Archive for the ‘Notícias do Batom e Futebol’ Category

Com a chancela do ex-jogador Zé Roberto, Bundesliga lança campanha no Brasil

A ação referencia características e os valores da liga alemã, a conexão entre time e torcida e essa essência do futebol, que jamais deve ser esquecida.

Ex-jogador Zé Roberto é o capitão da campanha da Bundesliga no Brasil

Reprodução – Ex-jogador Zé Roberto é o capitão da campanha da Bundesliga no Brasil

O futebol como ele deve ser. Essa é a mensagem da nova campanha da Bundesliga, que busca uma maior aproximação com os seus fãs brasileiros em uma ação que inicia nesta semana nas mídias sociais do Campeonato Alemão.

A campanha da Bundesliga tem a chancela do ex-jogador Zé Roberto, um dos maiores destaques brasileiros no futebol alemão. O projeto narrado pelo próprio atleta destaca a essência do futebol em sua forma mais pura: a paixão da criança pelo esporte mais popular do mundo, seja o jogo realizado na quadra do bairro ou entre alguns dos maiores craques do mundo.

Além do ex-jogador de Bayern de Munique, Bayer Leverkusen e Hamburgo, a campanha tem como protagonistas também crianças de uma escolinha de futebol. Filmado na comunidade Bento Bicudo, na Lapa, em São Paulo, o vídeo relembra alguns momentos marcantes da liga e traz essa conexão da paixão pela bola.

Presenteadas com camisas oficiais de clubes da liga, as crianças assumiram o papel das estrelas no vídeo.”Quando você caminha pro campinho, é como se você estivesse indo pro estádio”, relembra Zé Roberto , quase que se referindo à sua própria trajetória.

O ex-jogador deu os seus primeiros passos no futebol em um campinho semelhante ao da imagem, também na capital paulista. Agora, ele se torna um espelho para os jovens da comunidade que compartilharam um momento único e tiveram a oportunidade de jogar ao lado do ídolo.

Com linguagem informal e sempre realizando uma transição de imagens entre as crianças e grandes momentos do futebol alemão, a ação referencia características e os valores da liga, a conexão entre time e torcida e essa essência do futebol, que jamais deve ser esquecida. Onde há uma criança chutando uma bola, o futebol respira.

Confira no vídeo abaixo:

O vídeo vem antes de uma atividade planejada pela Bundesliga no próximo mês de novembro, quando o Brasil recebe a “Bundesliga Experience”, no final de semana dos dias 10 e 11, no Rio de Janeiro.

O evento pretende aproximar o futebol alemão do povo brasileiro. Além de conhecer lendas como Paulo Sergio, Zé Roberto e ícones do futebol brasileiro, os fãs poderão acompanhar em telões ao vivo as melhores partidas da Bundesliga do final de semana, inúmeras atrações relacionadas a futebol e um campeonato local 5 contra 5.

 

Matéria originalmente publicada por:      https://www.foxsports.com.br

São Paulo – Brasil – 12:24

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

 

 

 

Anúncios

Atacante marca cinco e Frankfurt faz sete no Fortuna Dusseldorf

Frankfurt humilhou o Dusseldorf com cinco de Jovic no Alemão (Foto: Reprodução/Twitter/Eintracht Frankfurt)

 

O placar de 7 a 1 é um dos mais enigmáticos do futebol. Das poucas vezes que aconteceu, o Brasil foi vítima da Alemanha, na Copa do Mundo de 2014. Nesta sexta-feira, o Eintracht Frankfurt humilhou o Dusseldorf, e com o marcador histórico alcançou a sexta colocação provisória do Campeonato Alemão. A partida foi realizada na Commerzbank Arena.

Jovic foi o grande destaque da partida. Foram cinco gols do atacante sérvio de 20 anos, que agora é o artilheiro da Bundesliga. Além de subir na tabela, o Frankfurt, de quebra, ultrapassou o Bayern de Munique. Com 13 pontos ganhos, o time sonhará mais uma vez com uma vaga na Liga Europa, enquanto o adversário é o lanterna e já vê o rebaixamento.

Agora, a atenção do time de Frankurt volta a ser a Liga Europa. Na quinta-feira, a equipe recebe o Apollon pela terceira rodada da fase de grupos da competição. A partida será às 16h00 (horário de Brasília). Já o Fortuna Dusseldorf, jogará no próximo sábado diante do Wolfsburg em casa às 10h30 (horário de Brasília).

