi derrotada pela Espanha por 1 a 0. No Mundial de 2010, na África do Sul, os espanhóis foram os algozes novamente, na semifinal, vencendo pelo menos placar.

Na sequência, veio a Eurocopa 2012, e os alemães também caíram, diante da Itália, em derrota por 2 a 1. A redenção veio no Brasil, com o título mundial que incluiu a goleada histórica sobre os donos da casa por 7 a 1.

 

#WeAreGermany

Fonte: http://espn.uol.com.br/

São Paulo – Brasil – 23:07

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Löw pode estar envolvido em caso de doping dos anos 70 e 80

Fantasmas do passado?

Fantasmas do passado surgem no futebol profissional da Alemanha. Segundo informações de uma comissão que avalia práticas suspeitas de uma faculdade de Medicina da Universidade de Freiburg, além de ciclistas, jogadores de futebol teriam sido dopados no local. Os atletas do Stuttgart, campeão da Bundesliga em 1984 e do Freiburg, teriam utilizado anabolizantes. Joachim Löw, atual comandante da Alemanha, participou dos dois times.

Löw tinha como companheiros nas duas equipes os irmãos Förster, Hansi Müller e Ottmar Hitzfeld. A comissão acrescenta a informação de “que é impossível especificar quais as medicações utilizadas e quais jogadores que participaram disto”.

A notícia surge no momento em que o doping é muito discutido na Alemanha. Nos últimos dias, especulações surgiram de que a seleção campeã mundial de 1954 também teria utilizado algo parecido. Franz Beckenbauer, ídolo alemão, afirmou diversas vezes que em sua época de jogador, de 64 a 83, injeções e pastilhas de todo tipo eram comuns. 

Fonte: http://www.goal.com/

São Paulo – Brasil –23:39

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão