Archive for dezembro \31\UTC 2013

Para Jupp Heynckes: “O Bayern pode comandar a Europa durante a próxima década”

Treinador comenta boa fase de seu ex-clube e prevê mais títulos

Jupp Heynckes, ex-treinador do Bayern de Munique, levou a equipe bávara a uma excelente conquista de títulos na última temporada. A equipe de Munique conquistou a  tríplice coroa – Copa da Alemanha, Bundesliga e UEFA Champions League. Heynckes acredita que Pep Guardiola pode manter o bom momento e o domínio da equipe alemã na Europa.

“Uma equipe estruturada como esta, em termos de idade, de qualidade e de respeito mútuo, tem uma grande década por vir”, disse Heynckes a Kicker.

“Eles são fortes o suficiente para seguir como a equipe número um na Europa nos próximos anos”, acrescentou ele.

Heynckes garante que, aos 68 anos, não se arrepende de ter deixado o comando do Bayern na última temporada.

“Eu não acho que tenha sido difícil sair”, alegou ele. “Eu sempre preferi ficar em segundo plano e nunca procurei os holofotes. Pelo contrário , é um alívio para mim que eu não tenha que fazer tantas aparições em público agora”, concluiu o ex-técnico do Bayern.

O Batom e Futebol encerra o ano com a imagem de Jupp Heynckes, para nós, o homem do ano no futebol alemão e mundial!

Desejamos a todos boas festas e que o ano de 2014 nos traga muitas alegrias, vitórias, paz, saúde, sucesso e muito futebol!

Feliz Ano Novo!

Happy New Year!

Frohes Neues Jahr!

Fonte: http://www.goal.com

São Paulo – Brasil – 18:10

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Por Josy Galvão

Anúncios

Em mensagem de Ano Novo, Merkel diz que futuro da Alemanha depende do euro

Chanceler federal usa tradicional discurso para defender União Europeia, afirma que progresso em seu país só será alcançado com a superação da crise no bloco e pede que Estados-membros permaneçam unidos.

Em sua tradicional mensagem de Ano Novo, a chanceler federal alemã Angela Merkel aproveitou esta terça-feira (31/12) para fazer uma defesa ferrenha da União Europeia e disse que o futuro dos alemães está condicionado ao sucesso do bloco econômico.

Segundo Merkel, o destino da Alemanha está tão entrelaçado com o da União Europeia que é fundamental chegar a respostas sobre como resolver de forma permanente a crise da dívida soberana na zona do euro.

“Todos nós sabemos que o progresso do nosso país depende como nunca da realização de progressos na Europa e da superação permanente da crise da dívida soberana”, afirmou Merkel, em discurso transmitido em rede nacional.

A chefe de governo lembrou que as eleições europeias, marcadas para maio, coincidirão com o centenário do início da Primeira Guerra; com os 75 anos do começo da Segunda Guerra e com o 25º aniversário da queda do Muro de Berlim – “o princípio do fim da divisão da Alemanha e da Europa”, afirmou.

“Isso demonstra mais uma vez o quanto podemos conseguir se confiarmos um no outro e permanecemos juntos”, completou Merkel.

Finanças e energia

Apesar da crise, a Alemanha, maior economia da União Europeia, desfrutou de um crescimento sustentado e uma tendência de baixa no desemprego nos últimos anos, em forte contraste frente a seus parceiros do euro. No entanto, muitos alemães questionam a ajuda financeira aos países endividados.

No campo interno, a chanceler federal, reeleita neste ano para um terceiro mandato, aproveitou para lembrar os desafios que a Alemanha enfrentará em 2014, entre eles, o de continuar trabalhando para melhorar o equilíbrio orçamentário e completar a transição da energia nuclear e de combustíveis fósseis para uma maior participação de energia renovável.

“O mais importante para mim é que colocamos nossas finanças em ordem para as gerações futuras e que triunfamos com a transformação energética”, afirmou. “Há muito trabalho pela frente para que a Alemanha siga forte no futuro também.”

A Alemanha se esforçou para reduzir o déficit orçamentário durante a última década. Espera-se que as contas do país estejam equilibradas entre 2013 e 2015, e que o Produto Interno Bruto (PIB) tenha um superávit de 0,5% entre 2016 e 2017.

Fonte: http://www.dw.de

São Paulo – Brasil – 17:48

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Brasil 2014 – ‘Prazo’ da FIFA acaba, e Brasil não entrega estádios da Copa

Vista aérea da cobertura do Beira-Rio

Vista aérea da cobertura do Beira-Rio – Divulgação/Internacional

A FIFA fez “cara de mal” e ameaças ao cobrar que os seis estádios que faltam para a Copa do Mundo de 2014 deveriam ficar prontos até 31 de dezembro de 2013.

Mas nenhum deles foi concluído até esta terça-feira, a data limite imposta pela federação internacional. “Todos estão conscientes que a data limite é imperativa. Não vamos imaginar agora que os prazos não serão cumpridos”, disse em março passado Jèrôme Valcke, o secretário-geral da Fifa e homem forte da organização do Mundial.

Na data em que as arenas de Curitiba, Porto Alegre, Cuiabá, Manaus, Natal e São Paulo já deveriam estar prontas, só os responsáveis pela obra gaúcha lembraram do “ultimato” da FIFA.

O Internacional publicou nota sobre o assunto. Mesmo com o Beira-Rio 92% pronto, o clube diz que já vai começar a “entregar” o estádio, em partes, a partir do próximo dia 2. De acordo com a diretoria, a data de 31 de dezembro de 2013 era só “uma primeira referência contratual”, e que a real data-limite é mesmo 28 de fevereiro de 2014.

Se for isso mesmo, a FIFA deve mais uma vez ser “enganada”. Pelo menos três estádios, o do Corinthians, depois da tragédia que matou dois operários, o de Cuiabá e, principalmente o do Atlético-PR, têm chances mínimas de ficarem prontos em 60 dias.

Fonte: http://www.espn.com.br

São Paulo – Brasil – 17:38

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Futebol feminino – As mulheres em foco em 2013

As mulheres em foco em 2013

© AFP

O ano de 2013 contou com muitos momentos emocionantes no futebol feminino. Veja um resumo do que de mais importante aconteceu nos últimos 12 meses na versão mais bela do esporte mais popular do planeta.

Seleções
Grande duelo na Copa Algarve
A Copa Algarve é realizada anualmente desde 1994 e se transformou em um importante parâmetro para medir a qualidade das seleções de futebol feminino. A 20ª edição do torneio não foi diferente. A final de 2013 colocou dois gigantes da modalidade frente a frente, com um confronto entre Alemanha e EUA. Alex Morgan fez dois gols para garantir a vitória da seleção americana e, com isso, o primeiro título do treinador Tom Sermanni no comando da equipe.

Alemanha triunfa na Suécia
Enquanto o selecionado de Silvia Neid foi derrotado na Copa Algarve, as jogadoras alemãs conseguiram levar a melhor na Eurocopa Feminina 2013, embora na fase de grupos tenha havido um momento em que pareceu que a supremacia germânica chegaria ao fim. Equipes como França, a anfitriã Suécia e Noruega, que derrotou a Alemanha na primeira fase, estavam apresentando um melhor futebol. Mas no fim das contas o troféu foi para quem está mais acostumado a levantá-lo. A seleção alemã talvez não tenha sido brilhante, mas fez o que faz de melhor: vencer. As norueguesas foram adversárias difíceis na decisão, mas um gol de Anja Mittag e duas espetaculares defesas de Nadine Angerer em cobranças de pênaltis garantiram o sexto título europeu consecutivo para a Alemanha.

Eliminatórias para a Copa do Mundo Feminina da FIFA 2015
A caminho do próximo Mundial Feminino, Alemanha e França mostraram claramente a sua qualidade. No Grupo 1, a atual campeã europeia lidera com cinco vitórias em cinco partidas e um saldo de 40 gols marcados e nenhum sofrido. As francesas, por sua vez, têm 12 pontos em quatro partidas e também estão na ponta do seu grupo. Apenas nos dois confrontos com a Bulgária, a França marcou 24 gols! Espanha,Inglaterra e Suíça também estão na liderança das respectivas chaves, enquanto a Suécia, comandada porPia Sundhage, precisa se contentar com a segunda colocação do Grupo 4, atrás da Escócia. No Grupo 5, Bélgica, Holanda e Noruega estão empatadas em pontos no primeiro lugar.