O jogo – Querendo a terceira vitória seguida na Bundesliga, os donos da casa partiram para cima de um dos times mais frágeis da competição. Aos 18 minutos, Jovic teve boa chance, mas acabou desperdiçando.

Dois minutos depois, o lance mais curioso da partida aconteceu. O juiz não viu toque de mão do defensor do Dusseldorf, e só foi assinalar pênalti depois de consulta ao árbitro de vídeo. Na cobrança, Haller bateu bem e abriu o marcador.

Logo após o primeiro tento, virou um passeio a favor do Frankfurt. Após cruzamento de Kostic, Jovic cabeceou firma para o fundo das redes, ampliando o placar. Aos 34 minutos, mais um dos mandantes. Em bela troca de passes, Haller ajeitou para Jovic fuzilar o goleiro adversário e anotar 3 a 0, ainda no primeiro tempo.

Na etapa final, o Eintracht Frankfurt não tirou o pé e chegou ao quarto gol. Depois de passe em profundidade, a zaga cortou mal, e a bola sobrou nos pés do centroavante Haller, que com um belo toque de cobertura transformou a vitória em goleada.

Sucumbido, o Dusseldorf pouco sabia o que fazer em campo, mas mesmo assim, conseguiu diminuir. Lukebakio recebeu da direita, veio conduzindo para a perna esquerda e mandou no cantinho.

Mesmo assim, o time da casa seguia impiedoso. Em contra-ataque fulminante, Jovic recebeu de costas, girou como um legítimo centroavante e fez o quinto gol: 5 a 1 no placar, fora o show.

O baile em Frankfurt continuava, e o sexto tento saiu. De Guzman tocou para Jovic, que girou mais uma vez, com extrema facilidade e de perna esquerda fez mais um. Impiedosos 6 a 1, com show do atacante, que marcava seu quarto gol.

Com o Dusseldorf morto, abatido, e com a defesa falhando, veio o sétimo gol. Haller cruzou para Jovic cabecear para o gol e fechar o marcador com 7 a 1.

 

Matéria originalmente publicada por:    https://www.gazetaesportiva.com

São Paulo – Brasil – 01:02

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

“A Seleção Alemã precisa de Özil”

Arsene Wenger deixou o Arsenal depois de 22 anos no comando do clube inglês. Desde então, não assumiu nenhum outro clube.

Em entrevista ao jornal alemão Bild, Wenger revelou que tem propostas de equipes de toda a parte do mundo e que deverá regressar ao trabalho no início do próximo ano. O francês também defendeu o regresso de Özil à Seleção Alemã.

“Na minha opinião, a Alemanha precisa do Özil e espero que o treinador consiga convencê-lo a voltar. O Özil é um grande jogador e, para mim, não foi o pior no Mundial-2018. Eu não gostei do fato de ele se ter afastado da Seleção Alemã”, declarou.

O meia decidiu abandonar a seleção após alegar sofrer de preconceito por parte da Federação Alemã. O jogador anunciou a decisão após a final da Copa do Mundo.

Wenger optou por não comentar o seu futuro, deixando apenas o dia em que irá regressar ao mundo do futebol.  não deu pista sobre qual será o seu novo desafio, apenas uma data de quando retornará.

“Eu acho que volto no dia 1 de janeiro. Estou pronto para trabalhar. Existem algumas seleções interessadas… Graças aos meus 22 anos de Arsenal, consigo ter experiência em diferentes níveis. Existem propostas de todo o mundo”, reforçou.

 

Fonte: https://www.abola.pt

#WeAreGermany

São Paulo – Brasil – 23:15

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Por Josy Galvão

Justiça alemã arquiva processo sobre possível fraude do Mundial 2006

Justiça alemã arquiva processo sobre atribuição do Mundial 2006

A justiça alemã tornou público, esta segunda-feira, o arquivamento do processo por alegada fraude contra três antigos dirigentes do futebol alemão, por suspeitas de corrupção na escolha da Alemanha para sediar o Mundial de 2006.

O Ministério Público tem, a partir de hoje, uma semana para solicitar a reabertura do processo contra os ex-presidentes da Federação Alemã em causa, Wolfgang Niersbach e Theo Zwanziger, além do ex-vice-presidente do comité organizador da prova, Horst Rudolf Schmidt.

O trio é suspeito de ter apresentado uma declaração de impostos falsa, com o objetivo de esconder um fundo de dez milhões de francos suíços, ou seja, cerca de 6,7 milhões de euros.

