A História dos Clubes – Werder Bremen

Nome: Sportverein Werder Bremen von 1899

Apelido: Werder 

Data de fundação: 4 de fevereiro de 1899

Localização: Franz-Böhmert-Str. 7  – 28205  – Bremen, Alemanha

Estádio: Weserstadion, com capacidade para 43.500 torcedores

Telefone: 0421 / 69 636 – 0

Site oficial: http://www.werder.de/

Cores: Verde e branco

Maior Artilheiro na Bundesliga: Marco Bode, com 101 gols

Principais títulos:

UEFA Europa League / Taça UEFA: 2008-2009

UEFA Cup Winners’ Cup:  1991–92

Campeonato Alemão:
1964/1965, 1987/1988, 1992/1993, 2003/2004

Copa da Alemanha:
1961, 1991, 1994, 1999, 2004 e 2009

Copa da Liga Alemã: 2006

Supercopa  da Alemanha: 
1988, 1993, 1994, 2006 e  2009


Brasileiros na equipe: Naldo e Wesley

História

Sportverein Werder Bremen von 1899 e. V. , mais conhecido como Werder Bremen.

Em 1898, alguns estudantes da cidade de Bremen, na Alemanha, ganharam um campeonato esportivo e tiveram como prêmio alguns artigos de variados esportes. Um deles foi uma bola de futebol, coisa rara naquele tempo em que a atividade mais popular do mundo ainda engatinhava. Os jovens ficaram surpresos em constatar que o jogo era emocionante, com muita ação e possibilidades. Assim, no dia 4 de fevereiro de 1899, fundaram o Football Club Werder Bremen. O nome foi escolhido em homenagem ao primeiro lugar em que os fundadores jogaram juntos, à beira de um rio. A palavra “werder” significa ilha fluvial.

A Primeira Guerra Mundial criou muitos problemas para a Alemanha e causou a extinção de vários clubes, mas o Werder Bremen perseverou e continuou existindo. Apesar disso, não foi tarefa fácil. Devido a dívidas contraídas na construção de seu estádio e a morte da maioria dos seus membros fundadores na guerra, a equipe só se manteve de pé devido à iniciativa de Hans Jarburg, que foi o técnico do clube depois do fim do conflito e conseguiu fazer com que o time seguisse no caminho das vitórias.

Assim que terminou a guerra, os sócios do Werder Bremen agiram com força para reestruturar o clube. De uma agremiação futebolística, passou a ser poliesportiva. Em 1920, mudou de nome para Sport Club Werder Bremen. A equipe seguiu conquistando vitórias nos torneios regionais que eram disputados na época e se tornou uma das maiores da Alemanha.

Durante o domínio de Hitler e a Segunda Guerra Mundial, o time prosperou. Com o fim desta era, o clube esteve, mais uma vez, próximo da extinção, já que o novo governo alemão proibiu a reestruturação de agremiações que tivessem funcionado durante o período nazista. Mas isso não durou muito e em dezembro de 1945, se recuperou.

Em 1961, o Werder Bremen derrotou o Kaiserslautern por 2 a 0 e se sagrou campeão nacional pela primeira vez, conquistando a Copa da Alemanha. Em 1964/1965, a equipe conseguiu vencer a Bundesliga (Campeonato Alemão), que havia sido estabelecida na temporada anterior. Depois disso, começou uma decadência que teria seu momento mais marcante em 1979/1980, quando o Werder Bremen foi rebaixado para a segunda divisão.

Não demorou muito para a equipe retornar à elite. Na temporada de 1982/1983, o Werder Bremen já estava de volta à primeira divisão nacional e terminou vice-campeão da Bundesliga. Depois de uma boa sequência na década de 1980, inclusive sendo campeão alemão em1987/1988, a maior glória veio no início dos anos 1990. Em 1992, a equipe derrotou o Mônaco na final da Recopa Europeia, conquistando o título.