Segue a dança de treinadores
A França viajou para a Eurocopa Feminina na Suécia com grandes expectativas, mas acabou sendo surpreendentemente eliminada nas quartas de final pela Dinamarca. Para o técnico Bruno Bini, a decepcionante eliminação teve consequências imediatas. Depois do torneio continental, a Federação Francesa de Futebol não renovou o contrato de Bini e Philippe Bergerro foi nomeado como seu sucessor. O fraco desempenho da Inglaterra também ocasionou mudanças no comando da equipe. Depois de 15 anos, a treinadora Hope Powell deixou o cargo de treinadora do English Team. Sob a batuta de Powell, que assumiu o posto em 1998, o país se classificou para quatro Eurocopas Femininas e chegou às quartas de final da Copa do Mundo Feminina da FIFA duas vezes, em 2007 e 2011. Em dezembro, Mark Sampson foi contratado para ser o novo treinador. O galês assinou um contrato de quatro anos.

Definidos os participantes da Costa Rica 2014
Enquanto as eliminatórias para o Mundial Feminino ainda estão na sua fase inicial, Alemanha, Espanha e Itália garantiram as últimas vagas para disputarem a Copa do Mundo Feminina Sub-17 da FIFA Costa Rica 2014, completando o grupo de equipes classificadas. Entre os dias 15 de março e 4 de abril, 16 seleções estarão lutando pelo cobiçado título. O sorteio das chaves foi realizado em 17 de dezembro em San José.

Clubes
Portland Thorns conquista o primeiro título da nova era nos EUA
Uma nova era teve início nos EUA em abril, quando oito clubes de todo o país, de Seattle e Portland no oeste a Washington, Nova Jersey e Boston no leste, começaram a disputa da nova Liga Americana de Futebol Feminino (NWSL). Quatro meses depois, Western New York Flash e Portland Thorns se enfrentaram na final, vencida pelo Portland por 2 a 0. Tobin Heath e Christine Sinclair garantiram o título inaugural para o Portland.

Tríplice Coroa do Wolfsburg destrona o Lyon
Da mesma forma que o Bayern de Munique dominou o futebol masculino na última temporada, o Wolfsburg realizou o feito na versão feminina do esporte. Na última rodada da Bundesliga Feminina 2012/13, o Wolfsburg conquistou com folga o seu primeiro título nacional. Uma semana depois, levantou mais um troféu depois de derrotar o Turbine Potsdam na final da Copa da Alemanha. Em seguida, a cereja do bolo veio com o triunfo na decisão da Liga das Campeãs da UEFA contra o Lyon. O gol da vitória saiu em uma cobrança de pênalti de Martina Müller aos 31 minutos do segundo tempo. Na atual temporada, tudo está indo muito bem para o Wolfsburg mais uma vez. A equipe do técnico Ralf Kellermann está nas quartas de final, enquanto para o Lyon o torneio já chegou ao fim. Nas oitavas, o atual campeão francês foi eliminado pelo Turbine Potsdam, que já venceu a competição continental duas vezes no passado.

Prêmios e despedidas
Todas as coisas boas são três
O ano de 2013 começou com um evento muito especial: a cerimônia de gala da Bola de Ouro FIFA. Além do maior craque de 2012, foram conhecidos também na Kongresshaus de Zurique a Jogadora do Ano da FIFA e o melhor treinador de futebol feminino dos 12 meses anteriores. Pia Sundhage foi nomeada pela terceira vez consecutiva para concorrer ao prêmio de melhor treinadora, e desta vez a sueca levou mesmo o troféu para casa. Enquanto isso, a americana Abby Wambach foi eleita a Jogadora do Ano. No início de 2014, a dupla tem esperanças de receber as honrarias mais uma vez. Ambas estão entre as indicadas nas respectivas categorias.

Grande honra para Prinz
A ex-jogadora Birgit Prinz é a mais nova capitã de honra da Federação Alemã de Futebol (DFB). Com isso, a craque de 35 anos se tornou a segunda mulher, depois de Bettina Wiegmann, a receber essa importante distinção. Prinz foi descrita pelo presidente da DFB, Wolfgang Niersbach, como “uma das maiores embaixatrizes do futebol feminino”.

Angerer eleita a melhor jogadora da Europa
Para a goleira da seleção alemã Nadine Angerer, o ano de 2013 foi realmente bom. Depois da atuação heroica na final da Eurocopa Feminina, a atleta de 35 anos foi eleita pela UEFA a Jogadora do Ano da Europa. As grandes apresentações também garantiram que Angerer fosse uma das nomeadas para a premiação da FIFA.

Bompastor e Pedersen encerram a carreira
A francesa Sonia Bompastor e a dinamarquesa Katrine Pedersen penduraram as suas chuteiras depois de realizarem trajetórias esportivas impressionantes. Bompastor, que desempenhou um papel fundamental no desenvolvimento do futebol feminino do seu país, foi oito vezes campeã nacional e venceu duas edições da Liga das Campeãs, além de ter disputado nada menos que 156 jogos pela seleção da França. Já Pedersen, capitã durante muitos anos da Dinamarca, se tornou a recordista em número de atuações com o uniforme pátrio, com um total de 210 partidas.

Desenvolvimento
Com a campanha Live Your Goals, a FIFA tem a intenção de atrair e motivar cada vez mais garotas e mulheres para jogarem futebol, adquirindo com isso muitas experiências positivas. Cerca de 8.700 mulheres participaram de 51 festivais em 2013, em países como Costa Rica, Japão, Vanuatu e Irlanda. Além disso, foram organizados 43 seminários para técnicos e 11 para árbitros. No total, o ano de 2013 contou com 143 projetos de futebol feminino.

O que eles disseram
“A palavra futebol não faz diferença entre homens e mulheres. O futebol é um jogo com 22 jogadores e uma bola, e isso é igual tanto para homens quanto para mulheres!”
Altin Rrakli, técnico da Albânia

“É difícil imaginar que ainda seja possível superar este ano. Conquistar três títulos pelo meu clube foi com certeza uma exceção. Talvez possamos ganhar mais títulos, mas com certeza não será possível fazer algo tão legal quanto conquistar essa tríplice coroa.”
Lena Goessling, jogadora da seleção alemã e do Wolfsburg

Fonte: http://pt.fifa.com

São Paulo – Brasil – 17:30

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Josy Galvão

Capitães e treinadores elegem CR7 e Iniesta como melhores do ano

Cristiano Ronaldo comemoração gol Real Madrid contra o Real Sociedad (Foto: Getty Images)Em alta, Cristiano Ronaldo é eleito o melhor jogador estrangeiro do Espanhol pelos colegas (Foto: Getty Images)

Os capitães e técnicos dos 20 clubes do Campeonato Espanhol elegeram Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, e Andrés Iniesta, do Barcelona, como melhores jogadores da liga no ano. O português ganhou entre os estrangeiros, enquanto o espanhol ficou em primeiro entre os atletas nascidos no país.

A enquete foi realizada pelo jornal “El Mundo”, que ouviu capitães e treinadores para escolher os melhores jogadores (estrangeiro e espanhol) e o melhor técnico do campeonato, além dos melhores jogador e técnico de ligas estrangeiras.

O português Cristiano Ronaldo recebeu 18 votos, contra 12 do argentino Lionel Messi, do Barcelona. Entre os nacionais, Iniesta conquistou o bi com 17 votos (o brasileiro Diego Costa, naturalizado espanhol, concorreu nessa categoria e ficou em segundo). O melhor técnico foi o argentino Diego Simeone, do Atlético de Madri (21 votos).

Entre as ligas internacionais, o Bayern de Munique foi o destaque. O ex-técnico do clube, Jupp Heynckes, ganhou entre os treinadores, enquanto o meia-atacante Franck Ribéry ficou com o título de melhor jogador.