Um fundo que, de acordo com o caso revelado em 2015 pelo semanário alemão Der Spiegel, terá sido usado para a compra de votos em favor da organização alemã do Mundial 2006.

 

 

Fonte:   https://maisfutebol.iol.pt

#WeAreGermany

São Paulo – Brasil – 23:17

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Por Josy Galvão

Torsten Frings não vai treinar o Vancouver Whitecaps por enquanto

Resultado de imagem para Torsten FRings 2018Diferentemente do que noticiou o jornal alemão “Bild”, Torsten Frings não está de volta ao Canadá por enquanto. Segundo o “Bild” o ex-jogador do Werder Bremen era um forte candidato ao cargo de treinador do clube canadense Vancouver Whitecaps, que faz parte da MLS.

Mas segundo apurou o DeichStube, não existe nenhuma informação circulando sobre o assunto. Frings jogou pelo Toronto FC, também do Canadá, na temporada 2011/2012, ao retornar para a Alemanha trabalhou como assistente técnico da equipe sub 23 do Werder Bremen (2013/2015), depois na equipe principal dos Verdes (2014/2015 e 2015/2016). Mais recentemente, o treinador de 41 anos assumiu o comando do Darmstadt 98, hoje na 2.Bundesliga, deixando o cargo em dezembro de 2017.

Desde então, Frings está sem clube. No entanto, o seu contrato em Darmstadt vai até o final da atual temporada.

#WeAreGermany

São Paulo – Brasil – 23:46

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil:  ‏@Batom_efutebol

Follow the Batom and Futebol on Twitter, home of German Football in Brazil:  ‏@Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Por Josy Galvão

O futebol alemão de pernas para o ar

O atacante Mark Uth, da seleção da Alemanha, na derrota por 3 a 0 para a Holanda — Foto: Piroschka Van de Wouw/Reuters

O atacante Mark Uth, da seleção da Alemanha, na derrota por 3 a 0 para a Holanda — Foto: Piroschka Van de Wouw/Reuters

Centros de treinamento modernos, alta tecnologia a serviço das comissões técnicas na preparação das equipes, uma liga nacional respeitada como modelo esportivo e de negócios, trabalho a longo prazo na seleção, que tem o mesmo técnico há 12 anos… O futebol na Alemanha é levado a sério e tratado quase como uma ciência. Mas ainda é futebol, e às vezes o imponderável entra em campo. Até na Alemanha.

O fracasso da seleção na Copa do Mundo da Rússia ligou o alerta: a geração campeã mundial em 2014 – quando todos aqueles atributos ali de cima foram exaltados como o futuro do futebol – parecia ter entrado em declínio. A Federação Alemã acreditou ter havido apenas um tropeço, e apostou na permanência do técnico Joachim Löw para seu quarto ciclo, visando à Copa de 2022, no Catar.

Os resultados pós-Mundial da Rússia, no entanto, parecem dizer o contrário. Após a eliminação na primeira fase da Copa, a Alemanha venceu apenas um dos seus três jogos no segundo semestre, um amistoso contra o Peru. Os outros dois foram pela Liga das Nações, a nova competição criada pela UEFA, onde a equipe de Joachim Löw repete o desempenho melancólico da Copa.

Na estreia, em setembro, empate em casa por 0 a 0 com a campeã mundial França. No sábado, a derrota por 3 a 0 para a Holanda, em Amsterdã, soou como aviso final. Com apenas um ponto, a Alemanha é a terceira – no caso, última – colocada no grupo 1. Pelo regulamento da Liga das Nações, a pior seleção de cada chave será “rebaixada” na temporada seguinte para o segundo nível da competição, a chamada Liga B.

O risco da humilhação já faz a imprensa alemã cogitar a saída do técnico Joachim Löw. Uma derrota na próxima terça, contra a França, em Paris, pode ser a gota d’água – restaria apenas um jogo a mais para a Alemanha, na última rodada, contra a Holanda, quando já poderia até chegar rebaixada à Liga B. Löw reconheceu, após a derrota deste sábado, que sua situação não é boa:

O técnico Joachim Löw, que está sob risco no comando da seleção da Alemanha — Foto: Piroschka Van de Wouw/Reuters

O técnico Joachim Löw, que está sob risco no comando da seleção da Alemanha — Foto: Piroschka Van de Wouw/Reuters

Entendo que existe um debate e tenho que lidar com isso. Nos próximos dois dias, vou me concentrar completamente em preparar a equipe para o jogo contra a França, e não no debate na opinião pública – afirmou Löw.

O treinador de 58 anos alcançou neste sábado o recorde de 168 jogos à frente da seleção alemã, superando Sepp Herberger como o técnico que mais dirigiu a equipe nacional. O desgaste, porém, pode ser medido pelos resultados abaixo do normal obtidos este ano: nas dez partidas que fez em 2018, a Alemanha venceu apenas três (um amistoso contra a Arábia Saudita, antes da Copa, o 2 a 1 sobre a Suécia no Mundial da Rússia e o amistoso de setembro contra o Peru). Perdeu cinco e empatou duas.

Para os críticos, falta renovação no elenco da seleção. Contra a Holanda, Löw escalou sete jogadores que estiveram em campo na derrota para a Coreia do Sul que eliminou a Alemanha como última colocada no grupo F da Copa. Cinco deles – o goleiro Neuer, os zagueiros Boateng e Hummels, o dublê de lateral e volante Kimmich e o meia-atacante Müller – são do Bayern de Munique.

Hexacampeão alemão, o time se acostumou a ser a base da seleção nos últimos anos. Mas agora é visto como um dos “motivos” para a crise. Afinal, o até então imbatível o esquadrão bávaro tem o seu pior começo de Bundesliga desde a temporada 2010/11. Após sete rodadas, ocupa uma surpreendente sexta colocação, com 13 pontos.

E assim como na seleção, o treinador Niko Kovac está no olho do furacão. A diferença é que o croata chegou este ano ao clube. Mas quando os dirigentes precisam sair em defesa do técnico, é sinal de que o futebol científico e organizado pode estar perdendo o jogo para o calor dos resultados.

– Vou defender Niko Kovac até a última gota de sangue – prometeu o presidente do Bayern, Uli Hoeness, dando suporte ao “prestigiado” treinador.

 

 

Matéria originalmente publicada por:      https://globoesporte.globo.com

São Paulo – Brasil – 23:03

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão

 

Chelsea quer levar torcedores racistas para visitar Auschwitz

Clube de futebol britânico pretende promover visitas ao campo de extermínio nazista localizado na Polônia para combater o racismo. Iniciativa ocorre após time banir torcedores por cantos antissemitas.

Torcedores do Chelsea

Clube expulsou alguns torcedores antissemitas

 

O clube britânico de futebol Chelsea anunciou nesta quinta-feira (11/10) que pretende incentivar torcedores a participar de cursos de educação sobre o Holocausto no campo de extermínio nazista de Auschwitz, localizado na Polônia.

O presidente do Chelsea, Bruce Bruck, afirmou que a iniciativa visa acabar com as atitudes racistas em torno do clube e destacou a busca para solucionar o problema em vez de apenas impor proibições.

“Banindo pessoas não é possível mudar seu comportamento. Essa nova política lhes dá a oportunidade de perceber o que fizeram, para que mudem seu comportamento”, afirmou Buck ao tabloide britânico The Sun.

Segundo o jornal, o proprietário do Chelsea, o russo Roman Abramovich, que é judeu, é quem está liderando a iniciativa.

Em setembro do ano passado, o clube criticou e baniu diversos torcedores que entoaram canções antissemitas durante uma partida contra o Tottenham Hotspur, time que possuiu historicamente uma grande base de apoio entre a comunidade judaica.

O Chelsea pretende suspender a expulsão de torcedores que concordarem em participar da iniciativa. “No passado, nós os proibimos de ir ao estádio por três anos. Agora estamos dando uma opção: podemos bani-los ou podem passar um tempo com nossos funcionários da diversidade para entender o que fizeram”, acrescenta Buck.

Em setembro, o Chelsea e o Congresso Judaico Mundial (WJC) lançaram uma iniciativa para combater o racismo no esporte. Uma cúpula internacional está planejada para o próximo ano em Paris, com o objetivo de iniciar um diálogo global no combate à discriminação, ao racismo, ao antissemitismo e a todas as formas de ódio no esporte.

 

Matéria originalmente publicada por:   https://www.dw.com/pt-br

São Paulo – Brasil – 12:21

Siga o Batom e Futebol no Twitter, a casa do Futebol Alemão no Brasil: @Batom_efutebol

Follow Batom and Futebol on Twitter, the home of German Football in Brazil:  @Batom_efutebol

Siga o Batom e Futebol no Facebook, a casa do Futebol Alemão no Brasil:https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Follow Batom and Futebol on Facebook, the home of German Football in Brazil: https://www.facebook.com/BatomeFutebol

Josy Galvão