Em 1992/1993, veio mais um título da liga nacional. Depois disso, mais um período com resultados não mais do que medianos. A próxima conquista só viria em 1999, quando o Werder Bremen ganhou a Copa da Alemanha mais uma vez, tendo vencido novamente em 2009. Na temporada 2003/2004, a equipe venceu novamente o Campeonato Alemão. A equipe venceu também a Copa da Liga Alemã em 2006 e a Supercopa da Alemanha em 2006 e 2009. Na temporada atual da Bundesliga, após 17 rodadas, ocupa a 5ª posição na tabela.

Ídolos, títulos e artilharia

O atacante Rudi Völler foi um dos maiores craques a vestir a camisa do Werder Bremen. Ele atuou no clube entre 1982 e 1987, participando da recuperação da equipe depois da queda para a segunda divisão.

O centroavante, campeão da Copa do Mundo da Itália de 1990, se tornou um dos jogadores preferidos da torcida do time alemão, embora não tenha conquistado títulos pela equipe.

O meia Dieter Eilts também tem destaque na história do Werder Bremen. Ele jogou 390 jogos com a camisa do clube na primeira divisão nacional. Foi campeão duas vezes do Campeonato Alemão, três vezes da Copa da Alemanha e uma vez da Liga dos Campeões pelo time. O atleta só jogou pelo Werder Bremen em toda a sua carreira profissional.

Com 479 atuações pelo Werder Bremen, Dieter Burdenski é o atleta a mais vezes ter entrado em campo com a camisa verde e branca. Ele foi goleiro da equipe entre 1972 e 1988. Portanto, viveu dramas como o rebaixamento de 1979/1980 e grande conquistas como o título alemão de 1987/1988.

Horst-Dieter Höttges é um dos grandes nomes da história da equipe. Ele chegou à equipe em 1964 e só saiu em 1978. Apesar de ter conquistado o Campeonato Alemão logo ao chegar no clube, em 1964, o zagueiro não viveu uma das épocas mais gloriosas do Werder Bremen.

Apesar disso, permaneceu fiel ao seu time até o fim de sua carreira e jogou 420 partidas com a camisa verde e branca. Por sua dedicação, foi homenageado pela agremiação com o título de capitão honorário.

Maior Artilheiro

O jogador que mais vezes marcou contra os adversários do Werder Bremen pela primeira divisão nacional foi o meia Marco Bode, que foi vice-campeão da Copa do Mundo de 2002 pela seleção alemã. Em 379 jogos, ele fez 101 gols. Pelo clube, os títulos mais importantes que o atleta ganhou foram a Bundesliga de 1992/1993 e a Liga dos Campeões de 1991/1992.

Escudo

Elenco 2013/2014

TopTeaser

Goleiros

Sebastian Mielitz  (1)                    Raphael Wolf  (20)           Richard Strebinger (30)

Defesa

         Santiago Garcia (2)              Luca Caldirola (3)                  Mateo Pavlovic (4) 

Assani Lukimya (5)               Lukas Schmitz (13)             Sebastian Prödl (15)

   Torben Rehfeldt (19)

Theodor Gebre Selassie (23)                                             Cimo Röcker  (29)

Meio-Campo

Cedrick Makiadi  (6)               Clemens Fritz (8)                    Mehmet Ekici (10)

Eljero Elia (11)                     Aaron Hunt (14)                Aleksandar Ignjovski (17)

                        

Tom Trybull (25)                   Predrag Stevanovic (31)         Özkan Yildirim (32)

Aleksandar Stevanovic (34)     Philipp Bargfrede (44)         Zlatko Junuzovic (16)

Felix Kroos (18)                  Levent Aycicek (28)                      Julian Von Haacke (38)

Ataque

Franco Di Santo (9)              Melvyn Lorenzen (22)            Nils Petersen (24)

  

       Davie Selke  (26)                 Martin Kobylanski (33)

 Treinadores

Robin DuttDamir BuricPeer Jaekel

Robin Dutt                                    Damir Buric                         Matthias Hönerbach

Técnico                                          Assistente                             Assistente