Fonte: http://globoesporte.globo.com

São Paulo – Brasil – 17:23

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Josy Galvão

Ronaldinho supera Neymar e é eleito o Rei da América

Votação anual é promovida pelo diário uruguaio ‘El País’

Com 156 votos, o novo 'Rei da América' superou o também brasileiro Neymar

Fadel Senna/AFP

O título do Atlético-MG na Libertadores da América fez Ronaldinho Gaúcho ganhar o prêmio de Rei da América, em eleição anual do diário El País, do Uruguai. Apesar de uma lesão que o afastou dois meses no segundo semestre e uma atuação apagada no Mundial de Clubes, Ronaldinho Gaúcho recebeu 156 votos. Na lista, apareceram em seguida o atacante Neymar, atualmente no Barcelona, com 81, e o argentino Maximiliano Rodríguez, responsável por comandar o Newell’s Old Boys, com 79.

Ronaldinho foi eleito o melhor da Europa em 2004, 2005 e 2006, quando jogava opelo Barcelona, e o melhor do mundo pela Fifa em 2004 e 2005.

Os votos recebidos pelos jogadores:

Ronaldinho (Brasil), 156
Neymar (Brasil), 81
Maximiliano Rodríguez (Argentina), 79
Everton Ribeiro (Brasil), 8
Jo (Brasil), 6
Éderson Alves (Brasil), 5
Jefferson Montero (Equador), 4
Pablo Velázquez (Paraguai), 2
Paulinho (Brasil), 1
Diego Forlán (Uruguai), 1
Víctor (Brasil), 1
Bernard (Brasil), 1

Fonte: http://veja.abril.com.br

São Paulo – Brasil – 17:17

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Josy Galvão

Arsenal fecha o ano em primeiro lugar

Arsenal fecha o ano em primeiro lugar

© Getty Images

Em confronto válido pela última rodada do primeiro turno do Campeonato Inglês, o Arsenal venceu o Newcastle por 1 a 0 neste domingo, no St. James’s Park. O resultado garantiu ao clube londrino a liderança isolada da competição. O atacante francês Olivier Giroud foi o autor do único gol do jogo.

Pouco tempo antes da partida, os torcedores do Arsenal receberam uma péssima notícia. Com dores no ombro, o meia alemão Mesut Oezil, um dos principais jogadores do time, foi desfalque de última hora. Além disso, os Gunners também não contaram com o meia Aaron Ramsey, artilheiro da equipe na temporada

Com a vitória, o time de Londres chegou a 43 pontos e manteve dois de vantagem em relação ao vice-líder Manchester City, que também venceu na 19ª rodada. O Newcastle, por sua vez, cai pelo menos uma posição. A equipe iniciou o jogo na sexta colocação.

Já o rival londrino do Arsenal, o Chelsea, venceu o Liverpool por 2 a 1 neste domingo, no Stanford Bridge, e subiu à terceira posição da competição. Os Reds sofreram sua segunda derrota consecutiva e se complicaram na disputa pelo título. Eden Hazard e Samuel Eto’o marcaram para os Blues, e Martin Skrtel fez o gol do Liverpool.

O último duelo entre as equipes havia contado com uma mordida do uruguaio Luis Suárez, do Liverpool, no braço do defensor sérvio Branislav Ivanovic, do Chelsea. O único desentendimento na partida deste domingo, no entanto, foi entre os brasileiros Oscar, do Chelsea, e Lucas, do Liverpool, que foram rapidamente afastados.

O Chelsea chegou aos 40 pontos e ocupa a terceira posição do Campeonato Inglês, duas unidades atrás do líder Arsenal. O time do Liverpool perdeu a posição para seu rival, Everton, e agora é o quinto, com 36.

Confira todas os resultados da 19ª rodada do Campeonato Inglês:

Sábado
West Ham 3 x 3 West Bromwich
Aston Villa 1 x 1 Swansea City
Hull City 6 x 0 Fulham
Manchester City 1 x 0 Crystal Palace
Norwich City 0 x 1 Manchester United
Cardiff City 2 x 2 Sunderland

Domingo
Everton 2 x 1 Southampton
Newcastle 0 x 1 Arsenal
Chelsea 2 x 1 Liverpool
Tottenham 3 x 0 Stoke

Fonte: http://pt.fifa.com

São Paulo – Brasil – 17:02

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Josy Galvão