Marco LangnerReinhard Schnittker

Marco Langner                            Yann-Benjamin Kugel

Treinador de Goleiros                 Preparador físico

media/images/mitarbeiterbilder/dimanskigoetz1314neu141.jpgmedia / images / staff imagens / bergerholger.jpgmedia/images/mitarbeiterbilder/lauererflorian1314neu141.jpgmedia/images/mitarbeiterbilder/plaggesven1314neu141.jpg

Dr. Goetz Dimanski       Holger Berger                  Florian Lauerer              Sven Plagge

Médico Chefe                 Fisioterapeuta                 Fisioterapeuta               Fisioterapeuta

media/images/mitarbeiterbilder/detjenpeter1314neu141.jpgmedia/images/mitarbeiterbilder/munderfritz1314neu141.jpgmedia/images/mitarbeiterbilder/suzukitomoki1314neu141.jpg

Peter Detjen                                  Fritz Munder           Tomoki Suzuki

Roupeiro                                            Roupeiro               Acupunturista

Uniformes

Uniforme 1

Uniforme 2

Evento 2013/14

 

Estádio

Weser-stadion – Bremen

Das neue Bremer Weser-Stadion nach dem Umbau zur reinen Fußball-Arena – O novo estádio do Werder Bremen após a reforma da arena – Foto: Masstab

O Weser-Stadion é o estádio do Werder Bremen e fica à direita do Rio Weser.  Foi inaugurado oficialmente em 1926, no mesmo lugar onde desde 1909, havia um campo de futebol com uma arquibancada de madeira. O estádio tem capacidade para 43.500 espectadores.

Dados Básicos
Abertura oficial 1926
Re-inauguração pós-guerra 1947
Reformas e remodelações 1963, 1989, 2005, 2008/2011
Capacidade 43.500 lugares
Medidas do campo 68m x 105m
Camarotes VIP 70 (720 lugares)
Lugares para Cadeirantes 126
Restaurantes 1 (400 lugares)
Telões 2 (50m2 cada)

O Weser-Stadion não é apenas um símbolo atrativo para o futebol moderno, mas também um exemplo quando falamos de sustentabilidade e meio ambiente. É o que podemos chamar de estádio verde, e não estamos fazendo alusão as cores da equipe verde e branca.

Em sua última reforma, o Weser-Stadion teve a sua estrutura inteiramente revestida de células fotovoltaicas.

O que são células fotovoltaicas?
A energia fotovoltaica é a conversão direta da energia solar em energia elétrica. Foi usada pela primeira vez em 1958 para fornecer energia a partir de satélites espaciais. É a única instalação esportiva na Alemanha com o sistema fotovoltaico no conceito de construção em geral, ao contrário dos sistemas convencionais, onde módulos solares são facilmente montados nos telhados. Com destaque especial dos arquitetos que projetaram o sistema, as células integram-se arquitetonicamente ao telhado e a fachada sul e leste, inserindo-se harmoniosamente com o conceito de design. Essa é uma afirmação clara do Weser-Stadion, do Werder Bremen e seus parceiros com a modernidade e responsabilidade para com o meio ambiente. O estádio é capaz de produzir sua própria energia, fornece aproximadamente um milhão de quilowatts-hora de eletricidade por ano – suficiente para abastecer aproximadamente 300 casas. Assim, o sistema do Weser-Stadion é a maior construção do sistema integrado de energia fotovoltaica na Alemanha.

Photovoltaik über der Nordtribüne – Células fotovoltaicas sobre a tribuna norte

Die neue Aussenhaut des Weser-Stadions – Photovoltaik an der Südseite – Nova fachada do Weser-Stadion com células fotovoltaicas no lado sul – Foto: Jens Lehmkühler im Auftrag der EWE AG Oldenburg

Unser Nachbar – das Stadionbad der Bremer Bäder – A  piscina do estádio

Blick auf die Südtribüne – Vista da tribuna sul

Hino

Outras Músicas

Fonte de Pesquisa: http://www.werder.de

Veja também! Bremen – Conhecendo a Alemanha através do Futebol http://wp.me/pXxpG-2vx

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Por JGalvão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: